A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gerenciamento do escopo Profa. M.Sc. Yáskara Menescal UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO – UFERSA DEPERTAMENTO DE CIÊNCIAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gerenciamento do escopo Profa. M.Sc. Yáskara Menescal UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO – UFERSA DEPERTAMENTO DE CIÊNCIAS."— Transcrição da apresentação:

1 Gerenciamento do escopo Profa. M.Sc. Yáskara Menescal UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO – UFERSA DEPERTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS - DCEN

2 Introdução 4 Inclui os processos necessários para assegurar que o projeto inclui todo o trabalho necessário 4 Definição e controle do que está e do que não está incluso no projeto

3 Processos 4 Coletar os requisitos 4 Definir o escopo 4 Criar a EAP 4 Verificar o escopo 4 Controlar o escopo

4 Escopo do Projeto x Escopo do Produto Escopo do Produto são características e funcionalidades que caracterizam o produto ou serviço Escopo do Projeto é todo o trabalho que terá que ser realizado para produzir o produto ou serviço

5 O que é Gerência de Escopo do Projeto? Garantir que o projeto realize todo e somente o trabalho necessário para o seu sucesso

6 Características 4 Define e controla o que será incluído ou não no projeto 4 Inclui somente os artefatos para gerenciar o escopo do projeto e não do produto 4 Verificação constante para ter certeza que todo o trabalho necessário está sendo realizado 4 Impedir a realização de trabalho extra que não faça parte do projeto

7 Processos da Gerência do Escopo Coletar os requisitos Criar a EAP Verificação de Escopo Controle de Modificação de Escopo Definição de Escopo

8

9

10 Coletar requisitos 4 Definir e documentar as funções e funcionalidades do projeto e do produto 4 Necessárias para atender as necessidades e expectativas das partes interessadas 4 Os requisitos precisam ser obtidos, analisados e registrados com detalhes suficientes para ser medidos

11 Coletar requisitos 4 Começa: –Analise de informação contida no termo de abertura do projeto e no registro das partes interessadas 4 Algumas organizações categorizam em: –Requisitos do projeto: de negócios, gerenciamento de projeto, de entrega –Requisitos do produto: informações sobre requisitos técnicos, de segurança, de desempenho

12 Entradas 4 Termo de abertura do projeto –Requisitos do produto de alto nível para que os requisitos detalhados possam desenvolvidos 4 Registro das partes interessadas: –Informações detalhadas sobre os requisitos do projeto e do produto

13 Ferramentas e técnicas 4 Entrevistas Meio formal e informal de se descobrir informações de conversas diretas com as mesmas 4 Dinâmicas de grupo Unem as partes interessadas pré-qualificadas e especialistas no assunto para aprender a respeito de suas expectativas e atitudes sobre o produto, serviço ou resultado proposto

14 Ferramentas e técnicas 4 Oficinas –Unem as partes interessadas multifuncionais para definir os requisitos do produto –Ex: joint application design (JAD) 4 Técnicas de criatividade em grupo –A técnica de Delphi

15 Ferramentas e técnicas 4 Questionários e pesquisas –Obter informações a partir de um numero amplo de entrevistados 4 Observações 4 Protótipo

16 Coletar requisitos: saída 4 Documento de requisitos –O formato de um de requisitos pode variar de uma simples lista categorizada por partes interessadas – prioridades a formas mais elaboradas contendo um resumo executivo, descrições detalhadas e anexos

17 Coletar requisitos: saída 4 Os componentes da documentação: –Requisitos funcionais –Requisitos não funcionais –Requisitos de qualidade –Regra de negócios declarando os princípios diretrizes da organização –Requisitos de suporte e treinamento –Premissas e restrições de requisitos

18 Coletar requisitos: saída 4 Plano de gerenciamento de requisitos –Documenta como os mesmos serão analisados, documentados e gerenciados do inicio ao fim do projeto 4 Os componentes do plano de gerenciamento de requisitos devem conter: –Como as atividades dos requisitos serão planejadas, rastreadas e relatadas

19 Coletar requisitos: saída –Processo de priorização de requisitos –Métricas de produtos que serão usadas e os argumentos que justificam usá-las –Estrutura de rastreabilidade Tabela que liga os requisitos as suas origens e os rastreia durante todo o seu ciclo de vida

20 Definir o escopo 4 Descrição detalhada do projeto e do produto 4 A declaração detalhada é critica para o sucesso 4 É desenvolvida a partir das principais entregas, premissas e restrições, que são documentadas durante a iniciação do projeto, 4 na declaração do escopo preliminar do projeto

21 Definir o escopo 4 As premissas e restrições são analisadas para garantir que estejam completas, 4 adicionando-se mais premissas e restrições conforme necessário

