A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESUMO DA REUNIÃO DA ANASTRA E DO COMITÊ OLIMPÍCO EM ARACAJU/SE 29 A 31/05/2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESUMO DA REUNIÃO DA ANASTRA E DO COMITÊ OLIMPÍCO EM ARACAJU/SE 29 A 31/05/2009."— Transcrição da apresentação:

1 RESUMO DA REUNIÃO DA ANASTRA E DO COMITÊ OLIMPÍCO EM ARACAJU/SE 29 A 31/05/2009

2 A Diretoria da Anastra, o Comitê Olímpico, membros de associações regionais de TRTs e líderes sindicais do judiciário reuniram-se nos dias 29 a 31 de maio, em Aracaju (SE) - sede da VIII Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho. A Diretoria da Anastra, o Comitê Olímpico, membros de associações regionais de TRTs e líderes sindicais do judiciário reuniram-se nos dias 29 a 31 de maio, em Aracaju (SE) - sede da VIII Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho.

3 No encontro foi discutido o regulamento No encontro foi discutido o regulamento dos jogos, foram visitados os possíveis locais de realização das provas e a estrutura hoteleira da cidade. Na mesma ocasião, em assembléia geral, foi analisado e aprovado o relatório do Conselho Fiscal. Na mesma ocasião, em assembléia geral, foi analisado e aprovado o relatório do Conselho Fiscal.

4 APRESENTAÇÃO DO REGULAMENTO DA PRÓXIMA OLIMPIADA. Registramos a presença de representantes dos estados do Amazonas, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Espírito Santo, Minas Gerais e Brasília. Registramos a presença de representantes dos estados do Amazonas, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Espírito Santo, Minas Gerais e Brasília. Desde o princípio fomos informados que o regulamento não traria grandes alterações em relação ao anterior; as principais mudanças seriam em relação a sua forma, onde seria excluído o detalhamento excessivo constante em algumas modalidades, passando-se a informar que as disputas ocorrerão de acordo com as regras oficiais. Outras mudanças, também de pequeno porte, foram relativas à redação dos artigos. Desde o princípio fomos informados que o regulamento não traria grandes alterações em relação ao anterior; as principais mudanças seriam em relação a sua forma, onde seria excluído o detalhamento excessivo constante em algumas modalidades, passando-se a informar que as disputas ocorrerão de acordo com as regras oficiais. Outras mudanças, também de pequeno porte, foram relativas à redação dos artigos. As principais mudanças que merecem registro específico e análise mais apurada são as que seguem: As principais mudanças que merecem registro específico e análise mais apurada são as que seguem:

5 BASQUETE: o placar, em caso de W x 0, passa a ser de 2 x 0; anteriormente era de 1 x 0 (essa mudança pode ter influência em casos de apuração para desempate). BASQUETE: o placar, em caso de W x 0, passa a ser de 2 x 0; anteriormente era de 1 x 0 (essa mudança pode ter influência em casos de apuração para desempate). FUTEVÔLEI e VÔLEI DE PRAIA: As disputas dessas duas modalidades passarão a ocorrer sobre o sistema de eliminação dupla, o mesmo adotado nas disputas do Circuito Nacional; nessa forma de disputa uma equipe que venha a perder o seu jogo passará para um grupo de repescagem, portanto com condições de recuperar-se e de até chegar à disputa do 1º lugar. FUTEVÔLEI e VÔLEI DE PRAIA: As disputas dessas duas modalidades passarão a ocorrer sobre o sistema de eliminação dupla, o mesmo adotado nas disputas do Circuito Nacional; nessa forma de disputa uma equipe que venha a perder o seu jogo passará para um grupo de repescagem, portanto com condições de recuperar-se e de até chegar à disputa do 1º lugar. COMPETIÇÃO DE TIRO: Nesta modalidade foi acatado o pleito conjunto do Maranhão/Ceará, solicitando que a disputa fosse separada entre masculino e feminino; portanto já a partir da próxima olimpíada a modalidade TIRO será disputada separadamente entre atletas do sexo masculino e atletas do sexo feminino. COMPETIÇÃO DE TIRO: Nesta modalidade foi acatado o pleito conjunto do Maranhão/Ceará, solicitando que a disputa fosse separada entre masculino e feminino; portanto já a partir da próxima olimpíada a modalidade TIRO será disputada separadamente entre atletas do sexo masculino e atletas do sexo feminino. COMPETIÇÃO DE XADREZ: Atualmente essa modalidade premia por equipe; os representantes GRUDE6 e do Estado de Amazonas apresentaram proposta para que a premiação passe a ser individual, contemplando efetivamente o desempenho do atleta. COMPETIÇÃO DE XADREZ: Atualmente essa modalidade premia por equipe; os representantes GRUDE6 e do Estado de Amazonas apresentaram proposta para que a premiação passe a ser individual, contemplando efetivamente o desempenho do atleta.

