A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

XX JORNADA DOCENTE DO SERVIÇO PHÝSIS DE HOMEOPATIA DO IMH 28 e 29 de novembro de 2009 A raiva como fator de adoecimento e a ação de Chromium metallicum.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "XX JORNADA DOCENTE DO SERVIÇO PHÝSIS DE HOMEOPATIA DO IMH 28 e 29 de novembro de 2009 A raiva como fator de adoecimento e a ação de Chromium metallicum."— Transcrição da apresentação:

1 XX JORNADA DOCENTE DO SERVIÇO PHÝSIS DE HOMEOPATIA DO IMH 28 e 29 de novembro de 2009 A raiva como fator de adoecimento e a ação de Chromium metallicum no processo de cura Juliana Lage de Araújo Juliana Lage de Araújo

2 A raiva como fonte de sofrimento e adoecimento Raiva é um sentimento que afirma que se ama, gosta, quer, e que aquilo que se ama, gosta e que está quer, e que aquilo que se ama, gosta e que está gerando frustração e vazio. gerando frustração e vazio. Núcleo de Terapia Corporal Núcleo de Terapia Corporal Autopatogenesia: percepção de si e do outro Autopatogenesia: percepção de si e do outro Observação: a dificuldade de lidar com a raiva e o Observação: a dificuldade de lidar com a raiva e o adoecimento adoecimento

3 Sentimentos básicos: alegria Sentimentos básicos: alegria raiva raiva medo medo tristeza tristeza Lidar com a raiva: reconhecer Lidar com a raiva: reconhecer expressar expressar atitude atitude

4 Patogenesias de Chromium metallicum (2000 e 2003) 4 - Sentindo-me muito irritado, intolerante a ruídos, aos gritos das crianças, sinto que estou trabalhando em excesso. Tive um ataque de cólera, explodi com o meu menino, discuti com a esposa e fui deitar à noite muito enraivecido; não conseguia conciliar o sono.

5 21 - Ao falar comigo por telefone (filha), sobre quanto eu ainda demoraria para voltar para casa, o fez com raiva e disse: "que morra você ser médica, mata essa médica. Na madrugada que se seguiu, minha filha teve muita tosse, assim como ao acordar. (...) Cheguei a falar que estava pondo a raiva pra fora.

6 9 - Intercedo em briga de duas pessoas que trocam ofensas e ameaças entre si dizendo sempre que temos o direito de não gostarmos disso ou daquilo que o outro faça mas que não temos o direito de ofender e nem de humilhar quem quer que seja para não perdermos a razão. (...). Se falam mal de nós ou se somos ameaçados devemos resolver o assunto com grandeza e sem brigas.

7 3 - refletindo sobre o medo que eu tenho de invasão da minha privacidade, que me leva muitas vezes ao isolamento, afastamento de certas pessoas e situações. fiquei revivendo situações da infância em que me senti invadida e desrespeitada, com muito sofrimento (...). 4 - sonho: recebia vários hóspedes que eu conhecia pela primeira vez em minha casa.(...) Eu convivia bem com a situação. 1 - (...) sinto impaciência com visitas familiares, vontade de não falar, me aquietar.

8 Reconheça sua raiva !

9 CHROMIUM METALLICUM Solidariedade, acolhe o outro, hospedar X hostilidade, agressividade, raiva, irritação com ruídos Conversa muito X aversão a conversar Passado, revive situações da infância Sofrimento pela raiva

10 Casos clínicos: CSFO, menino, 2 anos - 1ª consulta: 18/06/09 CSFO, menino, 2 anos - 1ª consulta: 18/06/09 Alérgico demais, bronquite, sinusite e urticária. Usa antibiótico e corticóide com frequência. Vômitos ao tossir e com raiva, força com o dedo pra vomitar. Agitado, morde e bate com raiva. Há 1 ano embotou o contato, com dificuldade na fala. Faz terapia ocupacional e fonoaudiologia. Percebo raiva em suas atitudes com os brinquedos e pessoas. Mãe está preocupada com gravidade e frequência das crises. Pai registrou o filho mas não tem contato. Cd: Chromium metallicum - CH30 DU

