A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Realidade Virtual GRUPO: André Lins Heitor Farias Katharine Galdino

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Realidade Virtual GRUPO: André Lins Heitor Farias Katharine Galdino"— Transcrição da apresentação:

1 Realidade Virtual GRUPO: André Lins Heitor Farias Katharine Galdino
Leonardo Melo Pedro Felix

2 Realidade Virtual Também chamada de : Holograma ou ambiente virtual
Objetivo: recriar o máximo de realidade para o individuo

3 Evolução da Realidade virtual
Anos 50: Morton Heilig “pai da realidade virtual” “cinema das experiências” Criou do Sensorama

4 Evolução da Realidade virtual
Ivan Sutherland imaginou o "Ultimate Display“ 1966 – criou o HMD (monocular ou binocular) Inicio dos anos 80 - Jaron Lanier, se aprofundou nesse tipo de tecnologia Utilizou o termo Realidade virtual (1987)

5 Evolução da Realidade virtual
Durante muito tempo, as tecnologias de RV foram exclusivas de grandes empresas para desenvolvimento de protótipos e agências como a NASA. Anos 90 – difusao da realidade virtual Hoje - a Realidade Virtual é grande aliada do desenvolvimento de novas tecnologias. (medicina, engenharia e administração)

6 Conceito “A exibição mais avançada seria uma sala onde o computador puder controlar a existência da matéria. Uma cadeira exibida seria boa o suficiente para se sentar. Algemas exibidas na sala seriam o suficiente para confinar e uma bala exibida nesta sala poderia ser fatal. Com a programação adequada, a sala poderia ser literalmente o país das maravilhas que Alice andou“. (Ivan Sutherland).

7 Principais características da Realidade Virtual
Imersão Interação Envolvimento

8 Tipos de Sistema de Realidade Virtual
“A Realidade Virtual pode ser classificada em: Imersiva e Não Imersiva.” (JACOBSON, 1994 apud STIVAL). Tipos: Sistemas de Simulação Sistema de Telepresença Sistema de Realidade Aumentada RV de projeção ou Realidade Artificial

9 Dispositivo de Entrada de Dados
Dispositivos de Interação - Responsável pela manipulação e movimentação dos objetos na realidade virtual; Dispositivos com 2DOF Dispositivos simples muito utilizados no dia a dia; Baixo custo; Reduzem o tempo de resposta;

10 Dispositivo de Entrada de Dados
Luva de Dados Captura movimentos das mãos e os transferem para o sistema de RV; Maior imersão no sistema de RV; Sensores de Entrada Biológicos Capturam sinais biológicos e os emitem para o sistema de realidade virtual; Comandos de voz e sinais elétricos musculares;

11 Dispositivo de Entrada de Dados
Dispositivos de Trajetória - Responsável pelo tracking de partes do corpo do usuário; Responsável pela detecção e rastreamento de trajetória dos movimentos do usuário; Trabalha conjuntamente com os de interação; Composto por emissor de um sinal, sensor e caixa controladora;

12 Dispositivo de Saída de Dados
Através dos dispositivos de saída de dados que o usuário recebe as informações do sistema de realidade virtual. Dispositivos Visuais Sentido mais explorado para imersão em um sistema de RV; Monoscópicos - a mesma imagem é exibida para ambos os olhos; Estereoscópicos - cada olho capta uma imagem ligeiramente diferente; Uso Individual - Vídeocapacetes (HMDs) Uso Coletivo – Monitores e sistemas de projeção

13 Dispositivo de Saída de Dados
Dispositivos Auditivos Isola as fontes da audição, fazendo com que o usuário capte apenas as fontes selecionadas Maior imersão no sistema de RV; Dispositivos Físicos Estimulam o tato, a tensão muscular e a temperatura

14 Ferramentas para Criação de RV
“O aplicativo de Realidade Virtual é uma simulação animada que permite definir e exibir um objeto 3D, alterar seu ponto de referência e campo de visão, manipular e interagir com os objetos, e fazer com que esses objetos afetem uns aos outros.” Jacobson (1994)

15 Ferramentas para Criação de RV
Conceitos compartilhados pelos Softwares de construção de RV: O Universo: representa o lugar onde ocorrerá a experiência de Realidade Virtual.

