A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIVÊNCIAS FRANCISCANAS DO SAGRADO NA EXPRESSÃO TEXTUAL E MUSICAL Por Grisiê de M.Gründling Maria Elisa B. Pfeifer.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIVÊNCIAS FRANCISCANAS DO SAGRADO NA EXPRESSÃO TEXTUAL E MUSICAL Por Grisiê de M.Gründling Maria Elisa B. Pfeifer."— Transcrição da apresentação:

1

2 VIVÊNCIAS FRANCISCANAS DO SAGRADO NA EXPRESSÃO TEXTUAL E MUSICAL Por Grisiê de M.Gründling Maria Elisa B. Pfeifer

3 O POETA DIANTE DE DEUS JORGE DE LIMA Senhor Jesus, o século está pobre. Onde é que vou buscar poesia? Devo despir-me de todos os mantos, os belos mantos que o mundo me deu. Devo despir o manto da poesia. Devo despir o manto mais puro. Senhor Jesus, o século está doente, o século está rico, o século está gordo. Devo despir-me do que é belo, devo despir-me da poesia, devo despir-me do manto mais puro que o tempo me deu, que a vida me dá.

4 Quero leveza no vosso caminho. Até o que é belo me pesa nos ombros, até a poesia acima do mundo, acima do tempo, acima da vida, me esmaga na terra, me prende nas coisas. Eu quero uma voz mais forte que o poema, mais forte que o inferno, mais dura que a morte: eu quero uma força mais perto de Vós. Eu quero despir-me da voz e dos olhos, dos outros sentidos, das outras prisões, não posso Senhor : o tempo está doente. Os gritos da terra, dos homens sofrendo me prendem, me puxam me daí Vossa mão.

5 Pretende-se, com este trabalho, fazer dialogar o que defende Espírito Santo, quanto à conquista ou o retorno ao sagrado na sala de aula, e as constatações de Goldstein e Fichtner, com vistas à percepção de que o professor e o aluno podem aproximar-se por intermédio do ritmo, do som, da palavra, haja vista ambos serem elementos sagrados que fazem parte da vida de ambos, desde seus primeiros momentos.

6 Assim, através de práticas dialéticas entre a infância pretérita do professor e o momento presente do aluno, buscam-se estratégias as quais, acredita-se, poderão proporcionar o viver e o reviver; o visitar e o revisitar; o pensar e o repensar; o organizar e o reorganizar de experiências e o sagrado (re)nascer a cada dia.

7 O RITMO DAS PALAVRAS

8

9

10

11

12

13

14 Referências Bibliográficas WEIGEL, Anna Maria Gonçalves. Brincando de Música: Porto Alegre, RS:Kuarup,1988 MARZULLO, Eliane. Musicalização nas Escolas: Petrópolis,RJ : Vozes, HAPPÉ, Robert. A Consciência é a Reposta- São Paulo: Talento, CAVALCANTI, Raíssa. O Retorno do Sagrado: reconciliação entre a ciência e a espiritualidade. São Paulo: Cultrix, DUFRENNE, Mikel. O poético. Globo: Porto Alegre, ESPÍRITO SANTO, Ruy C. do. O Renascimento do Sagrado Na Educação. Vozes: São Paulo, FICHTNER. Marília P. A leitura de textos poéticos e a representação de um mundo que balança, mas não cai. In: AGUIAR, Vera T. (Org.). Territórios de leitura – da leitura aos leitores. Cultura Acadêmica: São Paulo, GOLDSTEIN, Norma. Versos, sons, ritmos. Ática: São Paulo, ALMEIDA, Elisabeth C.; DUARTE, Patrícia M. Consciência Fonológica. Revinter: rio de Janeiro, 2003.


Carregar ppt "VIVÊNCIAS FRANCISCANAS DO SAGRADO NA EXPRESSÃO TEXTUAL E MUSICAL Por Grisiê de M.Gründling Maria Elisa B. Pfeifer."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google