A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nascido em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro, Joaquim Maria Machado de Assis se tornou um dos maiores nomes da literatura brasileira. Passou uma parte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nascido em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro, Joaquim Maria Machado de Assis se tornou um dos maiores nomes da literatura brasileira. Passou uma parte."— Transcrição da apresentação:

1 Nascido em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro, Joaquim Maria Machado de Assis se tornou um dos maiores nomes da literatura brasileira. Passou uma parte de sua infância com a madrinha rica, que era dona da Chácara do Livramento, já que perdera a irmã aos seis anos e a mãe aos 10. O pai casou-se novamente e aos 14 anos, com a morte do pai, passou a vender doces junto com a madrasta para sustentar a casa. Mesmo sem ter acesso aos estudos e aos cursos regulares, empenhou-se em aprender. Antes de se tornar jornalistas e cronista, foi caixeiro de livraria, tipógrafo e revisor. Em 1855, teve sua primeira poesia, “A Palmeira”, publicada no Marmota Fluminense, jornal editado numa livraria. Em 1860, passou a fazer parte da redação do Jornal Diário do Rio de Janeiro e assumiu um emprego público, ascendendo na carreira burocrática paralelamente à sua consagração como escritor. Em 1904, com a morte da esposa e companheira de 35 anos, o escritor entra em depressão e vêm a falecer em 1908, também no Rio de Janeiro.

2  O estilo do nosso grande contista Machado de Assis, tem característica de uma narrativa curta, como todo conto. As Obras de Machado de Assis tem toda uma originalidade, que era despreocupada com as modas literárias dominantes de seu tempo. Como exemplo, o autor busca identificar e expor o caráter mais psicológico e inerente do ser humano, como visto no conto “O Alienista” o cientista de Simão Bacamarte interna os moradores de sua cidade numa tentativa de ajustar os problemas psíquicos expostos nas supostas características que o cientista via em cada personagem e busca representar como era o idealismo de mulher para os homens na sociedade do Sec. XIX, no Uns braços é bem retratado esse assunto, com o amor de Inácio por D. Severina.

3  É a história de Inácio, jovem de 15 anos que vai trabalhar como ajudante do ríspido solicitador Borges, morando na casa do mesmo. É lá que acaba se encantando com os braços de D. Severina, companheira do seu patrão. Deve-se lembrar que na época em que se passa a história, 1870, não era comum uma mulher exibir tal parte do corpo. Mas, antes que se pense que ela era despudorada, deve- se lembrar que só o fazia por passar por certas dificuldades que tornava o seu vestuário falto de peças mais adequadas. Ainda assim, os breves momentos em que via a mulher e principalmente os braços dela eram, para Inácio, o grande alívio diante de um cotidiano tão massacrante.

4  Até que um dia D. Severina percebe o interesse que desperta no moço. Demora a aceitar, pois o considerava apenas uma criança. Mas, quando vê o homem já na forma do menino, entra num sentimento conflitante, misto de vaidade e pudor. Por isso oscila entre tratar mal o rapaz e mostrar preocupação com o seu bem-estar. Até que num domingo ocorre a cena mais importante da história. D. Severina encontra Inácio dormindo na rede. Dá-lhe um leve beijo na boca. A senhora não sabe que naquele exato instante o garoto sonhava com o beijo dela e ele não sabe que era beijado realmente enquanto estava mergulhado na fantasia do seu sono. Pouco tempo depois, Borges dispensa o garoto de forma admiravelmente amistosa. O menino não vê mais D. Severina, guardando a sensação daquela tarde como algo que não ia ser superado em nenhum relacionamento de sua existência.

5  A posição subalterna ocupada pelas mulheres na sociedade brasileira oitocentista constitui o saber do senso comum, que se conservou no essencial até pelo menos os anos 50 do século XX.  A personagem feminina do conto “Uns braços” ocupa papel semelhante ao que foi escrito/dito acima. Dona Severina, na tentativa de recusa e rejeito, não se conforma com esta posição, permitindo que, através de ações e movimentos contraditórios, revele-se a vontade de ser desejada por um outro homem e, por sua vez, a de desejá-lo também. Trata-se de um adultério suavemente contado por Machado de Assis, cuidadoso que é na estruturação de suas histórias, nunca ferindo as vistas dos leitores.

6  • Inácio: Desleixado, preguiçoso, sonhador e distraído.  • D. Severina: Calma, elegante e silenciosa.  • Solicitador Borges: Ríspido, impaciente e trabalhador.


Carregar ppt "Nascido em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro, Joaquim Maria Machado de Assis se tornou um dos maiores nomes da literatura brasileira. Passou uma parte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google