A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE. O CO-FINANCIAMENTO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE NAS AÇÕES DE SAÚDE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE. O CO-FINANCIAMENTO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE NAS AÇÕES DE SAÚDE."— Transcrição da apresentação:

1 SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

2 O CO-FINANCIAMENTO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE NAS AÇÕES DE SAÚDE

3 Incentivo Estratégia Saúde da Família - ESF-SC   R$ 7 milhões   2008 – R$ 14 milhões   2009 – R$ 21 milhões Manutenção do Encontro Estadual da ESF Premiação aos municípios e equipes.   Inovações:Criação do incentivo ao NASF – SC e criação do incentivo CAPS –SC (de caráter microrregional). Fortalecimento da Atenção Básica

4 Saúde Bucal – CEO - Centro Especializados em Odontologia –   2004 – R$   2005 – R$   2006 – R$   2007 – R$   2008 – R$ unidades em parceria com municípios e Universidades públicas e privadas que possuem curso de odontologia. Convênio Estadual – para equipamentos odontológicos. Fortalecimento da Atenção Básica

5 Programa Catarinense de Inclusão Social –PROCIS   de 2004 a beneficiou 56 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Social (IDS)   2004 e       2008 – PROCIS

6 Programa Catarinense de Inclusão Social –PROCIS   Em reformulação da Lei beneficiará 25 municípios com menor índice de desenvolvimento Humano ( IDH); Ficam mantidos os recursos do orçamento para Estratégia de saúde da família reajustando o valor de R$ por equipe para R$ Incluído gastos com Apoio Nutricional.   Assistência Farmacêutica Básica é de R$ 4,00 per capita. PROCIS

7 •Gestão Plena 343 Paciente - R$ ,00 mensais Anual –R$ ,00 •Gestão Básica 513 pacientes - R$ ,00 mensais Anual – R$ ,00 Oxigenioterapia

8 Assistência Farmacêutica Básica   2003 – R$ 0,50 per capita R$ ,00   2004 R$ 0,60 per capita R$ ,62   2005 a 2007 R$ 1,00 per capita R$ ,00   2008 – R$ 1,50 per capita R$ ,76   R$ 2,00 per capita a partir comp. Maio

9 Assistência Farmacêutica Básica DM   o elenco é composto de seringa, lancetas, tiras e Glicosímetro.   2008 – R$ 0,30 per capita R$ ,00   R$ 0,50 per capita a partir comp. Maio

10 R$ 1,50 per capita R$ 2,00 per capita •Clopidogrel 75 mg, • Isossorbibida 10mg, •Isossorbida 20 e 40 mg •Timolol 0,5% solução oftalmica Assistência Farmacêutica Medicametos Especiais

11 Assistência Farmacêutica Medicamento excepcional ANOVALORN.PAC R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ ,61 -

12 Assistência Farmacêutica Ações Judiciais ANOGASTONº AÇÕES 2001 R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ , R$ ,022871

13 Incentivo Hospitalar   2007 e 2008 foi de R$ ,00   2009 é de R$ ,00 Estes hospitais devem priorizar o atendimento nas clinicas básicas e realizar cirurgias de caráter eletivo e participar das campanhas de saúde e oferecer serviços ambulatoriais.

14 Evolução do Limite Financeiro da Assistência

15 SAMU  ,00  71 Unidades de Suporte Básico - USB ,00   21 Unidades Suporte Avançado – USA ,00   01 helicóptero em convênio com a Polícia Rodoviária Federal ,00   08 centrais de regulação ,00   O SAMU de SC se diferencia dos outros estados pois existe um trabalho integrado entre SAMU, polícia militar e corpo de bombeiros.   Realizou desde novembro de 2005 até fevereiro de atendimentos.

16 Telemedicina • •TELEMEDICINA CRIADA EM 2005 • •ATENDE 83 MUNICÍPIOS • •85 PONTOS INSTALADOS • •MÉDIA DE ECG/MÊS • •AMPLIAÇÃO PARA MAIS 100 MUNICÍPIOS EM 2009 • • EXAMES REALIZADOS DE MAIO/2005 ATÉ MARÇO/2009

17 Telemedicina TELEMEDICINA NÚMERO DE EXAMES POR ANO

18 SC como piloto em projetos Nacionais TELESSAÙDE Programa Telessaúde Brasil em Santa Catarina   Implantado em julho de 2008 – programa de ensino permanente a distancia – 100 municípios beneficiados receberam além das capacitações equipamentos de informática. (nove estados participam)   Estrutura de capacitação e formação da Escola de Saúde Pública prof. Osvaldo Maciel

19 SC como piloto em projetos Nacionais RIPSA Através da OPAS- Organização Pan-Americana de Saúde onde 5 estados vão desenvolver a melhoria das informações em saúde e capacitar profissionais para trabalhar especificamente com gestão da informação.   Proposta e criar o indicadores e dados básicos para a Saúde – IDB, para o estado apresentando os dados por macro e região de saúde.

20 SC como piloto em projetos Nacionais REDES – Regionalizadas Assistenciais de Saúde Através da Assessoria do Ministério da Saúde CONASEMS edo CONASS o Estado já realizou algumas oficinas em 2008 para implantar o projeto das Redes Regionalizadas Assistenciais de Saúde. E existe em desenvolvimento com o município de Joinville e região este projeto. Para 2009 está programada A “ Oficina ZERO” para dias 04 e 05 de maio em Florianópolis com a participação do Grupo Condutor da SES, Tutores Regionais, representantes dos Colegiados de Gestão Regional, Conselho Estadual de Saúde e COSEMS -SC.

21 Inovações   O Estado de Santa Catarina é o único estado do país que financia o reconhecimento de paternidade em parceria com os municípios.   R$ ,00 anual   R$ ,00 equipamentos e   R$ ,00 - Kits para diagnóstico   Exames realizados


Carregar ppt "SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE. O CO-FINANCIAMENTO DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE NAS AÇÕES DE SAÚDE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google