16 Ferramentas para Criação de RV
Os Objetos do universo: objetos que são caracterizados por formato, aparência e comportamento. Normalmente são criados através de uma modelagem 3D. (Iluminação, textura, sombras, animação) As técnicas de apresentação e dinâmicas e feedback.

17 Ferramentas para Criação de RV
Cyberspace Development Kit REND386 VRML - Virtual Reality Modeling Language Virtual Reality Studio VREAM - Virtual Dream WorldToolKit para Windows

18 APLICAÇÕES Jogos e entretenimento
Medicina: estudo tridimensional do corpo humano; intervenções cirúrgicas Engenharia: criação de protótipos de construções Arquitetura: simulação de ambientes Educação: interatividade no processo ensino-aprendizagem Publicidade: estratégias de marketing Treinamento de pilotos

19 REFERÊNCIAS The father of virtual reality. Disponível em: <http://www.mortonheilig.com/> Acesso em: 07 Out Realidade Virtual. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Realidade_virtual>. Acesso em: 04 Out Realidade Virtual e Multimídia. Disponível em: <http://www.di.ufpe.br/~if124/conceito.htm>. Acesso em: 03 Out Disponível em: <http://reiag.vilabol.uol.com.br/ferrv.htm>. Acesso em: 04 Out Princípios e aplicações da realidade virtual. Disponível em: <http://www.di.ufpe.br/~frery/vw/info1_3.htm>. Acesso em: 07 Out BUEGARE, Bruno. Telepresença, a vídeoconferência muito mais realista. 18 Out Disponível em: <http://webinsider.uol.com.br/2009/10/18/telepresenca-a-videoconferencia-muito-mais-realista/>. Acesso em: 02 Out FABRICIO, Daniel. Realidade Aumentada - essa tecnologia promete. Disponível em: <http://poraodearte.blogspot.com/2009/08/realidade-aumentada-essa-tecnologia.html>. Acesso em: 02 Out GOUVEIA, Luís Manuel Borges. Realidade Virtual: Introdução e conceitos associados. Disponível em: <http://www2.ufp.pt/~lmbg/textos/vr_intro.pdf>. Acesso em: 07 Out

20 REFERÊNCIAS JACOBSON, L. Realidade virtual em casa. Rio de Janeiro: Berkeley, 1994. KIRNER, Claudio. TORI, Romero. Realidade Virtual: conceitos e tendências. São Paulo: Editora Mania de Livro, 2004. LANDIM, Wikerson. O futuro da realidade virtual. 29 Dez Disponível em: <http://www.tecmundo.com.br/3281-o-futuro-da-realidade-virtual.htm>. Acesso em: 07 Out MACHADO, Liliane dos Santos. Conceitos básicos da realidade virtual. Disponível em: <http://www3.di.ufpb.br/liliane/publicacoes/1995_rt.pdf>. Acesso em: 04 Out MEDEIROS. Gustavo Adolfo de. Sistema de realidade virtual para tratamento de fobia. Set Disponível em: <http://teses.ufrj.br/COPPE_M/GustavoAdolfoDeMedeiros.pdf>. Acesso em: 29 set MOURA, Clea. Internet 3D e VRML. 22 Set Disponível em: <http://www.artigonal.com/ti-artigos/internet-3d-e-vrml html>. Acesso em: 02 Out STIVAL, Douglas O. Realidade Virtual: construindo um novo ponto de vista para unifra. Disponível em: <http://www2.joinville.udesc.br/~larva/dvqi/dcc6gap/down/Novo_Ponto_RV.pdf>. Acesso em: 30 set.2011. STRICKLAND, Jonathan. Como funciona a realidade virtual. Disponível em: <http://eletronicos.hsw.uol.com.br/realidade-virtual9.htm>. Acesso em: 07 Out TRIGO, Clodonil Honório. Desenvolvimento de um ambiente adaptativo de aprendizagem com suporte para colaboração 3D. Disponível em: <https://www.unimep.br/phpg/bibdig/pdfs/2006/MDMNGHQJHQSQ.pdf>. Acesso em: 02 Out.2011.


Carregar ppt "Realidade Virtual GRUPO: André Lins Heitor Farias Katharine Galdino"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google