6 A principal alteração ocorreu em relação às faixas etárias em algumas competições das modalidades do atletismo e da natação; baseando-se na estatística da última olimpíada, o Comitê Olímpico da Anastra, decidiu implantar, de forma provisória, para a próxima olimpíada, novas faixas etárias: A principal alteração ocorreu em relação às faixas etárias em algumas competições das modalidades do atletismo e da natação; baseando-se na estatística da última olimpíada, o Comitê Olímpico da Anastra, decidiu implantar, de forma provisória, para a próxima olimpíada, novas faixas etárias: FAIXA 01 – até 35 anos. FAIXA 01 – até 35 anos. FAIXA 02 – 36 até 46 anos. FAIXA 02 – 36 até 46 anos. FAIXA 03 – 47 anos acima. FAIXA 03 – 47 anos acima. Segundo informação do Comitê, este ano não foram contempladas outras faixas porque, conforme levantamento estatístico da olimpíada de Fortaleza, a implantação de outras faixas poderia provocar esvaziamento em algumas provas. Visando a elaboração de um estudo mais detalhado e ao aperfeiçoamento das faixas etárias para a olimpíada do próximo ano, será obrigatória a informação da idade na ficha de inscrição. Segundo informação do Comitê, este ano não foram contempladas outras faixas porque, conforme levantamento estatístico da olimpíada de Fortaleza, a implantação de outras faixas poderia provocar esvaziamento em algumas provas. Visando a elaboração de um estudo mais detalhado e ao aperfeiçoamento das faixas etárias para a olimpíada do próximo ano, será obrigatória a informação da idade na ficha de inscrição.

7 FAIXAS ETÁRIAS - ATLETISMO Parágrafo Primeiro - As provas de 1500m e 3000m, masculino e feminino, será dividida por faixa etária da seguinte forma: I. Até 35 (trinta e cinco) anos, completos no ano da competição; II. De 36 (trinta e seis) a 46 (quarenta e seis) anos, completos no ano da competição, denominada MASTER; III. De 47 (quarenta e sete) anos acima, completos no ano da competição, denominada SENIOR; Parágrafo Segundo – Fica facultado ao integrante das categorias superiores participarem das categorias inferiores;

8 FAIXAS ETÁRIAS - NATAÇÃO Parágrafo Segundo - A prova de 50m livre e 50m peito, masculina e feminina, será dividida por faixa etária da seguinte forma: I. Até 35 (trinta e cinco) anos, completos no ano da competição; II. De 36 (trinta e seis) a 46 (quarenta e seis) anos, completos no ano da competição, denominada MASTER; III. De 47 (quarenta e sete) anos acima, completos no ano da competição, denominada SENIOR; Parágrafo Terceiro – Fica facultado ao integrante das categorias superiores participarem das categorias inferiores;

