A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A nossa Biblioteca Escola Básica 2,3 S. Lourenço - Ermesinde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A nossa Biblioteca Escola Básica 2,3 S. Lourenço - Ermesinde."— Transcrição da apresentação:

1

2 A nossa Biblioteca Escola Básica 2,3 S. Lourenço - Ermesinde

3 Biblioteca Objectivo fundamental: Catalogar e disponibilizar informação Onde estamos? As classes 8 e 9 catalogadas informaticamente, quase na totalidade. O que se segue? A catalogação da classe 0. Até final do ano Continuação da catalogação do fundo documental: monografias impressas e material audiovisual.

4 1. COMPREENDER A CDU A Classificação Decimal Universal é um esquema de classificação uniformizado e normalizado, que visa abarcar e organizar a totalidade do saber humano. Os conhecimentos dividem-se em 10 classes, que se subdividem novamente de forma decimal, do geral para o específico. O fundo documental da nossa Biblioteca está organizado tematicamente, de acordo com a Classificação Decimal Universal (CDU). Todas as publicações que dão entrada na Biblioteca são previamente analisadas do ponto de vista do seu conteúdo, a fim de se determinar o assunto que versam, para uma colocação adequada nas estantes.

5 CDU – Classificação Decimal Universal com o código cromático adoptado na nossa escola 0GENERALIDADES Castanho 1FILOSOFIA e PSICOLOGIA Lilás 2RELIGIÃO Vermelho 3CIÊNCIAS SOCIAIS Amarelo 5CIÊNCIAS EXACTAS e NATURAIS Verde 6CIÊNCIAS APLICADAS Azul 7ARTES e DESPORTOS Rosa - choque 8LÍNGUA, LINGUÍSTICA e LITERATURA Dourado 9GEOGRAFIA, BIOGRAFIA e HISTÓRIA Roxo

6 0 - GENERALIDADES Informática, Biblioteconomia, Imprensa, Dicionários, Enciclopédias. 001 Generalidades (Ciência e conhecimento). Curiosidades em geral. 004Informática. Ciência e tecnologia da informática. 01Bibliografia. Catálogos. Lista de Livros. 02 Biblioteconomia. Classificação. Indexação. Bibliotecas. Leitura. 030Enciclopédias. Obras gerais de referência. 038Dicionários Publicações juvenis.

7 . 1Filósofos de A-Z Psicologia. FILOSOFIA e PSICOLOGIA 1- FILOSOFIA e PSICOLOGIA

8 2 Generalidades. 23/28Religião Cristã. 29Ciência Religiosa; Religiões Não Cristãs. 292Mitologia Clássica. 2 - RELIGIÃO Religião e Teologia

9 30Sociologia e Sociografia em geral. 32Política. Ciência política. Políticos. 33Economia. 331 Trabalho. Emprego. Economia do trabalho. Organização do trabalho. 34Direito. Jurisprudência. Legislação. 37Educação. Ensino. Pedagogia. Formação. Tempos livres. 39Etnografia. Folclore. Usos e costumes. Feminismo. 391Moda. Vestuário. 3UEUnião Europeia/Comissão Europeia. CLASSE 3: CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia, Política, Segurança Social, Consumidor, Educação

10 50Obras de carácter geral. 502 Estudo, conservação e protecção da natureza e da vida selvagem. Ecologia. Ciências do meio ambiente. História Natural. 51Matemática. Lógica Matemática; Aritmética; Álgebra. 52Astronomia. Astrofísica. Aeronáutica. Navegação. Geodesia. 53 Física. Mecânica. 54Química. Ciências mineralógicas. Cristalografia. 57Biologia. Ciências biológicas em geral. 58 Botânica. 59 Zoologia. CLASSE 5: CIÊNCIAS EXACTAS e NATURAIS Matemática, Astronomia, Ecologia, Física, Química, Biologia

11 61Ciências médicas. Medicina. Higiene. Farmácia. Sa ú de. Alimenta ç ão. 613 Dependências: tabaco, álcool, droga. Higiene Sexual, Educação e Vida Sexual, Controlo da Natalidade, Planeamento Familiar. 62Engenharia. Tecnologia em geral. Transportes 63 Agricultura. Silvicultura. Exploração agrícola. Exploração da fauna e da flora. 64Ciência doméstica. Economia doméstica. 65Contabilidade e gestão de Empresas, Marketing e Estenografia. 67/69Indústrias e ofícios diversos. Tecnologia mecânica. CLASSE 6: CIÊNCIAS APLICADAS Medicina, Engenharias

12 7(091)Arte: Períodos, Escolas, Estilos. História da Arte. 7A/Z Artistas; Historiadores de Arte; Críticos de Arte; Coleccionadores; Antiquários. 74 Desenho. Desenho artístico. Artes aplicadas. Ofícios da arte. Artesanato. Trabalhos manuais. 75Pintura. 77Fotografia e Cinema. 78Música. Compositores de música clássica. 79 Desporto. Divertimentos públicos. Espectáculos. Cinema. Teatro. Dança. Jogos de mesa e tabuleiro. Passatempos. CLASSE 7: ARTES e DESPORTOS Arte, Pintura, Escultura, Arquitectura, Fotografia, Desporto.

