A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Origens do Espiritismo no Brasil Centro Espírita Amor e Sabedoria Por Virginia Pontelo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Origens do Espiritismo no Brasil Centro Espírita Amor e Sabedoria Por Virginia Pontelo."— Transcrição da apresentação:

1 As Origens do Espiritismo no Brasil Centro Espírita Amor e Sabedoria Por Virginia Pontelo

2 Espiritismo  Doutrina que surgiu na França no séc XIX Postulados:  Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas  Imortalidade da alma  Comunicação com os desencarnados  Reencarnação

3 Surgimento  Base Cristã  Codificada por Allan Kardec  Na Europa

4 A Doutrina As verdades da Doutrina Espírita se fundamentam em bases filosóficas, são demonstradas de forma científica e se desdobram em conseqüências religiosas.

5 Brasil  Séc XIX – Chegada da família real portuguesa  Aproximação da Europa ao Brasil  Artistas, pensadores e cientistas  Independência – movimentos artísticos e literários definindo nossa voz  Elementos nacionais exaltados, nossas cores, cheiros, exotismo, através do romantismo reinante.

6 Brasil  Primeiro herói – o índio  Segundo momento – política abolicionista: o negro  Nativismo como ideologia – necessidade de cantar o Brasil para afirmá-lo perante o mundo  O amor à Terra – O Brasil da manga, do guarani dos sabiás das palmeiras

7 Brasil  1870 – Surgem as questões sociais  Conceito de raça – Miscigenação  Liberalismo, evolucionismo, positivismo se contrapondo com o escravagismo Adequação Nossos primeiros bacharéis foram grandes responsáveis por esta adaptação

8 Brasil  Vida cultural melhora, instrução cresce. Chamado final do século :  Ciência é a grande guardiã  Positivismo vence todos os debates  Abolicionismo é uma necessidade  República, sistema mais racional de governo  Lutas ideológicas e políticas  Guerra do Paraguai – “Será que meu filho morreu?”

9 o Quando o sol baixava o sinhozinho ia para a senzala buscar reza ou quebranto o Familiares queriam notícias de seus parentes que estavam no campo de batalhas o Consultas à magia e curandeirismo

10  Sonâmbulos davam consultas pagas  Segmentos populares e escravos eram possuidores da magia  A elite começava a temer seus poderes  O Espiritismo teria aceitação fácil como forma de defesa dos “Senhores”

11 Espiritualismo no Brasil  Neo Espiritualismo / Espiritismo  1849 – Bahia – Mata de São João: teriam sido registradas as primeiras manifestações  Junho e Julho 1853 – jornais brasileiros noticiando “As mesas girantes”

12 Espiritualismo no Brasil  12 de Agosto/53 – Dr Cesário afirma ter conseguido respostas inteligentes das mesas – Jornal do Comércio (Rio)  Maio de 54 – J. Cearense - a possibilidade de evocar espíritos pelas mesas, através de um “iluminado”, médium  Dezembro de 54 – Kardec se inicia na fenomenologia. (57 Livro dos Espíritos)

13 1860  Obras espíritas chegam ao Brasil  Rio de Janeiro – “Roda do Courier du Brésil” – jornal anticlerical e de oposição a Napolião III  Bahia – Luiz Olímpio Teles de Menezes decide apresentar a Doutrina para a sociedade

14 Depois de cinco anos de contato, estudo e propaganda da Doutrina, às 22h30min do dia 17 de setembro de 1865, realizava-se em Salvador, a primeira sessão espírita do Brasil, sob a direção de Luiz Olímpio. Neste mesmo ano, Teles funda o primeiro Centro Espírita Brasileiro: Grupo Familiar do Espiritismo 1866 – lança o opúsculo “O Espiritismo” (págs traduzidas do Livro dos Espíritos)

15  Clero entra em luta  D. Manuel Joaquim da Silveira lança a pastoral: “Os erros perniciosos do Espiritismo”  Teles de Menezes responde em carta aberta ressaltando os erros do Arcebispo ao analisar a Doutrina  São lançados mais dois livros espíritas em São Paulo

16  Jornais contrários  Teles de Menezes lança o primeiro órgão da imprensa espírita o “Écho d’além túmulo”  Uma das polêmicas lançadas no “Diário da Bahia” chegou às mãos de Kardec, que teceu elogios aos espíritas brasileiros na revista “Revue Espirite”

17 Rio de Janeiro  Debate republicanista  O Espiritismo foi simpático às causas progressistas no país Orientação da Doutrina de igualdade e liberdade. Amar ao próximo como a si mesmo

18  1873 – Primeira comunidade de orientação espírita da corte: “Sociedade de Estudos espiríticos-Grupo Confúcio” Sem caridade não há salvação e sem caridade não há verdadeiro espírita Os trabalhos eram conduzidos por Antônio da Silva Neto e Francisco Leite Bittencourt.  Usavam para a cura, homeopatia e passes magnéticos (curandeirismo)

19 Livro dos Espíritos  1875 – a livraria Garnier edita o primeiro exemplar do livro, traduzido por Fortúnio.  Neste mesmo ano, mesmo sendo muito criticado, Garnier edita as outras obras espíritas  O Espiritismo ganha intensa visibilidade nacional

20  Com a tradução das obras e o passar do tempo, a população se apropriou do conteúdo como mais uma carta em sua manga. O pajé e o pai de santo, tornar-se-iam médiuns espíritas, com mais poder e prestígio.  Com isso criou-se a dicotomia, o espiritismo popular e o das elites.

21 Unificação  Fotógrafo Antônio Elias da Silva lança “O Reformador” em Janeiro de 1883, até hoje é editada.  Juntamente com companheiros de ideal fundam a “Federação Espírita Brasileira” em 31 de dezembro do mesmo ano.

22  Havia outra guerra estabelecida: ciência ou religião?  O Espiritismo enfraqueceu, quase desmoronou  Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, assume a presidência da FEB Unificação

23 Orientação pelo Evangelho  Para o médico cearense, devia-se respeitar, estudar e praticar todos os aspectos da Doutrina, mas a religião deveria ser o elo mais forte na cadeia dos princípios espíritas.  Instituiu a orientação pelo Evangelho,  Tudo isso só foi possível pelo peso que sua figura representava

24 Brasil, referência  No Brasil o espiritismo se consolidou e até hoje é referência mundial, por causa do fator religioso ter prevalecido aos outros, apesar de manter o tríplice aspecto.  Em suma, nosso “apego” à religião foi essencial para que Bezerra de Menezes tomasse a decisão que orienta os rumos do espiritismo no Brasil até hoje.

25  Se a parte científica é importante para as tentativas de comprovar a realidade do lado de lá  O lado filosófico-religioso é essencial na tentativa de manter a humanidade de pé, lançando as bases de um futuro otimista, onde os homens deveriam aprender a “amar uns aos outros”  Para o espiritismo concretizar isso, só o tempo, a experiência e a vontade humana dirão.

26 Referências  As origens do espiritismo no Brasil, razão, cultura e resistência no início de uma experiência – Paulo César da Conceição Fernandes s/FERNANDES_Paulo_Cesar_da_Conceicao_tit_Orige ns_do_Espiritismo_no_Brasil-As.pdf


Carregar ppt "As Origens do Espiritismo no Brasil Centro Espírita Amor e Sabedoria Por Virginia Pontelo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google