A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão de Programas – Cap.17 Ameliara Freire Santos Karina Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão de Programas – Cap.17 Ameliara Freire Santos Karina Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão de Programas – Cap.17 Ameliara Freire Santos Karina Rodrigues

2 Agenda O que são Programas O que são Programas Gerenciamento de Programas Gerenciamento de Programas Temas do Gerenciamento de Programas Temas do Gerenciamento de Programas Ciclo de Vida do Programa Ciclo de Vida do Programa Processos do Gerenciamento de Programa Processos do Gerenciamento de Programa Considerações Considerações Referências Referências

3 O que são Programas Um Programa pode ser conceituado de Projetos que se relacionam de alguma forma e que, se tratados em modelo de Programa, tendem a trazer benefícios globais, onde se fossem gerenciados de forma individual não obteriam. [PMI 2006] Um Programa pode ser conceituado de Projetos que se relacionam de alguma forma e que, se tratados em modelo de Programa, tendem a trazer benefícios globais, onde se fossem gerenciados de forma individual não obteriam. [PMI 2006] Um Programa consiste em um conjunto de propostas específicas e inter-relacionadas (projetos ou tarefas adicionais), que em conjunto convergem para uma finalidade comum, segundo uma determinada estratégia abrangente. [IPMA] Um Programa consiste em um conjunto de propostas específicas e inter-relacionadas (projetos ou tarefas adicionais), que em conjunto convergem para uma finalidade comum, segundo uma determinada estratégia abrangente. [IPMA]

4 O que são Programas PROJ 1 PROJ 2 Programa Benefícios Projeto Benefícios Projeto Benefícios As organizações ao implantarem programas, devem garantir que estejam alinhados aos objetivos estratégicos.

5 Gerenciamento de Programas A responsabilidade essencial do gerenciamento de programas é identificar, racionalizar, monitorar e controlar as inter-dependências entre os projetos e rastrear a contribuição que cada projeto está dando para consolidar o sucesso do programa. A responsabilidade essencial do gerenciamento de programas é identificar, racionalizar, monitorar e controlar as inter-dependências entre os projetos e rastrear a contribuição que cada projeto está dando para consolidar o sucesso do programa.

6 Gerenciamento de Programas Vantagens de gerenciar através de programas: Vantagens de gerenciar através de programas:   Otimização e integração de custos, tempo e esforço   Melhor nivelamento de recursos   Integração entre as entregas dos projetos   Integração entre os benefícios intermediários alcançados pelos projetos   Mitigação dos riscos associados aos vários projetos  nterdependentes  Maior visibilidade nas alterações de escopo de projetos interdependentes

7 Gerenciamento de Programas x Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do ProjetoGerenciamento do Programa Escopo restrito e produtos específicos.Escopo mais amplo para atender às expectativas de benefícios. Gerente de projeto procura inibir as mudanças.Gerente de Programa deve esperar por mudanças e promovê-las. Sucesso relacionado às métricas de desempenho – custo, prazo, tempo e qualidade. Sucesso é medido pela entrega dos benefícios(valor do negócio). Estilo de liderança focado na entrega das tarefas. Foco de liderança na gestão de relacionamentos e conflitos para alcançar os benefícios esperados(aspectos políticos). Gerentes de projetos lideram técnicos, especialistas etc. Gerentes de Programa lideram gerentes de projetos. Foco no planejamento detalhado visando alcançar a entrega de produtos do projeto. Foco em planos de alto nível, provendo orientação aos gerentes de projeto, onde o planejamento é detalhado. Monitoram e controlam atividades responsáveis pelas entregas do produto do projeto. Monitoram os projetos e a operação continuada através da estrutura de governança. Planejado geralmente uma vez e executado.Re-planejado constantemente.

8 Temas do Gerenciamento de Programas A gestão de Programas deve abranger 3 (três) dimensões [PMI 2006] : A gestão de Programas deve abranger 3 (três) dimensões [PMI 2006] : –Gerenciamento de Benefícios –Gerenciamento de Stakeholders –Governança O foco principal de um programa é a obtenção de Benefícios que tendem estar aderentes aos objetivos estratégicos. O foco principal de um programa é a obtenção de Benefícios que tendem estar aderentes aos objetivos estratégicos.