13 CLASSE 8: LÍNGUA, LINGUÍSTICA e LITERATURA Língua, Linguística e Literaturas 81'3 Línguas: (fonética, ortografia, gramática, morfologia, sintaxe, semântica, lexicologia, etc.). 811(038)Línguas: dicionários 811(075) Línguas: manuais e textos auxiliares. 82-1Literatura estrangeira traduzida para português: poesia. 82-2Literatura estrangeira traduzida para português: drama Literatura estrangeira traduzida para português: prosa narrativa (histórias, aventuras e contos) 82-90Literatura em banda desenhada Literatura infanto-juvenil Literatura: Historiografia. Crónicas. Diários. Memórias. Biografias.

14 82.0(075) Literatura: Textos pedagógicos. Manuais. Textos para estudantes Literatura: Teoria, crítica, estudos e técnicas literárias de português Literatura em língua portuguesa: poesia Literatura em língua portuguesa: drama Literatura em língua portuguesa: prosa narrativa. 821(6)Literatura africana. 821(73)Literatura americana. 821(81)Literatura brasileira. 821(82)Literatura argentina Literatura inglesa.

15 90Arqueologia. Antiguidades. 908Monografias (locais e regionais). 91(03)Geografia. Obras de referência. 911Geografia geral. Geografia sistemática. Geografia teórica. 911(469)Geografia de Portugal. 912Cartas. Mapas. Plantas. Atlas. Globos. 929Biografia. Genealogia. História das Famílias. Nobreza, etc. 930Ciência da História. Ciências Auxiliares da História Cronologia histórica. 94História em geral. 94(469)História de Portugal. CLASSE 9: HISTÓRIA e GEOGRAFIA Geografia, Monografias, Cartografia, Heráldica, Biografias, História.

16 2º - MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Será assim que vamos pesquisar? Ou será melhor do modo que se segue …?

17 CLICAR em: e aparece a página da Rede Local de Bibliotecas Escolares do Porto (RBEP), onde a nossa escola se inclui. Depois é só seguir os passos indicados para a pesquisa. 1. A PARTIR DE CASA, NA ESCOLA OU NOUTRO LUGAR QUALQUER O QUE ANOTAR E COMO ENCONTRAR

18 - Após entrar no catálogo temos de escolher a opção de pesquisa. - A opção mais utilizada é a pesquisa orientada, que aparece com as seguintes variáveis: Passos para iniciar a pesquisa

19 A existência de um catálogo permitirá uma pesquisa eficaz e rápida. Será ainda mais produtivo se indicar nos registos bibliográficos outros caminhos de pesquisa.

20 Após a digitação TIPOS DE PESQUISA Clicar em enter A Pesquisa pode ser feita através de listas ordenadas de: Títulos, Autores, Assuntos, Cotas, CDU, ISBN, etc. O sistema assume a chave de pesquisa com os termos na ordem digitada. O uso de maiúsculas e minúsculas é irrelevante.

21 a) TÍTULOS Digite o título tão completo quanto souber, ou as primeiras letras … b) AUTORES Digite primeiro o apelido, seguido do(s) restante(s) nome(s). Ex.: “Namora, Fernando”. c) ASSUNTOS Digite o termo que designa o conceito mais importante do seu assunto. Ex.: "Pintura". Surgirá uma lista estruturada de assuntos começados por "Pintura" e com outros elementos subordinados (aspectos temáticos, geográficos, cronológicos).

22 d) COTAS Digite a Cota tão completa quanto souber, ou as iniciais alfabéticas, para obter o índice de uma cota. Ex.: “82-3 QUE/REL”. e) CDU Digite a notação tão completa quanto souber, ou os primeiros dígitos da classe pretendida, para obter o índice CDU dessa classe. Ex.: “821" ou “82" ou “8". f) ISBN Digite o respectivo ISBN e aparecer-lhe-á a obra que realmente deseja. g) PALAVRA Digite uma simples palavra.

