A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Automatização da Rede de Estações Permanentes GPS 4ª Assembleia Luso-Espanhola de Geodesia e Geofísica Figueira da Foz, Portugal 3 a 7 de Fevereiro de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Automatização da Rede de Estações Permanentes GPS 4ª Assembleia Luso-Espanhola de Geodesia e Geofísica Figueira da Foz, Portugal 3 a 7 de Fevereiro de."— Transcrição da apresentação:

1 Automatização da Rede de Estações Permanentes GPS 4ª Assembleia Luso-Espanhola de Geodesia e Geofísica Figueira da Foz, Portugal 3 a 7 de Fevereiro de 2004 Instituto Geográfico Português Departamento para a Geodesia Helena Ribeiro;Carla Martins

2 Automatização das EP GPS 2 Introdução Nº de EP GPS : 8 Leica e Trimble (CORS, 12 canais, antena Dorne Margolin) Paroscientific Met3 (Pressão;Temp.; Hum. Rel.) Programas de Controlo: Spider; TRS Linhas RDIS – modem RDIS Ficheiros: RINEX v. 2.2 (24h; 30s; 5º) Compressão: Hatanaka e winzip

3 Automatização das EP GPS 3 Objectivos da Rede de EP GPS Ficheiros diários para Euref EPN; IGS e IGP ITRF e Referencial Nacional Geocêntrico (ETRS89) Pós-processamento Geodinâmica Vigilância do nível médio do mar Futuramente Envio de dados horários para a Euref EPN Projecto VRS (Virtual Reference Station) DGPS, PDGPS

4 Automatização das EP GPS 4 Rede de Estações Permanentes GPS EP GPS 6 no Continente (3 Euref) 1 nos Açores (IGS) 1 na Madeira Critérios de localização: junto aos marégrafos (as costeiras) nos Açores, uma por grupo de ilhas cobertura do território adequada ao DGPS e ao VRS

5 Automatização das EP GPS 5  Configuração Básica: Sensor GPS (CORS, 12 canais) Antena Choke Ring com elemento Dorne Margolin Sonda Meteorológica – Met3 da Paroscientific UPS – ± 2 horas Configuração EP GPS

6 Automatização das EP GPS 6  Euref + EP Melriça Sensor GPS (Antena GPS; MET3; alimentação) Modem RDIS  Controlo Remoto Enviados dados em formato binário Senso r GPS Modem RDIS Ligação Directa Configuração Local

7 Automatização das EP GPS 7 Configuração Local  Restantes EP Sensor GPS (Antena GPS; alimentação) PC com modem RDIS (liga GPS e Met3)  Controlo Local (e remoto) Envia dados em formato RINEX PC Sensor GPS

8 Automatização das EP GPS 8 Servidor com SPIDER Cliente do SPIDER Local Antena GPS Sensor GPS Met3 Modem O controlo das EP é feito remotamente, através de licenças de Spider Server (cada licença controla 10 estações). Que comunica, via modem RDIS, com o receptor GPS. Ligações

9 Automatização das EP GPS 9 Programa de Controlo: Spider  PC com W2000  SQL Server BD  Modem RDIS (no caso do IGP)  Ligação TCP/IP (distribuição dos dados) Corre como serviço do Windows arranque automático  Depois de devidamente configurado não é necessário intervenção  A ligação aos vários sensores é estabelecida automaticamente pelo programa

10 Automatização das EP GPS 10 Programa de Controlo: Spider  Spider Servidor: Controla os receptores Descarrega os dados Verifica, compacta, arquiva e distribui os dados Monitoriza todo o Sistema  Spider Cliente: Interface gráfico que controla o Servidor

11 Automatização das EP GPS 11 Programa de Controlo: Spider  O programa averigua da qualidade dos dados obtidos das EP GPS  Monitoriza as várias ligações e a operacionalidade de todo o sistema  Gera avisos que são enviados por para o/os supervisores do sistema em caso de problema

12 Automatização das EP GPS 12 EP GPS: Nome Domes Number Coordenadas Intervalo de ligação às EP para obtenção dos dados binários Hora de Ligação a Cascais Definição das EP

13 Automatização das EP GPS 13 Dados: Ficheiros Rinex Compressão: Hatanaka Guarda no disco do Pc Envio dos ficheiros para vários ftp Gestão Automática dos Dados Contas ftp de Ponta Delgada

14 Automatização das EP GPS 14 Nº de satélites e sua distribuição, permite a verificação do registo das EP. Controlo do registo de dados

15 Automatização das EP GPS 15 Série Temporal de Cascais Mudança Spider e firmware Outubro 2003 Pela análise das séries temporais e dos soluções semanais tem-se verificado a mesma qualidade dos dados.

16 Automatização das EP GPS 16

17 Automatização das EP GPS 17 A fase de testes ainda decorre, mas o objectivo principal já foi atingido: Projectos Futuros: 1.Envio de ficheiros horários para a EPN: CASC. 2.Todas as restantes. 3.Funchal passar a ser Euref (IGS). 4.Adensar ainda + a Renep GPS. Conclusões Automatização do envio de ficheiros RINEX diários para o servidor do IGP e para a EPN

18 Automatização das EP GPS 18 Dados: ftp://ftp.igeo.pt ftp://igs.ifag.de/gpsdata


Carregar ppt "Automatização da Rede de Estações Permanentes GPS 4ª Assembleia Luso-Espanhola de Geodesia e Geofísica Figueira da Foz, Portugal 3 a 7 de Fevereiro de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google