A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto: Meio Ambiente, uma questão de Educação Autora: Professora Maria Imaculada dos Santos Foreze. Período de desenvolvimento do Projeto: agosto a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto: Meio Ambiente, uma questão de Educação Autora: Professora Maria Imaculada dos Santos Foreze. Período de desenvolvimento do Projeto: agosto a."— Transcrição da apresentação:

1

2 Projeto: Meio Ambiente, uma questão de Educação Autora: Professora Maria Imaculada dos Santos Foreze. Período de desenvolvimento do Projeto: agosto a novembro Desenvolvido em 2008, na EMEF Profª Serafina de Luca Cherfen, junto às crianças da 4ª série B, com envolvimento de familiares e demais alunos da escola.

3 Justificativa : - O uso indiscriminado de recursos naturais tem provocado sérios danos ao meio ambiente e comprometido a qualidade de vida do ser humano. É importante que a escola contribua para a construção de uma nova relação das crianças com o meio onde vivem e com a sociedade a que pertencem.

4 Objetivo: - Construir hábitos saudáveis e ambientalmente responsáveis. - Oferecer às crianças instrumentos para que, ao longo de suas vidas, tornem-se cidadãos mais conscientes, mais saudáveis e mais felizes.

5 Primeiro passo: - A partir do estudo da Carta da Terra as crianças produziram uma Carta coletiva de Compromisso em prol da saúde do Planeta. “Cuidar dos animais”, “plantar árvores”, “proteger as árvores”, “divulgar o nosso compromisso com o planeta”.

6 Produziram então um texto sobre o que sabiam sobre o meio ambiente. “Nós da espécie humana devemos tomar alguns cuidados como não jogar lixo no chão, não poluir rios, mares e o ar. Se o homem prejudicar o meio ambiente, futuramente nós é que seremos prejudicados, por ter jogado um simples papel de bala no chão.” Michele “O meio ambiente é a nossa vida, como as plantas, o ar, a água, etc” Isabela

7 O passo seguinte foi percorrer o entorno da escola observando como o meio ambiente estava sendo tratado.

8 Em sala, produziram um relato sobre a aula-passeio. “O rio que temos ao lado da escola está poluído e muita gente pesca e come o peixe, que é uma coisa errada, porque com a poluição eles ficam contaminados.” Ariela “(...) mais à frente conversamos com uma mulher que nos disse que o caminhão de lixo passa por ali todos os dias de noite e que está cansada de recolher lixo das pessoas que colocam o lixo na rua no período da manhã e os cachorros abrem os sacos.” Maria Carolina “Nós vimos muito lixo no entorno da escola como: sacolinha de plástico, copinhos de danone, chinelos de dedos, pedaços de móveis, papéis de bala, varetas de pipa, potinhos de creme, pote de sorvete, colheres descartáveis, caixa de isopor, etc.” Rodrigo

9 Depois de compartilhados os relatos da aula passeio, o grupo refletiu bastante e decidiu fazer um questionário para saber se os alunos da escola eram “amigos da natureza”.

10 Os dados levantados foram tabulados pelas crianças e foram feitos gráficos referentes a cada sala.

11 As informações levantadas foram motivo de muitas discussões e reflexões. O passo seguinte foi afixar os gráficos no corredor, para que as outras salas também pudessem estudá-los.

12 No decorrer do projeto muitos livros sobre o assunto foram lidos pelas crianças.

13 Era preciso compartilhar com os colegas o que estavam descobrindo. Para isso produziram cartazes e programas de rádio. Divididos em grupos, conversaram com todas as classes da escola, inclusive do outro período.

14 A cada 20 dias, aproximadamente, um grupo se responsabilizava em conversar com as crianças do período contrário. (...) “perguntamos o que faziam que prejudicava o meio ambiente, e o que fazem agora para melhorar, e responderam: regam as plantas, jogam lixo no lixo, reciclam, e não jogam mais futebol perto de plantas. Percebemos que nosso projeto está servindo de alerta e que já existem muitas mudanças de atitude. A professora do introdutório nos disse que estamos de parabéns pelo trabalho maravilhoso que estamos fazendo e fomos parabenizados também pela profª Cristina da 2ª A. Saímos aplaudidos por todas as salas.”

15 A rádio escola foi um importante instrumento. As crianças utilizaram a rádio escola todas as semanas, buscando sensibilizar os colegas em relação ao cuidado com o meio ambiente. Produziram dicas quanto ao desperdício de comida, falaram sobre a importância de fechar a torneira, etc.