22 Definir o escopo: Entradas 4 Termo de abertura do projeto 4 Documentação de requisitos 4 Ativos de processos organizacionais –Políticas, procedimentos e modelos para a declaração do escopo –Arquivos de projetos anteriores

23 Definir o escopo: ferramentas e técnicas 4 Opinião especializada – analisar informações necessárias para desenvolver a declaração do escopo 4 Analise do produto 4 Identificação de alternativas –Usada para gerar diferentes métodos para desempenhar e executar o trabalho do projeto 4 Oficinas

24 Definir o escopo: saídas 4 Declaração do escopo do projeto –descreve, em detalhes, as entregas do projeto e o trabalho necessário para criar essas entregas. –O grau e o nível de detalhe com que uma declaração do escopo do projeto define o trabalho que será realizado e o trabalho que será excluído – podem determinar a eficácia com que a equipe de gerenciamento de projetos poderá controlar o escopo global do projeto.

25 Definir o escopo: saídas 4 Descrição do escopo do produto –Características do produto, serviço ou resultados descritos no termo de abertura do projeto e na documentação de requisitos 4 Critérios de aceitação do produto 4 Entregas do projeto –Saídas que compõem o produto ou serviço do projeto, tais com relatórios e documentação de gerenciamento de projeto

26 Definir o escopo: saídas 4 Exclusões do projeto –O que será excluído no projeto –Declarar explicitamente o que está fora do escopo do projeto 4 Restrições do projeto –Lista e descreve as restrições específicas do projeto associadas ao escopo do projeto que limitam as opções da equipe

27 Definir o escopo: saídas –São incluídos um orçamento predefinido ou datas impostas (marcos do cronograma) divulgadas pelo cliente ou pela organização executora –Quando um projeto for realizado sob contrato, em geral as cláusulas contratuais se constituirão em restrições.

28 Definir o escopo: saídas 4 Premissas 4 Atualizações dos documentos do projeto

29 Criar EAP 4 Decomposição hierárquica orientada à entrega do trabalho a ser executado pela equipe do projeto, 4 para atingir os objetivos do projeto e criar as entregas necessárias 4 organiza e define o escopo total do projeto

30 Criar EAP 4 subdivide o trabalho do projeto em partes menores e mais facilmente gerenciáveis, 4 Em que cada nível descendente da EAP representa uma definição cada vez mais detalhada do trabalho do projeto 4 representa o trabalho especificado na declaração do escopo do projeto atual aprovada

31

32 Criar EAP: entradas 4 Declaração do escopo do projeto 4 Documento dos requisitos 4 Ativos de processos organizacionais

33 Ferramentas e técnicas 4 Decomposição –Subdivisão da entrega do projeto em componentes menores e mais gerenciáveis

34

35

36 Criar EAP: Saídas

37 Verificar o escopo 4 Qual a finalidade do processo Verificação do Escopo Obter a aceitação formal do escopo do projeto pelos stakeholders Processo contínuo visando garantir que todas as atividades sejam realizadas corretamente e satisfatoriamente

38 Verificar o escopo 4 Declaração do escopo 4 EAP 4 Dicionário do EAP 4 Documentos de requisitos 4 Matriz de rastreabilidade de requisitos 4 Entregas validadas

39 Ferramentas e técnicas 4 Inspeção –Atividades como medição, exames e testes, verificando se tudo está realizado conforme os requisitos –Também chamadas de revisões, auditorias e walkthroughs, embora esses termos tenham significados diferentes em algumas áreas

40 Saídas 4 Documento formal que o cliente aceitou o produto ou subprodutos de uma fase ou do final do projeto

41 Controlar o escopo 4 Qual a finalidade do processo Controle da Mudança de Escopo Garantir que mudanças sejam acordadas por todos Determinar quando uma mudança ocorreu Gerenciamento de uma mudança quando/se ela ocorrer Garantir que mudanças sejam acordadas por todos Determinar quando uma mudança ocorreu Gerenciamento de uma mudança quando/se ela ocorrer

42 Entradas 4 O plano de gerenciamento do projeto –Linha base do escopo –Plano de gerenciamento do escopo –Plano de gerenciamento de mudanças –Plano de gerenciamento de configurações –Plano de gerenciamento de requisitos

43 4 Informações sobre o desempenho do trabalho –A respeito do progresso do projeto, –Quais entregas foram iniciadas –Seus progressos e conclusões

44 Saídas –Solicitação de mudanças –atualizações do plano de gerenciamento de projetos –Atualização da linha de base do escopo –Atualizações dos documentos do projeto Documentos de requisitos


Carregar ppt "Gerenciamento do escopo Profa. M.Sc. Yáskara Menescal UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO – UFERSA DEPERTAMENTO DE CIÊNCIAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google