9 Temas do Gerenciamento de Programas Gerenciamento de Benefícios Gerenciamento de Benefícios  Considerado o principal foco (para resultados) da Gestão de Programas.  Define um plano formalizado na qual a organização estabelece quais os benefícios são esperados como resultados da implementação da Gestão de Programas.  Estabelecimento de métricas e procedimentos para acompanhamento das metas.  Definição de regras e responsabilidades, planos de comunicações e de transições das fases de Programas. [ADONAI 2008]

10 Gerenciamento de Benefícios Gerenciamento de Benefícios –É divido em 02 (dois) tipos: –Benefícios Tangíveis:  Quantificáveis  Objetivos financeiros –Benefícios Intangíveis:  Não são quantificáveis (ex.: moral do empregado)  Estão ligados de alguma forma aos benefícios tangíveis. Temas do Gerenciamento de Programas

11 Gerenciamento de Stakeholders Gerenciamento de Stakeholders  Focado diretamente em organizações, empresas e indivíduos onde os resultados e interesses podem ser afetados pelos Programas.  Programas podem ser constituídos de múltiplos Projetos e até mesmo por operações, portanto, a quantidade de interessados e seus vários tipos e níveis de stakeholders podem ser muito diversificados.  Possuir um bom modelo de gestão capaz de envolver, comunicar e até mesmo influenciar os stakeholders, visando atingir as metas para o sucesso do Programa. Temas do Gerenciamento de Programas

12 Gerenciamento de Stakeholders Gerenciamento de Stakeholders –Há duas formas de influência dos Stakeholders:  Positiva –Aproveitarão os benefícios –Necessidades e expectativas –Apoiadores do projeto  Negativa –Não aproveita os resultados obtidos –Benefícios insatisfatórios –Sabotadores Temas do Gerenciamento de Programas

13 Gerenciamento de Stakeholders Gerenciamento de Stakeholders –Principais Stakeholders:  Gerente de Programa  Cliente/Usuário  Organização executora  Membros da equipe de programas  Patrocinador  Influenciadores  PMO Temas do Gerenciamento de Programas

14 Governança Governança –Consiste em estabelecer uma metodologia de Gestão de Programas, que envolva políticas, processos, procedimentos, modelos, estrutura organizacional, gestão de riscos, custos e etc. –Guia para a gestão, visando uma grande probabilidade de sucesso em busca dos objetivos traçados pela Organização. –Permite executar, monitorar e controlar todas as fases de um Programa, acompanhando os investimentos, progressos, desvios, ações e principalmente os benefícios. Temas do Gerenciamento de Programas

15 Governança Governança –Empresas que estejam estruturadas com modelos de Governança de Programas, podem possuir Comitês de Programas (Program Board), que representam os interesses da organização e demais stakeholders junto aos Gestores de Programas, podendo ou não possuir poderes de decisão.  Principais funções do Comitê de Programa: –Gerenciar as questões relativas ao programa (Qualidade, entrega de produtos, monitoramento dos benefícios, conflitos entre gerentes). –Mantido durante todo o ciclo de vida –Aprova os planos dos programas –Garantia que os recursos estarão disponíveis

16 Temas do Gerenciamento de Programas Governança Governança  O Comitê deve ser composto, no mínimo,por: –Patrocinador –Diretor do Programa –Gerente do Programa –Gerente de Projeto Para cada fim de fase existirá Portões de revisão, onde o Comitê revisará e depois informará se pode ou não passar para a próxima fase. Para cada fim de fase existirá Portões de revisão, onde o Comitê revisará e depois informará se pode ou não passar para a próxima fase.

17 Ciclos de Vida do Programa Visa garantir um controle efetivo do programa. Melhores práticas de gestão recomendam que seja dividido em várias fases ou estágios, o que irá facilitar sua governança, coordenação, nivelamento de recursos e gestão de riscos. Visa garantir um controle efetivo do programa. Melhores práticas de gestão recomendam que seja dividido em várias fases ou estágios, o que irá facilitar sua governança, coordenação, nivelamento de recursos e gestão de riscos. [PMI 2006] Fases do ciclo de vida:   Set up Pré-programa   Set up Programa   Estabelecimento da estrutura de gestão do programa   Benefícios incrementais   Encerramento