9 Em relação a essas modalidades questionamos a implantação do BALIZAMENTO PRÉVIO; a alegação para sua não implantação seria a possibilidade de inscrição na hora e no próprio local da prova. Em relação a essas modalidades questionamos a implantação do BALIZAMENTO PRÉVIO; a alegação para sua não implantação seria a possibilidade de inscrição na hora e no próprio local da prova. Argumentamos que o balizamento prévio não seria impedimento para inscrições e/ou substituições in loco, porém, certamente, reduziriam esse processo a situações pontuais e, portanto, seria atingido o objetivo de tornar mais ágil a organização/realização dessas competições. Argumentamos que o balizamento prévio não seria impedimento para inscrições e/ou substituições in loco, porém, certamente, reduziriam esse processo a situações pontuais e, portanto, seria atingido o objetivo de tornar mais ágil a organização/realização dessas competições.

10 RESPOSTA DO COMITÊ OLÍMPICO A SUGESTÕES APRESENTADAS PELO GRUDE6: RESPOSTA DO COMITÊ OLÍMPICO A SUGESTÕES APRESENTADAS PELO GRUDE6: Prezados Senhores, Prezados Senhores, Após analisar as sugestões oferecidas, apresentamos as nossas considerações. ATLETISMO E NATAÇÃO Temos que o balizamento prévio é uma boa ideia. No entanto, não precisa, necessariamente, constar no regulamento. Certamente, num momento mais próximo da competição, solicitaremos das delegações as informações para o caso, que positivamente facilitará nas chamadas para as provas. Ressaltamos, apenas, que essa inscrição prévia não impedirá a substituição dos atletas no momento oportuno. XADREZ No momento, o Comitê Olímpico prefere manter o atual disciplinamento de apenas premiar a equipe campeã. Acreditamos que a premiação individual pode, de alguma forma, esvaziar a competição por equipe, onde uma delegação poderá inscrever apenas um atleta com o caráter estritamente individualista. Atenciosamente, Comitê Olímpico

11 VISITAS AOS PROVÁVEIS LOCAIS DAS COMPETIÇÕES Foram visitados os locais que já estão definidos para as disputas das competições de: CICLISMO – Kartódromo de Aracaju (Orla de Atalaia). CICLISMO – Kartódromo de Aracaju (Orla de Atalaia). FUTSAL e HANDEBOL – Quadra do SESI, tamanho oficial 22 x 42. FUTSAL e HANDEBOL – Quadra do SESI, tamanho oficial 22 x 42. NATAÇÃO – Complexo Batistão (Parque Aquático Zé Peixe). NATAÇÃO – Complexo Batistão (Parque Aquático Zé Peixe). TÊNIS DE QUADRA – Federação de Tênis de Sergipe (Orla de Atalaia) TÊNIS DE QUADRA – Federação de Tênis de Sergipe (Orla de Atalaia) TÊNIS DE MESA – Federação de Tênis de Mesa de Sergipe. TÊNIS DE MESA – Federação de Tênis de Mesa de Sergipe. Estão praticamente definidos, com remotíssimas possibilidades de alteração, os locais onde serão disputadas as competições de: ATLETISMO - UNIT (Universidade Tiradentes), pista de asfalto; existe uma remota possibilidade de ocorrer na Universidade Federal de Sergipe, pista de saibro (atualmente em péssimas condições, não existe mais saibro, só areia, porém o governo estadual compromete-se em recuperá-la até a época da Olimpíada; têm o inconveniente de ser muito distante dos prováveis locais de hospedagem e das demais competições). ATLETISMO - UNIT (Universidade Tiradentes), pista de asfalto; existe uma remota possibilidade de ocorrer na Universidade Federal de Sergipe, pista de saibro (atualmente em péssimas condições, não existe mais saibro, só areia, porém o governo estadual compromete-se em recuperá-la até a época da Olimpíada; têm o inconveniente de ser muito distante dos prováveis locais de hospedagem e das demais competições). BASQUETE e VOLEIBOL – Complexo Batistão (Centro Constâncio Oliveira), quadra de taco, tamanho oficial; existe a possibilidade de ser agregada a Quadra do SESC como forma de possibilitar disputas simultâneas. BASQUETE e VOLEIBOL – Complexo Batistão (Centro Constâncio Oliveira), quadra de taco, tamanho oficial; existe a possibilidade de ser agregada a Quadra do SESC como forma de possibilitar disputas simultâneas. FUTVÔLEI e VÔLEI DE PRAIA – Clube da Caixa. FUTVÔLEI e VÔLEI DE PRAIA – Clube da Caixa. TIRO – Praticamente definido o local de competição nas instalações da Petrobrás; é o local utilizado para exames e treinos do pessoal da Polícia Federal. TIRO – Praticamente definido o local de competição nas instalações da Petrobrás; é o local utilizado para exames e treinos do pessoal da Polícia Federal.

