A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTOLOGIA VEGETAL I - Meristemas BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTOLOGIA VEGETAL I - Meristemas BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima."— Transcrição da apresentação:

1 HISTOLOGIA VEGETAL I - Meristemas BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

2 TECIDOS MERISTEMÁTICOS Após a fecundação a célula ovo ou zigoto divide-se várias vezes para formar o embrião. No início, todas as células do corpo embrionário se dividem, mas com o crescimento e o desenvolvimento do vegetal, as divisões celulares vão ficando restritas à determinadas regiões do corpo do vegetal.

3 Assim no vegetal adulto, algumas células permanecem embrionárias, isto é, conservam sua capacidade de divisão e multiplicação e a estes tecidos que permanecem embrionários, damos o nome de MERISTEMAS ( do grego meristos = dividir). TECIDOS MERISTEMÁTICOS

4 DIFERENCIAÇÃO CELULAR

5 TECIDOS VEGETAIS Os tecidos vegetais são classificados em dois grupos: TECIDOS MERISTEMÁTICOS ( primários e secundários). TECIDOS PERMANENTES ( revestimento, condução, sustentação, preenchimento).

6 MERISTEMAS TECIDOS MERISTEMÁTICOS – São caracterizados pela grande capacidade de divisão das suas células. Divididos em 2 tipos: Meristemas primários e secundários. Células pouco diferenciadas, não apresentando especialização

7 MERISTEMAS PRIMÁRIOS MERISTEMAS PRIMÁRIOS – Promovem o crescimento em altura (extensão) da planta. Localizados :

8 MERISTEMAS PRIMÁRIOS

9 Os meristemas primários podem ser divididos em: 3 tipos no caule jovem e 4 tipos na raíz: PROTODERME PROTOCÂMBIO MERISTEMA FUNDAMENTAL CALIPTROGÊNIO CAULE RAÍZ

10 MERISTEMAS PRIMÁRIOS PROTODERME – Dá origem a EPIDERME, que reveste e protege a planta. Impede a perda excessiva de água e permite a troca de gases.

11 MERISTEMAS PRIMÁRIOS PROCÂMBIO – Origina os tecidos de condução (xilema e floema). Nas plantas em que há meristema secundário, passa a ser chamado de Câmbio fascicular ou vascular.

12 MERISTEMAS PRIMÁRIOS MERISTEMA FUNDAMENTAL– Origina os tecidos de sustentação (clorênquima e esclerênquima) e aos Parênquimas (tec. de preenchimento)

13 MERISTEMAS PRIMÁRIOS CALIPTROGÊNIO – Origina a coifa ou caliptra, região que protege o ponto vegetativo da raíz.

14 MERISTEMAS SECUNDÁRIOS Em outras regiões da planta, células já diferenciadas, principalmente do parênquima, podem se desdiferenciar, isto é, readquirir as características de células embrionárias e voltar a se dividir.

15 MERISTEMAS SECUNDÁRIOS MERISTEMAS SECUNDÁRIOS – Promovem o crescimento em espessura (crescimento secundário) da planta. Localização : ao longo do caule e da raíz. Só em Gimnospermas e Angiospermas dicotiledôneas Divididos em 2 tipos: FELOGÊNIO; FELOGÊNIO; CÂMBIO INTERFASCICULAR. CÂMBIO INTERFASCICULAR.

16 MERISTEMAS SECUNDÁRIOS FELOGÊNIO o súber a feloderme FELOGÊNIO – Origina-se da desdiferenciação de células do parênquima. Produz células para fora – o súber – e para dentro – a feloderme - do corpo vegetal.

17 MERISTEMAS SECUNDÁRIOS CÂMBIO INTERFASCICULAR CÂMBIO INTERFASCICULAR – Localizado mais internamente no caule e na raíz, produz novos vasos condutores de seiva à medida que o vegetal aumenta de espessura.

18 MERISTEMAS SECUNDÁRIOS

19

20 Modelo de tênis sustentável da marca holandesa OAT, pode ser plantado e dar origem a uma árvore.

21 2/4/ :24Xuxu o seu Professor!21


Carregar ppt "HISTOLOGIA VEGETAL I - Meristemas BIOLOGIA – YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google