A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Belo Horizonte 28/08/2007 INSTITUTO BRASILEIRO DE MINERAÇÃO IBRAM Seminário Bauxita & Alumínio: Desafios e Perspectivas Palestra: A Mineração e o Desenvolvimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Belo Horizonte 28/08/2007 INSTITUTO BRASILEIRO DE MINERAÇÃO IBRAM Seminário Bauxita & Alumínio: Desafios e Perspectivas Palestra: A Mineração e o Desenvolvimento."— Transcrição da apresentação:

1 Belo Horizonte 28/08/2007 INSTITUTO BRASILEIRO DE MINERAÇÃO IBRAM Seminário Bauxita & Alumínio: Desafios e Perspectivas Palestra: A Mineração e o Desenvolvimento Sustentável Local e Regional Paulo R. Haddad

2 (+) Fluxos de Materiais / Energia Fluxos de Utilidade R P C U (+) ER h>y (-) RR h>y (-) hA (-) (-) Amenidade Negativa A Economia Circular

3 Formas de Capitais Intangíveis Determinantes do Processo de Desenvolvimento Regional Algumas Formas de Capitais Intangíveis Especificação 1. Capital InstitucionalAs instituições ou organizações públicas e privadas existentes na região: o seu número, o clima de relações interinstitucionais (cooperação, conflito, neutralidade), o seu grau de modernidade. 2. Capital HumanoO estoque de conhecimentos e habilidades que possuem os indivíduos que residem na região e sua capacidade para exercitá-los. 3. Capital CívicoA tradução de práticas de políticas democráticas, de confiança nas instituições, de preocupação pessoal com os assuntos públicos, de associatividade entre as esferas públicas e privadas, etc. 4. Capital SocialO que permite aos membros de uma comunidade confiar um no outro e cooperar na formação de novos grupos ou em realizar ações em comum. 5. Capital SinergéticoConsiste na capacidade real ou latente de toda a comunidade para articular de forma democrática as diversas formas de capital intangível disponíveis nessa comunidade. Fonte: S. Boisier Conversaciones Sociales Y Desarrollo Regional. Editorial de la Universidad de Talca, Boisier menciona, ainda, como capitais intangíveis: o capital cultural, o capital cognitivo e o capital simbólico.

4 Potencialidades não mobilizadas Problemas socioeconômicos Situação de Inconformismo Diagnose Participativa Construção de uma Agenda de Mudanças Processo de Implementação Elaboração de um Plano de Ação Informações Técnicas Instrumentos disponíveis Consistência técnica Fórum de debates Consultas formais e informais às lideranças Processo de negociação Mecanismos de controle e avaliação Sistema de indicadores de processos e de resultados Etapas de um Processo de Desenvolvimento Endógeno

5 PROJETO DE MINERAÇÃO INSUMOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO COMBUSTÍVEIS E PNEUS LOGÍSTICA E TRANSPORTE EFEITOS DIRETOS PARA TRÁS INSUMOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO/ SEGURANÇA /ETC. SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO EFEITOS INDIRETOS PARA TRÁS Prováveis Efeitos Multiplicadores para trás do Projeto de Mineração na Economia da Região em que se Localiza

6 PROJETO DE MINERAÇÃO PRODUTOS LAMINADOS DE FERRO PRODUTOS FUNDIDOS DE FERRO METALURGIA DE PRODUTOS FERROSOS PEÇAS MECÂNICAS PARA MÁQUINAS MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS. EFEITOS DIRETOS PARA FRENTE. EFEITOS INDIRETOS PARA FRENTE Prováveis Efeitos Multiplicadores para frente do Projeto de Mineração na Economia da Região em que se Localiza

7 PROJETO DE MINERAÇÃO REMUNERAÇÃO DOS EMPREGADOS E DE OUTROS FATORES DE PRODUÇÃO ATIVIDADES TERCEIRIZADAS E COMPLEMENTARES VALOR AGREGADO TOTAL: MASSA SALARIAL E OUTRAS REMUNERAÇÕES DE FATORES DEMANDA DE ALIMENTOS DEMANDA DE VESTUÁRIO, TRANSPORTE, HOTELARIA DEMANDA DE SERVIÇOS PESSOAIS DEMANDA DE CONSTRUÇÃO CIVIL. EFEITOS INDUZIDOS Prováveis Efeitos Induzidos do Projeto de Mineração na Economia da Região em que se Localiza

8 PROJETO DE MINERAÇÃO EFEITOS DE ENCADEAMENTO PARA FRENTE EFEITOS DE ENCADEAMENTO PARA TRÁS AUMENTO DA PRODUÇÃO, NA RENDA E NOS VALORES PATRIMONIAIS EXPANSÃO NA ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS DIRETOS, INDIRETOS E TAXAS IMPACTO SOBRE URBANIZAÇÃO Prováveis Efeitos Fiscais do Projeto de Mineração na Economia da Região em que se Localiza

9 CARACTERÍSTICAS TECNOLÓGICAS DA NOVA ATIVIDADE ECONÔMICA EFEITOS POTENCIAIS DE DISPERSÃO PARA FRENTE E PARA TRÁS PERFIL DA DISTRIBUIÇÃO DE RENDA E EFEITOS INDUZIDOS DIFUSÃO POTENCIAL DO DINAMISMO DA NOVA ATIVIDADE SOBRE OS SETORES DA ECONOMIA REGIONAL/ MICRORREGIONAL CICLO DE CRESCIMENTO ECONÔMICO SUSTENTADO GRAU DE DIVERSIDADE DA BASE DE RECURSOS NATURAIS DA REGIÃO Mecanismos de Difusão do Dinamismo da Nova Atividade Econômica na Economia de uma Região

10 Efeitos Multiplicadores Regionais de um Projeto de Investimento EMPREGO DIRETO E TERCEIRIZADO COMPRAS DIRETAS ANUAIS MASSA SALARIAL DIRETA E TERCEIRIZADA ANUAL MULTIPLICADOR REGIONAL DE EMPREGO EMPREGO TOTAL DIRETO, INDIRETO E INDUZIDO MULTIPLICADOR REGIONAL DE COMPRAS MULTIPLICADOR REGIONAL DE MASSA SALARIAL COMPRAS TOTAIS DIRETAS, INDIRETAS E INDUZIDAS MASSA SALARIALTOTAL DIRETA, INDIRETA E INDUZIDA FASE OPERAÇÃO PLENA

11 Municípios brasileiros com PIB per capita inferior a 30% da média do País

12 Municípios Brasileiros com PIB per capita superior ao dobro da média do País

13 Brasil: Municípios com PIB industrial per capita inferior a 10% do PIB industrial per capita brasileiro – 2004

14 Brasil: Municípios com PIB industrial per capita superior a 200% do PIB industrial per capita brasileiro – 2004

15

16 Região Sudeste: PIB per capita dos municípios em relação ao Brasil – 2004 (%)

17 Macrorregião Sudeste: Relação entre o PIB industrial per capita dos municípios e o PIB industrial per capita brasileiro – 2004 (%)

18


Carregar ppt "Belo Horizonte 28/08/2007 INSTITUTO BRASILEIRO DE MINERAÇÃO IBRAM Seminário Bauxita & Alumínio: Desafios e Perspectivas Palestra: A Mineração e o Desenvolvimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google