12 Encontra-se indefinido o local de disputa do FUTEBOL SOÇAITE; a primeira intenção é conseguir um campo oficial e utilizar as suas duas partes, semelhante ao que ocorreu em Fortaleza. Caso não seja possível, serão utilizados os campos do Clube da Caixa e da AABB; sendo que, em qualquer caso, as disputas dos 1º, 2º e 3º colocados ocorrerão em um campo de society na Orla de Atalaia, localizado bem em frente aos hotéis. Encontra-se indefinido o local de disputa do FUTEBOL SOÇAITE; a primeira intenção é conseguir um campo oficial e utilizar as suas duas partes, semelhante ao que ocorreu em Fortaleza. Caso não seja possível, serão utilizados os campos do Clube da Caixa e da AABB; sendo que, em qualquer caso, as disputas dos 1º, 2º e 3º colocados ocorrerão em um campo de society na Orla de Atalaia, localizado bem em frente aos hotéis. Em relação às demais competições (DAMAS, DOMINÓ, XADREZ, PESCA, FUTEBOL DE MESA,...), não visitamos os prováveis locais onde serão disputados, nem foram divulgadas maiores informações sobre os mesmos. Em relação às demais competições (DAMAS, DOMINÓ, XADREZ, PESCA, FUTEBOL DE MESA,...), não visitamos os prováveis locais onde serão disputados, nem foram divulgadas maiores informações sobre os mesmos.

