A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Qualidade de Produto de Software Mariano Montoni.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Qualidade de Produto de Software Mariano Montoni."— Transcrição da apresentação:

1 Qualidade de Produto de Software Mariano Montoni

2 Avaliação de Qualidade de Produto de Software

3 Informações necessárias para avaliar software Características de Qualidade de Interesse Documentos do Projeto Informações sobre o Processo Técnicas de Avaliação

4 Avaliação de Produtos de Software Benefícios: – o desenvolvedor pode usar os resultados da avaliação de seus produtos para identificar ações corretivas para melhorar o produto ou para a estratégia de evolução – o fornecedor do produto pode usar o resultado para obter confiança no valor do produto – os adquirentes do produto podem usar os resultados da avaliação como dados objetivos para basear as decisões de aquisição – para a indústria a disseminação de avaliações de produtos de software ajudará ao uso da qualidade como um argumento de marketing

5 Objetivo da Avaliação de Software Fornecer resultados quantitativos sobre a qualidade dos produtos de software

6 ISO/IEC : 1998 Information Technology - Software product evaluation - process for evaluators Define as atividades necessárias para analisar requisitos de avaliação, especificar, projetar e realizar ações de avaliação e para concluir a avaliação de qualquer tipo de produto de software Pode ser usada para aplicar os conceitos da ISO/IEC 9126

7 Pode ser usada por: avaliadores em laboratórios de teste fornecedores de software, ao planejar a avaliação de seus produtos adquirentes de software, ao solicitar informações de avaliação do fornecedor do produto ou de um serviço de teste usuários do produto, ao avaliar produtos ou usar resultados de avaliações Organismos certificadores ao definir como certificar produtos de software ISO/IEC : 1998 Information Technology - Software product evaluation - process for evaluators

8 Entradas para o processo de avaliação – Solicitante descrição do produto componentes do produto – Avaliador especificações pré-definidas da avaliação métodos de avaliação ferramentas de avaliação Saídas do processo de avaliação – Avaliador registros da avaliação relatório da avaliação ISO/IEC : 1998 Information Technology - Software product evaluation - process for evaluators

9 PROCESSO DE AVALIAÇÃO ISO/IEC Estabeleci- mento dos Requisitos da Avaliação Especificação da Avaliação Projeto da Avaliação Execução da Avaliação Conclusão da Avaliação Requisitos do Solicitante Requisitos da Avaliação Entrada do Solicitante Especificação da Avaliação Plano da Avaliação Registros da Avaliação Relatório da Avaliação Revisto Registro de Ações da Avaliação Ferramentas de Avaliação Métodos de Avaliação Descrição do Produto Especificações pré- definidas da Avaliação Componentes do Produto Draft do Relatório da Avaliação Síntese dos Resultados da Avaliação

10 Características do Processo de Avaliação: – Ser repetível: outras avaliações do mesmo produto realizadas com a mesma especificação da avaliação e pelo mesmo avaliador devem produzir resultados idênticos – Ser reproduzível: avaliações do mesmo produto realizadas com a mesma especificação da avaliação e por diferentes avaliador devem produzir resultados idênticos – Ser imparcial: não deve ter viés para resultados específicos – Ser objetiva: resultados são fatuais e não dependentes da opinião do avaliador ISO/IEC : 1998 Information Technology - Software product evaluation - process for evaluators

11 ISO/IEC : Template do Relatório de Avaliação I - IDENTIFICAÇÕES Identificação do avaliador Identificação do relatório de avaliação Identificação do solicitante e do fornecedor II - REQUISITOS DA AVALIAÇÃO Descrição do domínio de aplicação do produto Descrição do objetivo do produto Lista de requisitos de qualidade e informações do produto avaliadas, incluindo características de qualidade e níveis de avaliação III - ESPECIFICAÇÃO DA AVALIAÇÃO Escopo da avaliação, referindo-se à descrição do produto Referência cruzada entre a informação requerida nos requisitos da avaliação e os componentes do produto Especificação das medidas e verificações Mapeamento entre a especificação das medidas e verificações e os requisitos da avaliação

