A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Volume único 3.ª edição volume único 3.ª edição Biologia Armênio Uzunian Ernesto Birner.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Volume único 3.ª edição volume único 3.ª edição Biologia Armênio Uzunian Ernesto Birner."— Transcrição da apresentação:

1 volume único 3.ª edição volume único 3.ª edição Biologia Armênio Uzunian Ernesto Birner

2 CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO” Crescimento e desenvolvimento

3 Meristema: tecido formado por células-tronco Onde existe meristema em uma planta? PARTE AÉREA PARTE SUBTERRÂNEA meristema da gema apical do caule gema lateral meristema formador de casca (felogênio) meristema formador de vasos (câmbio vascular) meristema formador de casca (felogênio) meristema apical da raiz meristema formador de vasos (câmbio vascular) CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

4 Como é uma célula meristemática? célula meristemática CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

5 Diferenciação e desdiferenciação célula meristemática célula parcialmente diferenciada DIFERENCIAÇÃO DESDIFERENCIAÇÃO CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

6 Clonagem vegetal e os meristemas CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

7 medula floema primário felogênio primeiro súber câmbio vascular epiderme córtex floema secundário xilema secundário xilema primário xilema primário córtex epiderme medula floema primário câmbio vascular Crescimento em espessura do caule periderme floema primário câmbio vascular medula feloderma súber felogênio floema secundário xilema secundário xilema primário CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

8 Crescimento em espessura em raízes de eudicotiledôneas floema primário súber felogênio floema secundário xilema secundário xilema primário periderme (súber, felogênio e feloderma) Estrutura secundária de raiz feloderma periciclo câmbio floema primário córtex câmbio Início da estrutura secundária de raiz epiderme endoderme periciclo floema secundário xilema secundário xilema primário câmbio Estrutura primária da raiz epiderme endoderme periciclo xilema primário córtex floema primário CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

9 Cerne, alburno e casca casca externa com súber e felogênio cerne alburno (xilema) câmbio casca interna com feloderma e floema CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

10 Os hormônios vegetais: reguladores metabólicos A descoberta das auxinas: Frits Went ágar semente de aveia em germinação ágar CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

11 Auxinas: o AIA em ação estimulação positiva estimulação negativa raízes gemas caules concentração molar de AIA 10   8 10  4 coleóptilo folhas endosperma cotilédone raiz raiz secundária CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

12 Dominância apical Fototropismo Formação de raízes adventícias Partenocarpia Efeitos principais das auxinas CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

13 Giberelinas Citocininas Etileno e o amadurecimento de frutas Ácido abscísico e o fechamento dos estômatos Outros “hormônios” reguladores metabólicos CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

14 Fotoperiodismo: floração CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO” iluminação fotoperíodo crítico flash de luz escuridão flash de luz Planta de dia curto (PDC) (planta de noite longa) Planta de dia longo (PDL) (planta de noite curta) 24 horas (a) (b) (c) (d) (e) (f)

15 O ambiente e a germinação das sementes CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

16 Estiolamento CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO” Estiolamento em sementes germinando em uma caverna

17 Movimentos vegetais CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

18 Tropismos: movimentos orientados Tipos de tropismoEstímulo FototropismoLuz. Geotropismo (gravitropismo)Aceleração da gravidade. QuimiotropismoSubstância química. TigmotropismoMecânico. CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

19 Fototropismo fonte de luz este lado do caule recebe mais auxina e cresce mais este lado da raiz recebe mais auxina e cresce menos CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

20 Geotropismo (gravitropismo) na raiz, este lado recebe mais auxina e cresce menos no caule, este lado recebe mais auxina e cresce mais CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”

21 Nastismos Crescimento diferencial Variação na turgescência botão floral esta face da pétala cresceu mais que a outra CAP. 37 “CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO”


Carregar ppt "Volume único 3.ª edição volume único 3.ª edição Biologia Armênio Uzunian Ernesto Birner."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google