13 ATLETISMO: UNIT

14 BASQUETE e VOLEIBOL: Batistão CICLISCO: Kartódromo

15 FUTSAL e HANDEBOL: Quadra do SESI FUTVÔLEI e VÔLEI DE PRAIA: Clube da Caixa

16 FUTEBOL SOCIETY: AABB e Orla

17 NATAÇÃO:

18 TÊNIS DE CAMPO: Fed.Tênis de Sergipe TÊNIS DE MESA: Fed.Tênis de Mesa

19 ASSEMBLÉIA GERAL DA ANASTRA. A Assembléia Geral da Anastra ocorreu sem maiores novidades; foi conduzida pelos membros do Conselho Fiscal que discorreram sobre a forma de funcionamento da Anastra, sobre a regularidade das operações fiscalizadas sob a forma de amostragem e um elenco de sugestões relativo à forma e procedimentos que devem ser adotados pela diretoria visando dar maior segurança e transparência a execução das operações. A Assembléia Geral da Anastra ocorreu sem maiores novidades; foi conduzida pelos membros do Conselho Fiscal que discorreram sobre a forma de funcionamento da Anastra, sobre a regularidade das operações fiscalizadas sob a forma de amostragem e um elenco de sugestões relativo à forma e procedimentos que devem ser adotados pela diretoria visando dar maior segurança e transparência a execução das operações. COMENTÁRIOS SOBRE A PRESTAÇÃO DE CONTAS DA OLIMPÍADA DE FORTALEZA. Os membros do Conselho Fiscal fizeram uma rápida abordagem sobre a prestação de contas relativa à olimpíada de Fortaleza; opinaram sobre a regularidade das contas e informaram que os maiores custos foram os relativos à arbitragem e alimentação, esta última contribuindo decisivamente para o déficit de R$7.000,00 resultante na apuração do resultado financeiro. Os membros do Conselho Fiscal fizeram uma rápida abordagem sobre a prestação de contas relativa à olimpíada de Fortaleza; opinaram sobre a regularidade das contas e informaram que os maiores custos foram os relativos à arbitragem e alimentação, esta última contribuindo decisivamente para o déficit de R$7.000,00 resultante na apuração do resultado financeiro. Nesse aspecto a olimpíada de Aracaju deverá apresentar um custo bem inferior a todas as anteriores; em primeiro lugar porque o Comitê local vem buscando ao máximo parcerias visando evitar custo com a locação de locais para realização das competições, grande parte das disputas ocorrerá em locais cedidos pelo poder público e através de parcerias com clubes e associações; o elevado custo com as arbitragens, provavelmente será pago pelo Ministério dos Esportes e, por fim, está sendo estudada a possibilidade de ser abolida das olimpíadas o fornecimento de refeições; para tanto está sendo estudada à possibilidade de formalização de convênios com alguns restaurantes que concederiam descontos aos atletas participantes. Nesse aspecto a olimpíada de Aracaju deverá apresentar um custo bem inferior a todas as anteriores; em primeiro lugar porque o Comitê local vem buscando ao máximo parcerias visando evitar custo com a locação de locais para realização das competições, grande parte das disputas ocorrerá em locais cedidos pelo poder público e através de parcerias com clubes e associações; o elevado custo com as arbitragens, provavelmente será pago pelo Ministério dos Esportes e, por fim, está sendo estudada a possibilidade de ser abolida das olimpíadas o fornecimento de refeições; para tanto está sendo estudada à possibilidade de formalização de convênios com alguns restaurantes que concederiam descontos aos atletas participantes.

20 COLEPRECOR O Comitê Olímpico comunicou, ainda, que na reunião do COLEPRECOR (Colégio de Presidentes e Corregedores de TRTs) – que estava acontecendo naquele momento em Brasília, a Desembargadora Presidente do TRT6 Drª Eneida Melo apresentou sugestão do GRUDE6 referente à inclusão da Olimpíada Nacional no calendário da Justiça do Trabalho, com grande receptividade por parte dos presentes. O Comitê teceu elogios à iniciativa, interesse e desenvoltura do Grupo. O Comitê Olímpico comunicou, ainda, que na reunião do COLEPRECOR (Colégio de Presidentes e Corregedores de TRTs) – que estava acontecendo naquele momento em Brasília, a Desembargadora Presidente do TRT6 Drª Eneida Melo apresentou sugestão do GRUDE6 referente à inclusão da Olimpíada Nacional no calendário da Justiça do Trabalho, com grande receptividade por parte dos presentes. O Comitê teceu elogios à iniciativa, interesse e desenvoltura do Grupo.

21 RESENHA DO REQUERIMENTO GRUDE6 Na visita do GRUDE6 à Presidência em 04 de maio de 2009 foi apresentado documento à Desembargadora Presidente Dra.Eneida Melo (Prot-TRT-6971/2009), que conteve, dentre outros, a seguinte solicitação: [...] “ II – solicitar, junto ao COLEPRECOR, a inclusão do per í odo da Olimp í ada Nacional no calend á rio oficial da Justi ç a do Trabalho. ” Bastante solícita às propostas do GRUDE6, Dr ª Eneida Melo prontificou-se a levar a sugestão à reunião do COLEPRECOR que aconteceria no final daquele mês, e, para tanto, solicitou ao Grupo a elabora ç ão de justificativas para serem apresentadas no referido encontro. Durante reunião do COLEPRECOR, obtivemos informa ç ão do Secretário-Geral da Presidência que foi unânime a aceitação pelos Presidentes da sugestão de inclusão da Olimp í ada Nacional no calend á rio da Justi ç a do Trabalho. Concordaram com as justificativas apresentadas por Drª Eneida, demonstraram bastante motivados quanto à aprova ç ão da questão e decidiram que, perante os Regionais, iriam baixar Resolu ç ão Administrativa incentivando a pr á tica dos esportes e para que não sejam designadas correi ç ões regionais para o per í odo das Olimp í adas. Irão, conjuntamente, submeter a questão ao crivo do TST a fim de incluir uma semana do mês de novembro para a realiza ç ão das Olimp í adas e solicitar, tamb é m, que não sejam realizadas as correi ç ões nacionais no per í odo. Segundo Dra. Eneida, todos ficaram bastante entusiasmados com a proposta sugerida e que a encampariam.