11 Após 2 meses: no início teve várias crises de bronquite, com uso de corticóide e antibiótico. Agora melhor. Menos agressivo. Às vezes morde. Após 2 meses: no início teve várias crises de bronquite, com uso de corticóide e antibiótico. Agora melhor. Menos agressivo. Às vezes morde. Após 3,5 meses da dose: tem passado bem, as crises são mais brandas e passam rápido. Após 3,5 meses da dose: tem passado bem, as crises são mais brandas e passam rápido. Após 5 meses da dose: teve febre, coriza e tosse, sem broncoespasmo. Mais tranquilo. Após 5 meses da dose: teve febre, coriza e tosse, sem broncoespasmo. Mais tranquilo. Contato visual melhorou, expressando melhor. Sem usar antialérgico ou corticóide. Contato visual melhorou, expressando melhor. Sem usar antialérgico ou corticóide.

12 ZSL: mulher, 61 anos - 1ª consulta: 25/01/08 ZSL: mulher, 61 anos - 1ª consulta: 25/01/08 Internada no HEAL, com depressão, taquicardia, tremores, eructações, vômitos. Fica irritada com o marido, pois quer conversar e ele não tem tempo. Pastor, ele só tem tempo para os outros. Incomodada com barulhos, fica irritada com batida do porta-malas e música alta. Reclama, ninguém dá atenção. A conversa está desencontrada, volto ao passado (fala sobre a filha que morreu com Aids há 3 anos). Diz que agora já aceita melhor a perda da filha. Sofre com a raiva. Internada no HEAL, com depressão, taquicardia, tremores, eructações, vômitos. Fica irritada com o marido, pois quer conversar e ele não tem tempo. Pastor, ele só tem tempo para os outros. Incomodada com barulhos, fica irritada com batida do porta-malas e música alta. Reclama, ninguém dá atenção. A conversa está desencontrada, volto ao passado (fala sobre a filha que morreu com Aids há 3 anos). Diz que agora já aceita melhor a perda da filha. Sofre com a raiva. Cd: Chromium metallicum CH30 DU Cd: Chromium metallicum CH30 DU

13 com 1 semana: mais tranqüila, sorridente. Melhora da taquicardia e tremores. Falando em se colocar de outro modo em casa. com 1 semana: mais tranqüila, sorridente. Melhora da taquicardia e tremores. Falando em se colocar de outro modo em casa. Consultas no ambulatório após alta: Consultas no ambulatório após alta: Dificuldade pra sair de casa, irritada se falam muito alto / Superando mais quando tem as chateações, às vezes fica chateada com a família, antes ficava remoendo / Não tem sentido tanta raiva / Vertigens. Voltou coriza dentro de casa, usa vacina / Irritação na pele, alergista passou pomada / Melhorei muito, até os vizinhos notaram / Não amo mais meu esposo mas não quero me separar. Convivência melhor com o marido. Dificuldade pra sair de casa, irritada se falam muito alto / Superando mais quando tem as chateações, às vezes fica chateada com a família, antes ficava remoendo / Não tem sentido tanta raiva / Vertigens. Voltou coriza dentro de casa, usa vacina / Irritação na pele, alergista passou pomada / Melhorei muito, até os vizinhos notaram / Não amo mais meu esposo mas não quero me separar. Convivência melhor com o marido. Usou Chromium metallicum CH60 em agosto de 2009 Usou Chromium metallicum CH60 em agosto de 2009

14 Expresse sua raiva sem agredir! Expresse sua raiva sem agredir!

15

16

17


Carregar ppt "XX JORNADA DOCENTE DO SERVIÇO PHÝSIS DE HOMEOPATIA DO IMH 28 e 29 de novembro de 2009 A raiva como fator de adoecimento e a ação de Chromium metallicum."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google