23 Se desejar pode refinar a pesquisa Use para esse efeito os operadores booleanos: E, OU, ou NÃO Para reduzir a pesquisa use: E ou NÃO. Para alargar a pesquisa use: OU

24 Explicitando:  E Combina palavras. Os resultados mostrarão documentos que contêm ambas as palavras-chave introduzidas. Ex.. Praia E Aventura.  NÃO Este operador exclui palavras da pesquisa. Ex.: Praia NÃO Aventura. Os resultados mostrarão documentos que contêm a palavra “Praia”, mas não a palavra “Aventura”. NOTA: Os resultados de uma pesquisa booleana são também organizados pelo número de vezes que as palavras aparecem em cada documento, dando prioridade àqueles em que estas aparecem no título.

25  OU A pesquisa torna-se menos limitada. Encontrará documentos que contêm um termo, o outro ou ambos. Ou seja, o motor de pesquisa fica "satisfeito" com documentos que incluem uma das palavras introduzidas. Ex.: Praia OU Aventura. Encontrará documentos que incluem " Praia " e/ou " Aventura ". Dominada a técnica booleana de pesquisa, podem efectuar-se pesquisas muito avançadas, utilizando combinações dos vários operadores. Por exemplo: Praia E Aventura NÃO Magalhães. Esta pesquisa terá como resultado documentos que incluem as palavras “Praia" e “Aventura", mas que não incluem a palavra “Magalhães". Nota: Os operadores booleanos têm de ser introduzidos em MAIÚSCULAS.

26 Feita a pesquisa, deve anotar o título do documento seleccionado e a sua cota. Dirigir-se à estante e retirar o documento a consultar.

27 INTERPRETANDO A COTA DO LIVRO ASSUNTO (CDU- Classificação decimal universal) AGU/TRO 3 letras iniciais maiúsculas do apelido do autor 3 letras iniciais maiúsculas do título da obra PROCURAR: 1º - ORDEM NUMÉRICA (ASSUNTO) 2º - ORDEM ALFABÉTICA (AUTOR) (apelido do autor - 3 letras iniciais em maiúsculas) 3º - ORDEM ALFABÉTICA (TÍTULO ) (nome da obra - 3 letras iniciais em maiúsculas) AGU/TRO A COTA FUNCIONA COMO A MORADA DO LIVRO

28 COMO LOCALIZAR O LIVRO NA ESTANTE Os livros estão dispostos nas estantes por ordem numérica crescente (correspondente ao assunto). Disposição: da esquerda para direita; de cima para baixo. ATENÇÃO As estante estão sinalizadas.

29  O ACESSO AO FUNDO DOCUMENTAL É LIVRE.  O UTILIZADOR PROCURA NAS ESTANTES O MATERIAL DO SEU INTERESSE, ESTANDO ATENTO À SINALIZAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DIFERENCIADAS.  QUANTO AO MATERIAL DE PROJECÇÃO E VÍDEO, REGISTOS SONOROS E MUSICAIS, MULTIMÉDIA E JOGOS MANIPULÁVEIS, DEVE DIRIGIR-SE AO BALCÃO DE ATENDIMENTO E SOLICITAR O QUE DESEJA. E …

30 3º - ORIENTAÇÕES Manter a Biblioteca limpa faz parte da nossa educação. Seja amigo do livro! A Biblioteca é de, e para toda a comunidade escolar. Após a consulta, deixe o livro no balcão de atendimento. Não o recoloque na estante. Um livro mal colocado é um livro perdido. Proceda da mesma forma com todos os documentos utilizados.

31 Evite expor os livros ao sol. Vire as páginas pelo meio, sem molhar os dedos. Os livros não devem ser riscados ou verem as suas páginas arrancadas. Use marcadores de livros, evitando as “orelhas” e as marcas de “clipes” nas páginas.

32 Pensar … reflectir … sonhar “Um livro é um tapete mágico que, num abrir e fechar de olhos, te leva aos confins da Terra.” Isabel Dacosta “Somos a única espécie no planeta que inventou uma memória comunal não alojada nem nos genes nem no cérebro. O armazém dessa memória chama-se biblioteca.” Carl Sagan

33 E quase a concluir … Qual é a solução desta adivinha? Sou de longe, de longe venho, não sou feio nem bonito. Tudo quanto tenho dou, com tudo o que tenho fico.

34 EU SOU...

35 A Biblioteca espera-vos … Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem. Mario Quintana


Carregar ppt "A nossa Biblioteca Escola Básica 2,3 S. Lourenço - Ermesinde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google