16 Outras atividades desenvolvidas: - Análise de uma conta de luz, buscando compreender e refletir sobre o consumo registrado nela: água, esgoto e lixo - Cultivo de uma horta orgânica: oportunidade de acompanhar o desenvolvimento de plantas, sem agrotóxico, sem contaminação do solo nem risco à saúde. (Apoio da Sra Vita)

17 Crianças assistiram a vários vídeos que ampliaram o repertório sobre o tema: - Feet, o pingüim; - Educação ambiental: o que estamos fazendo?; - Bee Movie; - A era do gelo II; - Os Sem Floresta; - Sexualidade; - A floresta amazônica.

18 Diversos jogos foram motivo de diversão e aprendizagem: - O jogo da água; - O jogo do não jogar; - Amigo do meio ambiente; - Jogo do pneu; - Maratona contra a Dengue.

19 O trabalho desenvolvido na escola interferiu no Dia da Criança: Cada sala produziu um jogo com material reciclado e todos foram distribuídos às crianças durante as comemorações.

20 A curiosidade das crianças em saber como o meio ambiente era cuidado em outros lugares, foi motivo para o envio de cartas para todas as capitais do Brasil e para algumas cidades do Estado de SP que fazem parte de nossa bacia hidrográfica.

21 O modelo de carta foi produzido coletivamente, na lousa, depois copiado por várias crianças e enviado então, pelo correio. (...) vimos por meio desta, solicitar informações e materiais referentes a projetos sobre o meio ambiente desenvolvidos em sua cidade, pela própria prefeitura ou órgãos particulares, com o objetivo de conhecermos o que outras cidades fazem em prol do planeta. Estamos desenvolvendo um projeto em nossa sala:”Meio Ambiente uma questão de educação”, que será compartilhado com toda a escola e comunidade. Nele queremos buscar a conscientização de todos aqueles que pudermos alcançar, para que mudem suas atitudes”

22 Foram enviadas cerca de 30 cartas e 15 cidades responderam às crianças.

23 Foi criada uma estratégia para a análise de todo o material recebido. - A sala foi dividida em grupos; - Cada grupo recebia um lote de materiais enviados por uma cidade; - O grupo analisava e produzia uma síntese sobre as atitudes relacionadas ao meio ambiente; - A síntese era compartilhada com a classe.

24 Aula passeio possibilitou vivência junto ao ambiente natural, na Eco Pousada Pedra Grande.

25 •(... ) logo na subida fiquei impressionada com o tanto de árvores, pedras imensas, muito mato, bastante grama e muita poeira. (...) depois que plantamos fomos a uma linda e pequena cachoeira. Lá brincamos e molhamos os pés. Foi muito divertido(...)” Maria Carolina •“Quando estávamos indo para lá eu vi muita coisa bonita e interessante, como umas pedras enormes e muito bonitas. Vi também uma porção de árvores com um tom de verde maravilhoso e uma montanha que parecia uma parede de tão reta que era (...)” Michele •“ Aprendi que o lado norte é onde pega mais sol, e que o lado mais verde da árvore deve ficar para o lado do sol (...) Igor

26 No momento seguinte foi realizada uma pesquisa com os avós das crianças: O que existia onde hoje foram construídas as ruas,praças, etc? Quais as melhorias e o que não foi bom? “Ruas de terras e estradas de ferro existiam. Hoje há avenidas e perigosas. Não havia supermercados, só armazéns. Melhorou muita coisa, mas de forma indevida.” (67 anos) “Ficamos vulneráveis ao progresso” (56 anos) “Com toda a melhoria tem também o que não é bom, como a violência e a falta de consciência do povo contra o meio ambiente.” (53 anos)

27 Semanalmente os alunos assistiam aos telejornais e anotavam o que era falado com relação ao tema, o que resultou na produção de muitos cartazes que foram distribuídos pela escola. Reduzir o consumo; Reutilizar ao máximo; Reciclar o restante; Repensar nosso comportamento diário; Recusar produtos e quantidades.

28 As informações sobre o consumo levaram ao interesse em descobrir qual o consumo de sacolas plásticas nos grandes supermercados de Atibaia. Supermercado Saito Supermercado BIG

29 Supermercado por dia por semana por mês por ano BIG SAITO Consumo de sacolas plásticas.

30 Após as visitas aos supermercados foi produzido um relatório: (...) “perguntamos se eles pensam em dar sacolas retornáveis de brinde para quem fizer uma compra acima de $ 50,00 para evitar a poluição nos lixões. (...) falamos da idéia que tivemos de dar um desconto para quem levar as sacolas retornáveis. (...) ele nos elogiou bastante pela nossa iniciativa.

31 Palestras com profissionais de outras áreas enriquecem o trabalho: cuidar do meio ambiente também é cuidar de nós mesmos Dois policiais ambientais (Bueno e Ferraz) deram uma palestra sobre o que viam nas redondezas de Atibaia. Surpreenderam as crianças com muitos dados e fotos. Uma psicóloga (Regina) veio até a escola conversar com as crianças a respeito do corpo e da sexualidade.

