A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelagem de Sistemas de Informação: uma perspectiva histórica. Márcio F. Campos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelagem de Sistemas de Informação: uma perspectiva histórica. Márcio F. Campos."— Transcrição da apresentação:

1 Modelagem de Sistemas de Informação: uma perspectiva histórica. Márcio F. Campos

2 Introdução O que é modelagem: Ato de descrever ou representar um objeto. Exemplos: pintar, fotografar, desenhar, imaginar, formular e teorizar. Vantagens: o objeto fica portável, é manuseado livremente e com pouco custo. Desvantagens: não é o objeto em si, o modelo pode estar errado, é necessário treinar pessoas para o ato de modelar.

3 Introdução O que é um sistema: Conjunto de objetos que se relacionam/interagem com um determinado fim. Característica: abstrato, recursivo, sem início e sem fim, dinâmico, operam com restrições. O que é informação: Dado com significado (do ponto de vista dos dados). Necessidade cognitiva ( do ponto de vista dos atores).

4 Introdução Modelagem de Sistemas de Informação: Ato de representar/descrever um objeto que tem como características o de um sistema de informação.

5 Sistema de Informação e Computadores Características dos Sistemas de Informação: Transmissão. Processamento. Armazenamento. Registro e Consulta. Estas características já estavam presentes antes dos dos computadores. Na construção das pirâmides. Na revolução industrial. Na primeira guerra mundial. Os computadores possibilitaram a integração destas características.

6 Necessidade de se Modelar SI Pré- computador: Redução de custo. Melhoria de desempenho de processos. Melhoria dos processo de decisão. Desburocratização. Pós-computador: Redefinição do processo. Integração de empresas. Criação de novos negócios.

7 Limitantes e Condicionantes Crise do Hardware(50 a 70). Baixa capacidade de registro, transmissão, processamento e de armazenamento. Baixa confiabilidade. Poucos profissionais da área. Crise do Software (70-...). Hardware com menor custo e maior capacidade de registro, transmissão, processamento e de armazenamento Difusão dos computadores. Dificuldade de se modelar softwares grandes e complexos. Softwares caros, de baixa qualidade, baixa confiabilidade. Usuários totalmente insatisfeitos.

8 Variáveis de análise Abordagem de representação. Complexidade do objeto S.I. Amplitude do escopo de modelagem. Processo de desenvolvimento separado do processo de modelagem. Participação do usuário. Poder de representação.

9 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 1 a Etapa: desestruturada. Ausência de métodos, técnicas e ferramentas para a modelagem. Atividades individualizadas. Sem referências. Participação do usuário é inexistente. Crise do hardware chega ao fim e tem início a crise do software.

10 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 2 a Etapa: estruturada. Chris Gane, Constantine, Yourdon tornan-se os precursores de um novo método para a modelagem de sistemas de informação baseados em computador. Definem um conjunto de técnicas a serem aplicadas, por completo ou em parte, pela indústria de software. Surgem as ferramentas CASE. Modela-se basicamente as funções. Modelagem local, limitada a departamentos e setores. Processo de construção e de modelagem se confundem. O usuário participa marginalmente. Estudos gerenciais de Nolan, apontam para a necessidade de se unificar sistemas a partir dos dados.

11 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 3 a Etapa: estruturada ampliada. Integração dos modelos estruturados aos modelos de negócio da organização: Engenharia da Informação. James Martin como líder deste modelo: pessoas, dados, funcionalidades e tecnologia. O sistema a ser considerado é o sistema a ser organizado. Os modelos de dados, nascidos à parte da análise estruturada, se integram. Usuários participam mais do processo de construção e de modelagem.

12 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 4 a Etapa: estruturada refinada. Análise Essencial. Melhoria da técnica estruturada em suas principais falhas: a caracterização dos requisitos, e a passagem do modelo essencial para o encarnado. Dificuldade do mundo estruturado: –Complexidade crescente do objeto de SI. »Sistemas especialistas, internet, sistemas multimídia.(RMM, HDM, OOHDM, KADS). –Unificação não natural entre o mundo das funções e o mundo dos dados.

13 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 5 a Etapa: o mundo dos objetos (90 – 2000). O SI é visto como literalmente um conjunto de objetos que se interagem. Explosão dos métodos orientados a objetos. O processo de construção se separa do ato de modelar. O usuários e imprescindível no ato de modelar.

14 Modelagem de Sistemas baseados em Computadores 6 a Etapa: unificação (95 – 2007). Ao contrário do que aconteceu com os modelos estruturados, os modelos OO foram unificados: nasce a UML. O sistema é visto sob vários ângulos: 13 diagramas diferentes. A UML possibilita maior poder representacional a partir das suas possibilidades de extensão: web UML, UML processos etc... MDA – Arquitetura Orientada a Modelos (novo CASE?).

15 Reflexões Contemporâneas Insatisfação com a grandiosidade da UML. Criação de novos modelos experimentais, em particular para o tratamento de sistemas baseados em agentes. Sistemas ubíquos, em todos os lugares. O ato de compreender os requisitos que antecede ao de modelagem é entendido como crucial.

16 Conclusão Os sistemas de informação estão associados as necessidades cognitivas do homem. Maior a capacidade tecnológica. Maiores são as características dos SI. Maiores as necessidades de representar os SI. Crise de Qualificação: Conhecimento complexo e mutante,melhorar a comunicação entre desenvolvedores e usuários. Crise do Entendimento dos Requisitos: Surgimento/Emprego de novas técnicas que envolvem participação do usuário. Crise da Representação: A OO possui capacidade de modelagem suficiente para representar todo tipo de sistema?

17 Conclusão A capacidade de dominar a representação destes sistemas está diretamente associada a capacidade de construir sistemas de informação mais complexos e seguros.

18 Dúvidas?


Carregar ppt "Modelagem de Sistemas de Informação: uma perspectiva histórica. Márcio F. Campos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google