12 IV - MÉTODO DE AVALIAÇÃO V - RESULTADOS DA AVALIAÇÃO Resultados da avaliação Resultados intermediários ou interpretação da decisão quando necessário Referência às ferramentas utilizadas na avaliação ISO/IEC : Template do Relatório de Avaliação

13 ISO/IEC : 1998 Níveis de Avaliação (Informativo) Aspectos de Segurança Crítica (Safety) Aspectos Econômicos Aspectos de Segurança Aspectos relacionados ao Ambiente Seleção de Técnicas de Avaliação

14 Aspectos de Segurança Crítica Nível de AvaliaçãoConseqüências Nível DPequeno dano a propriedades, sem risco para pessoas Nível CDano a propriedades, ameaça de ferimentos a pessoas Nível BAmeaça a vidas humanas Nível AMuitas pessoas Mortas

15 Aspectos Econômicos Nível de AvaliaçãoConseqüências Nível DPerdas econômicas desprezíveis Nível CPerdas econômicas significativas (empresa afetada) Nível BGrandes perdas econômicas (empresa em perigo) Nível ADesastre financeiro (empresa não vai sobreviver)

16 Aspectos de Segurança Nível de AvaliaçãoConseqüências Nível DNão foram identificados riscos específicos Nível CProteção contra risco de erros Nível BProteção de dados críticos e serviços Nível AProteção de dados estratégicos e serviços

17 Aspectos relacionados ao Ambiente Nível de AvaliaçãoConseqüências Nível DSem risco para o ambiente Nível CPoluição local Nível BDano ao ambiente recuperável Nível ADano ao ambiente irrecuperável

18 ISO/IEC : 1998 Seleção de Técnicas de Avaliação (Informativo) Funcionalidade – Teste funcional ou caixa preta – Inspeção da documentação de desenvolvimento usando check list – Teste unitário com critérios de cobertura de testes Confiabilidade – Verificação do uso de facilidades específicas da linguagem de programação – Análise de tolerância a defeitos construída no projeto e código – Modelagem do crescimento da confiabilidade

19 ISO/IEC : 1998 Seleção de Técnicas de Avaliação (Informativo) Usabilidade – Inspeção da interface com o usuário e da documentação – Verificação da conformidade com padrões de interface – Realização de experimentos de uso com usuários reais Eficiência – Medição do tempo de execução – Teste de benchmark – Análise do projeto para determinar a complexidade do algorítmo

20 ISO/IEC : 1998 Seleção de Técnicas de Avaliação (Informativo) Manutenibilidade – Inspeção da documentação de desenvolvimento – Métricas de código e verificação de regras de programação – Análise da rastreabilidade entre os elementos da documentação de desenvolvimento Portabilidade – Análise dos procedimentos de instalação do software – Verificação de regras de programação – Análise do projeto do software

21 Avaliação de Pacotes ISO/IEC estabelece requisitos de qualidade mostra como testar

22 ISO (Information Technology - Software packages - Quality requirements and testing) Aplicável à avaliação de pacotes de software na forma em que são oferecidos e liberados para uso no mercado Pacotes de software: conjunto completo e documentado de programas fornecidos a diversos usuários para uma aplicação ou função genérica

23 ISO (Information Technology - Software packages - Quality requirements and testing) Contém: – REQUISITOS DE QUALIDADE: um pacote de software deve possuir a Documentação do Pacote, que é composta por: Descrição do Produto Documentação do Usuário Programa e Dados – INSTRUÇÕES PARA TESTE: recomenda como um produto deve ser testado com relação aos padrões de qualidade. Contem recomendações para: Pré-requisitos de teste Atividades de teste Registros de teste Relatório de teste Teste de acompanhamento


Carregar ppt "Qualidade de Produto de Software Mariano Montoni."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google