A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4º Bimestre Avaliação Mensal 6º A.B : 31/10 6º C : 01/11 • Conteúdos da Avaliação Mensal: • Capítulo 16 - Como ocorreu a fusão das culturas grega e oriental?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4º Bimestre Avaliação Mensal 6º A.B : 31/10 6º C : 01/11 • Conteúdos da Avaliação Mensal: • Capítulo 16 - Como ocorreu a fusão das culturas grega e oriental?"— Transcrição da apresentação:

1 4º Bimestre Avaliação Mensal 6º A.B : 31/10 6º C : 01/11 • Conteúdos da Avaliação Mensal: • Capítulo 16 - Como ocorreu a fusão das culturas grega e oriental? • Capítulo 17 – Como Roma se tornou uma cidade poderosa?

2

3

4 A Macedônia •A Macedônia, pequena faixa de terra, situava-se no Norte da Grécia e era habitada por povos descendentes dos primitivos gregos. Viviam da agricultura do pastoreio. •A modernização da Macedônia começou com o rei Filipe II. Após uma série de reformas internas, conhecendo as rivalidades existentes entre os Estados Gregos, iniciou a conquista da Grécia. Em 338 a.C., Filipe venceu os gregos na Batalha da Queronéia. Morreu dois anos mais tarde, em 336 a.C.

5

6 Alexandre, o grande •Alexandre Magno dominou a revolta grega iniciada após a morte de seu pai, Filipe II e colocou em prática o plano de conquistar o Oriente, aliado aos gregos. Este era um antigo projeto grego, a fim de tomar posse dos tesouros persas e estender o seu domínio além do mar Egeu. •Alexandre Magno tornou-se imperador aos 20 anos de idade. Grande militar – considerado um dos maiores guerreiros da Antiguidade.

7

8 Alexandre, O grande. Sendo educado pelo filósofo grego Aristóteles, Alexandre entrou em contato com o conjunto de valores da cultura grega. Além disso, suas incursões pelo Oriente também o colocou em contato com outras culturas. Simpático ao conhecimento dessas diferentes culturas, o imperador Alexandre agiu de forma a mesclar valores ocidentais e orientais. É desse intercâmbio que temos definida a cultura helenística

9 O Império de Alexandre. Alexandre expandiu o seu império em direção da Ásia e da África. Conquistou o império persa, a Fenícia, o Egito e a parte da Índia. Ele pretendia conquistar até a região do rio Ganges, na Índia, porém seus soldados, cansados de tantas guerras seguidas, se recusaram a segui-lo. Uma das principais características de Alexandre Magno foi a maneira como ele tratou os povos vencidos: - Respeitou suas religiões e instituições políticas; - Incentivou o casamento entre vencidos e vencedores; - Permitiu que jovens persas participassem dos exércitos greco- macedônicos; - Tentou fundir os povos, buscando eliminar as diferenças e as desigualdades entre eles.

10 Helenismo •Agindo assim, Alexandre Magno criava condições para uma integração cultural no vasto império por ele conquistado. O resultado mais importante do seu trabalho foi a chamado de helenismo, que se originou da fusão da cultura grega (helênica) com a cultura oriental. •Após a morte do grande imperador, em 323 a.C., e como consequência das lutas internas, o império foi dividido entre seus principais generais.

11 • Após a morte de Alexandre, aos 33 anos, o império foi dividido em 3 grandes reinos: • O da Síria ou Ásia Ocidental, que abrangia a Síria, a Ásia Menor e a Mesopotâmia; • O reino do Egito, que compreendia além do Egito, a Arábia e parte da Palestina; • O reino da Macedônia, que englobava a Grécia. • Entre os séculos II e I a.C, todos esses grandes reinos e outros menores foram conquistados pelos romanos.

12 A cultura Helenística A cultura helenística resultou da fusão da cultura grega (helênica) com a cultura oriental, promovida pela expansão do império Macedônico com Alexandre Magno. A Grécia não era mais o centro cultural do mundo. Os principais centros da cultura helenística foram Alexandria, no Egito, Antioquia, na Turquia, e Pérgamo, na Ásia Menor.

13 Contribuições: • As principais contribuições para a formação do mundo ocidental ocorreram: - Artes: se a arte grega caracteriza-se pelo equilíbrio, pela leveza e pelo humanismo, as artes helenísticas perderam aquelas características e passaram a ser dominadas pelo realismo exagerado e pelo sensacionalismo. Os artistas helenísticos não se preocupavam com o belo, mas sim com o grandioso e luxuoso.

14 Farol de Alexandria

15 Vênus de Milos

16 PENSADORES GREGOS • Teatro: tragédias e comédias. Ar livre, utilização de máscaras e coros, atores homens. ÉSQUILO, SÓFOCLES e EURÍPEDES (tragédias) e ARISTÓFONES (comédias); • História: HERÓDOTO (Guerras Médicas), XENOFONTE e TUCÍDIDES (Guerra do Peloponeso); • Poesia: HOMERO (Ilíada e Odisséia), PÍNDARO (Jogos Olímpicos); • Filosofia: TALES, PITÁGORAS, PROTÁGORAS, SÓCRATES, PLATÃO e ARISTÓTELES; • Arquitetura: Estilos JÔNICO (elegância, beleza), DÓRICO (funcionalidade e peso), CORÍNTIO (luxo, riqueza de detalhes); • Escultura: FÍDIAS e MIRÓN • Ciências: TALES e PITÁGORAS (mat), HIPÓCRATES (medicina);

17

18 Tarefa • Página 195 – doc 1 e 2 e atividade 1 • Página 197 – doc 1 e 2 • Página 199 – doc 1, 2 e 3.


Carregar ppt "4º Bimestre Avaliação Mensal 6º A.B : 31/10 6º C : 01/11 • Conteúdos da Avaliação Mensal: • Capítulo 16 - Como ocorreu a fusão das culturas grega e oriental?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google