18 Fase 1: Set up Pré-Programa Fase 1: Set up Pré-Programa –Nesta fase acontece a aprovação para o programa; entrega dos benefícios esperados; alinhamento dos objetivos estratégicos da organização; explanação do por que a implantação de um programa e não de um projeto. [PMI 2006] Fase 2: Set up Programa Fase 2: Set up Programa –Nesta fase, deve-se construir um “mapa” detalhado que vai dar a direção de como o programa será gerenciado; definir seus principais produtos e como será feita a gestão e execução do programa. [PMI 2006] Ciclos de Vida do Programa

19 Fase 2: Set up Programa Fase 2: Set up Programa –Resultados Esperados:  Definição e planejamento do escopo  Definição e sequenciamento das atividades  Cronograma  Estimativa de custos e orçamentos  Riscos  Aprovação do plano de gerenciamento  Identificação preliminar de recursos e equipe do projeto Ciclos de Vida do Programa

20 Fase 3: Estabelecer estrutura de gestão do Programa Fase 3: Estabelecer estrutura de gestão do Programa –Estabelecimento de uma infra-estrutura que suporte o Programa e seus projetos; áreas de governança específicas para o programa,como processos e procedimentos; ferramentas específicas para o programa(ferramentas de monitoramento de progresso, custos, benefícios e etc) [PMI 2006]. Ciclos de Vida do Programa

21 Fase 3: Estabelecer estrutura de gestão do Programa Fase 3: Estabelecer estrutura de gestão do Programa –Resultados esperados:  Equipe do programa  Procedimentos de aprovação e reporte  Estrutura de controle para monitorar e controlar tanto o programa como os projetos as medições dos benefícios  Comunicação para suportar o programa (ferramentas e métodos). Ciclos de Vida do Programa

22 Fase 4: Benefícios Incrementais Fase 4: Benefícios Incrementais –Inicia-se os projetos do programa; –coordenar seus produtos para criar benefícios incrementais; –maior parte do trabalho do programa através de seus componentes, é iniciada; é iterativa; –pode ter duração ilimitada; atividades são repetidas tantas vezes quantas necessárias e –benefícios são atingidos cumulativamente. Ciclos de Vida do Programa

23 Fase 4: Benefícios Incrementais Fase 4: Benefícios Incrementais –Resultados Esperados:  Só termina quando os benefícios planejados para o programa são atingidos ou é tomada uma decisão para encerrar sua execução. Ciclos de Vida do Programa

24 Fase 5: Encerramento Fase 5: Encerramento –Executa um fechamento controlado do programa; desativação da organização do programa e sua infra- estrutura; transição para outros grupos. [PMI 2006] Principais atividades: Principais atividades: –Rever status dos benefícios com o patrocinador do programa ou outros stakeholders; –Prover feedback e recomendações quanto às mudanças identificadas durante a vida do Programa que possam beneficiar a organização; –Armazenar e organizar toda a documentação relacionada ao programa; –Gerenciar qualquer transição para a operação que seja necessária. Ciclos de Vida do Programa

25 Processos do Gerenciamento do Programa Os processos de gerenciamento de programa são muito similares aos processos de um projeto. A grande diferença está no tratamentos das questões a um nível mais alto. Os processos de gerenciamento de programa são muito similares aos processos de um projeto. A grande diferença está no tratamentos das questões a um nível mais alto. Envolvem menos detalhes; resolvem questões entre projetos; foco na entrega dos benefícios do programa. [Adonai 2008] Envolvem menos detalhes; resolvem questões entre projetos; foco na entrega dos benefícios do programa. [Adonai 2008] Entradas -Premissas - Restrições -Informações Históricas -Ativos de Processos Organizacionais Saídas -Lições Aprendidas - Solicitações de Informações -Documentação de Apoio

26 Processos do Gerenciamento do Programa Grupo de Processo de Iniciação Grupo de Processo de Encerramento Grupo de Processo de Planejamento Grupo de Processo de Execução Grupo de Processo de Mon. e Controle

27 Grupo de Processos de Iniciação Grupo de Processos de Iniciação –Iniciar Programa Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Declaração do escopo do programa o Critérios de seleção dos projetos o Planejamento Estratégico Saída o Requisitos de relatórios do programa o Designação do gerente de projeto o Identificação do patrocinador do projeto o Aprovações das reservas financeiras

28 Grupo de Processos de Iniciação Grupo de Processos de Iniciação –Iniciar time do Programa Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Pratica de Recrutamento o Descrição de Recursos Saída o Núcleo do time do programa designado o Gerente do Programa designado o Time do Programa

