A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O QUE É A CIÊNCIA? A que distância estaremos da Idade Moderna?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O QUE É A CIÊNCIA? A que distância estaremos da Idade Moderna?"— Transcrição da apresentação:

1

2 O QUE É A CIÊNCIA? A que distância estaremos da Idade Moderna?

3 Cientistas da Idade Moderna

4 A descoberta de uma resposta para esta questão exige que se averigue se há ou não diferenças no modo de ver a ciência... ontem... e hoje...

5 Quais as características da Ciência Moderna?

6 Na investigação científica não interferem os interesses, os sentimentos, os preconceitos dos cientistas. Filosoficamente, objectividade traduz-se por separação radical na investigação entre sujeito epistémico e objecto investigado.

7 As leis e teorias científicas são verdades definitivas, porque o seu conteúdo foi fiscalizado na e pela experiência. (A. Comte)

8 Na investigação científica os cientistas servem-se basicamente de dois instrumentos: a matemática e a experiência (observação sistemática e experimentação). A ciência é um conjunto de princípios, teorias e leis inventadas pelos cientistas e que se considera terem sido comprovadas/verificadas na experiência (experimentação)

9 Em relação à Religião. Em relação à Filosofia. Em relação ao poder político e económico.

10 Com base nesta concepção de ciência, o homem da Idade Moderna julgou que:

11 O homem moderno, desde Galileu e Descartes aos finais do século XIX, confiou plena e utopicamente nas suas capacidades racionais: as possibilidades humanas de conhecimento são infinitas.

12 Isto, porque julgavam que os resultados das investigações científicas eram definitivos. Cada uma das ciências não era mais do que um saber feito por acumulação de verdades sobre verdades, conquistadas cada uma delas ao longo do tempo.

13 e a verdade científica, evidentemente, A objectividade e positividade justificavam o valor absoluto da ciência e o consequente carácter acumulativo das suas verdades. era absoluta.

14 Que concepção do universo está subjacente a esta noção de ciência? Quais os pressupostos da ciência moderna?

15 O universo, contrariamente à concepção aristotélico-medieval, já não é concebido como um organismo vivo, mas como uma máquina. Descartes comparou o universo a um relógio gigantesco que Deus pôs em movimento segundo determinadas leis.

16 Os fenómenos naturais estão submetidos à lei da causalidade As mesmas causas nas mesmas circunstâncias produzem os mesmos efeitos.

17 Princípio do determinismo: Nada acontece ao acaso: tudo tem na sua origem uma causa.

18 Perguntemo-nos agora:

19 O que é que especifica a ciência contemporânea?

20 Cientistas da Idade Contemporânea

21 Vejamos:

22 Quais as suas características? Quais os seus pressupostos? Que concepção de verdade científica?

23 CARACTERÍSTICAS

24 Em vez de objectividade, falamos hoje de: Intersubjectividade

25 E porquê?

26 Porque, por exemplo, a presença do observador altera o objecto que se investiga. Suponha-se uma investigação sociológica: será possível eliminar a presença do cientista sobre a comunidade que é objecto de estudo, mesmo utilizando o método da observação participante?

27 Porque ao nível da microfísica, por exemplo, os instrumentos de que se serve o cientista interferem no objecto que se está a investigar. Recordem-se as investigações levadas a efeito por Heisenberg.

28 Contemporaneamente frisamos o carácter de construção racional da ciência Não se nega o carácter experimental da ciência, mas reforça-se o papel inventivo que o cientista tem na invenção de hipóteses, conjecturas, processos técnicos que possibilitam a detecção de erros das mesmas, a sua rectificação ou anulação (verificação versus falsificação)

29 Substituindo a noção positivista de positividade, falamos hoje de:

30 Operatividade dos conceitos científicos

31 E eis a grande novidade caracterizadora da ciência contemporânea

32 A REVISIBILIDADE

33 Isto equivale a dizer que com os finais do século XIX se deu a morte dos absolutos Finalmente ou provisoriamente materializou- se a morte de um sonho: o sonho de Descartes

34 Já se NÃO pode falar de VERDADES DEFINITIVAS. A verdade científica é PROVISÓRIA A verdade científica é apenas uma APROXIMAÇÃO à realidade.

35 Além disso …

36 A ciência contemporânea é de carácter não-cumulativo. Bachelard, Popper, Kuhn, Lakatos

37 Considera-se que o erro é o grande motor do progresso científico. Bachelard, Popper

38 Finalmente: Em que pressupostos se fundamenta a ciência contemporânea?

39 Relatividade do espaço e do tempo Einstein

40 Grau de incerteza e probabilidade na descrição da natureza Heisenberg e mecânica quântica

41 Universo em expansão/regressão.


Carregar ppt "O QUE É A CIÊNCIA? A que distância estaremos da Idade Moderna?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google