32 Consciência gera ação: sabendo da contaminação dos rios pelo óleo de cozinha jogado nos ralos e nos quintais, a sala se mobilizou. Pediram a colaboração de todos para que o óleo usado fosse levado para a escola e produziram sabão.

33 O estudo sobre meio ambiente resultou na produção de uma relação das conseqüências do desenvolvimento econômico em nossa cidade, aquelas que podem acarretar impacto ambiental. 1. crescimento do lixo; 2. maior consumo de água; 3. maior quantidade de esgoto; 4. desmatamento (para construir e plantar); 5. poluição sonora; 6. poluição visual; 7. matam mais animais para alimentar a população; 8. mais recursos materiais retirados do meio ambiente; 9. mais gastos com combustíveis; 10. mais doenças.

34 Durante todo o desenvolvimento do projeto a leitura de muitos textos, de diferentes fontes e autores, ampliaram o repertório das crianças sobre o assunto.

35 Em certo momento foi solicitada a produção de uma CARTA, imaginando que fosse escrita pelo PLANETA TERRA aos seres humanos. “(...) quero que todos que moram em mim não me poluam pois de mim é que saem os alimentos, água e a terra fértil para plantar os legumes e outras coisas para comerem (...) Maria Luiza “(...) tem pessoas que escrevem uma palavrinha errada e já arrancam a folha e jogam fora sem saber que estão matando uma árvore e que são as árvores que trazem o oxigênio para os seres. Então o certo é usar toda a folha e usar frente e verso. Larissa “(...) com apenas pequenas coisas que você faça eu melhorarei. Então não sujem as minhas águas pois um dia ela acabará e você precisará muito dela. Não derrubem árvores pois o ar limpo que você respira vem delas, não joguem papeis de bala no chão porque senão entupirá bueiros e enchentes acabarão acontecendo e você ficará doente como eu estou hoje. Michele

36 A última atividade desenvolvida foi a realização da peça de teatro UM PASSEIO NO PARQUE.

37 Ao final do espetáculo as mães receberam uma sacola retornável enfeitada com a participação das crianças.

38 Avaliação do Projeto: Realizada durante todo o seu desenvolvimento. 04 de agosto “ Meio ambiente são as pessoas, a natureza.” ( Michele) 14 de agosto “Hoje aprendi que não podemos jogar óleo na pia porque estaremos poluindo uma grande quantidade de água.” (Ariela) 16 de agosto “Minha mãe antes jogava óleo na pia, mas falei para ela, e ela não jogará mais. Vai colocar em uma garrafa PET e colocará no lixo reciclável”. (Ariela) 19 de agosto “Com o projeto meio ambiente eu aprendi a reciclar e por isso resolvi fazer um quarto para minha boneca Barbie com material reciclado, e ficou muito bonito. (Maria Carolina)

39 8 de outubro “Não basta você aprender a cuidar do planeta, você tem que compartilhar com as pessoas do seu bairro e da sua família” (Lucas) “Eu estou achando muito legal este nosso projeto. Estamos recebendo as respostas das cartas que mandamos para as cidades e também aprendendo muita coisa que não sabia” (Bruna) 17 de outubro “Cuidar do meio ambiente é dever de todos porque ele é nossa casa, nossa vida.” (Isabela) 30 de outubro “Minha mãe agora aproveita a água da máquina de lavar para lavar o quintal” (Thaynara) 2 de dezembro “Estamos terminando este projeto, mas nosso compromisso não termina aqui. Ele tem que ser para a eternidade.” (Isabela)

40 Avaliação do Projeto: Realizada ao final do trabalho “Para mim este projeto foi muito importante, eu estou mais atento a tudo o que se refere ao meio ambiente. Gostei muito de trabalhar com isso, o projeto vai passar de geração a geração.” (Maria Carolina) “(...) com o nosso projeto todas as mães que jogavam óleo na pia, hoje não jogam mais e reaproveitam para fazer sabão” (Franciele) “(...) desde o começo aprendi muitas coisas boas e sei que não encerramos aqui este nosso aprendizado. Ele estará sempre em nossas mentes, porque o meio ambiente não é só natureza mas é também as pessoas. (Michele) (...) temos que incentivar as pessoas a cuidar do meio ambiente porque se cada um fizer a sua parte os nossos futuros familiares, filhos, netos e etc, terão um ambiente melhor no futuro. ( Larissa)

41 Os objetivos do Projeto foram atingidos: - Construir hábitos saudáveis e ambientalmente responsáveis; - Oferecer às crianças instrumentos para que, ao longo de suas vidas, tornem-se cidadãos mais conscientes, mais saudáveis e mais felizes.

42


Carregar ppt "Projeto: Meio Ambiente, uma questão de Educação Autora: Professora Maria Imaculada dos Santos Foreze. Período de desenvolvimento do Projeto: agosto a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google