22 HOSPEDAGEM HOSPEDAGEM Em relação à hospedagem não ocorreu um maior detalhamento da proposta; a informação que foi repassada é de que foram mantidos contatos com 14 (quatorze) hotéis que são adequados em termos de padrão/localização; porém o pessoal da ANASTRA considerou os preços elevados, o que foi referendado pelos representantes de Sergipe (realmente o preço das diárias nos hotéis em Aracaju são caros). Em relação à hospedagem não ocorreu um maior detalhamento da proposta; a informação que foi repassada é de que foram mantidos contatos com 14 (quatorze) hotéis que são adequados em termos de padrão/localização; porém o pessoal da ANASTRA considerou os preços elevados, o que foi referendado pelos representantes de Sergipe (realmente o preço das diárias nos hotéis em Aracaju são caros). Diante do exposto, no dia 01/06, transmitimos mensagem a um dos integrantes do Comitê local, solicitando-lhe o fornecimento da relação dos 14 (quatorze) hotéis, preferencialmente ordenados pelo valor da tarifa. Diante do exposto, no dia 01/06, transmitimos mensagem a um dos integrantes do Comitê local, solicitando-lhe o fornecimento da relação dos 14 (quatorze) hotéis, preferencialmente ordenados pelo valor da tarifa. Ainda em Aracaju efetuamos visita a 03 (três) hotéis, deparando-nos com diárias acima da nossa expectativa e, surpreendendo-nos com a os representantes do Maranhão e Minas Gerais que já haviam efetuado bloqueio em 02 (dois) dos hotéis visitados; apesar dessa situação encaminhamos para diversos hotéis e agências de turismos solicitando-lhes a apresentação de proposta para acomodação dos integrantes da nossa delegação em apartamentos triplos. Ainda em Aracaju efetuamos visita a 03 (três) hotéis, deparando-nos com diárias acima da nossa expectativa e, surpreendendo-nos com a os representantes do Maranhão e Minas Gerais que já haviam efetuado bloqueio em 02 (dois) dos hotéis visitados; apesar dessa situação encaminhamos para diversos hotéis e agências de turismos solicitando-lhes a apresentação de proposta para acomodação dos integrantes da nossa delegação em apartamentos triplos. No momento oportuno, quando dispusermos das informações necessárias, trataremos o assunto com maiores detalhes. No momento oportuno, quando dispusermos das informações necessárias, trataremos o assunto com maiores detalhes.

23 ALIMENTAÇÃO ALIMENTAÇÃO Um outro ponto abordado pelo Comitê consistiu na alimentação oferecida às delegações. Considerando a baixa adesão dos atletas à refeição oferecida pelos Organizadores – que representou significativo dispêndio na última olimpíada, e considerando, ainda, que durante a semana dos Jogos os servidores permanecem percebendo o auxílio alimentação junto a seus Regionais, o Comitê Olímpico comunica que será firmada parceria com restaurantes e lanchonetes próximos aos locais de competições a fim de concederem descontos aos atletas e demais participantes da VIII ONJT.

24


Carregar ppt "RESUMO DA REUNIÃO DA ANASTRA E DO COMITÊ OLIMPÍCO EM ARACAJU/SE 29 A 31/05/2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google