29 Grupo de Processo de Planejamento Grupo de Processo de Planejamento –construir a base do programa visando prepará-lo para uma execução eficiente –responsável por formalizar o escopo do trabalho a ser desenvolvido; entregar os benefícios esperados; orçamento; comunicação; escopo, custos, tempo, riscos associados; –planos para definir as métricas e o procedimento para monitorar a realização e o alcance dos benefícios. Processos do Gerenciamento do Programa

30 Grupo de Processos de Planejamento Grupo de Processos de Planejamento Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Plano de realização de benefícios o Declaração preliminar de escopo de programa Saída o Declaração de escopo de programa o Plano de gerenciamento de programa

31 Grupo de Processo de Execução Grupo de Processo de Execução –Direcionam a realização do esforço do programa; gerenciam custos, prazos e qualidade; –provêm informações sobre o andamento do programa; solicitações de mudança para o grupo de processos de monitoramento e controle; –garantem que os stakeholders estejam recebendo as informações solicitadas na periodicidade definida previamente. [Adonai 2008] Processos do Gerenciamento do Programa

32 Grupo de Processo de Execução Grupo de Processo de Execução Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Critérios de Avaliação o Propostas o Lista de fornecedores qualificados Saída o Contratos o Fornecedor selecionado o Atualizações no plano de gerenciamento das aquisições

33 Grupo de Processos de Monitoramento e Controle Grupo de Processos de Monitoramento e Controle –Consolidação da situação e progresso dos projetos e/ou da própria iniciativa. Permite que ações preventivas e corretivas sejam apropriadas, especialmente durante a entrega dos benefícios. [ADONAI 2008] Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Lista dos riscos identificados e priorizados o EAP do programa o Relatórios de desempenho Saída o Solicitações de Mudanças o Atualizações nos registros dos riscos

34 Grupo de Processo de Encerramento Grupo de Processo de Encerramento –Formalização da aceitação dos produtos, serviços ou benefícios. Conduzem o programa ou projeto dentro da iniciativa à conclusão. Processos do Gerenciamento do Programa Entrada o Relatórios de aceitação o Registros de desempenho do contrato o Notificações de entrega o Notificações de encerramento Saída o Documento formal de término do contrato

35 Considerações Abordagem semelhante ao gerenciamento de projetos, mas com uma visão do todo para a busca de benefícios comuns. Abordagem semelhante ao gerenciamento de projetos, mas com uma visão do todo para a busca de benefícios comuns. Assunto ainda pouco disseminado pela literatura. Assunto ainda pouco disseminado pela literatura. Grande contribuição do PMI para a disseminação do gerenciamento de programas Grande contribuição do PMI para a disseminação do gerenciamento de programas Escassez de exemplos práticos. Escassez de exemplos práticos.

36 Referências [PMI 2006] The Standard for Program Management – First Edition, 2006, Corporate Author, Project Management Institute [PMI 2006] The Standard for Program Management – First Edition, 2006, Corporate Author, Project Management Institute [ADONAI 2008] Gestão de Programas e Múltiplos Projetos – Do conceito à prática. 2008, Claudio Adonai Muto / Thais Sabbag Muto / Rafael dos Santos Lima Neves / Verônica Cunha de Araújo, Editora Brasport [ADONAI 2008] Gestão de Programas e Múltiplos Projetos – Do conceito à prática. 2008, Claudio Adonai Muto / Thais Sabbag Muto / Rafael dos Santos Lima Neves / Verônica Cunha de Araújo, Editora Brasport [PMBOK 2004] Project Managment Body of Knowledge, Third Edition. [PMBOK 2004] Project Managment Body of Knowledge, Third Edition. [OLIVEIRA 2005] Avaliação da Gestão de Programas de qualidade de vida no trabalho, 2005, Patrícia Oliveira / Ana Cristina França [OLIVEIRA 2005] Avaliação da Gestão de Programas de qualidade de vida no trabalho, 2005, Patrícia Oliveira / Ana Cristina França [EFAGUNDES 2009] Gestão de Projetos Múltiplos, Eduardo Mayer Fagundes, 2009, tm [EFAGUNDES 2009] Gestão de Projetos Múltiplos, Eduardo Mayer Fagundes, 2009, tm tm tm

37


Carregar ppt "Gestão de Programas – Cap.17 Ameliara Freire Santos Karina Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google