A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VERBOS. Significação  Quanto ao significado, o verbo é uma palavra que comunica: 1.Uma ação: Cláudio plantou uma árvore. 2.Um estado: Ele está feliz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VERBOS. Significação  Quanto ao significado, o verbo é uma palavra que comunica: 1.Uma ação: Cláudio plantou uma árvore. 2.Um estado: Ele está feliz."— Transcrição da apresentação:

1 VERBOS

2 Significação  Quanto ao significado, o verbo é uma palavra que comunica: 1.Uma ação: Cláudio plantou uma árvore. 2.Um estado: Ele está feliz. 3.Um fenômeno da natureza: Chove muito no verão

3 Forma  O verbo é uma classe de palavras rica em informações. Ele consegue, numa única palavra, transmitir cinco informações: 1.O Quê? – o significado da palavra (o fato); 2.Quando? – o tempo que aconteceu o fato; 3.Como? – o modo como aconteceu o fato; 4.Quem? – a pessoa que participou do fato; 5.Quantos? – o número de pessoas que participaram do fato.

4 Exemplo  No verbo cantaremos encontramos as seguintes partes: CANTAREMOS 2) QUANDO? 3) COMO? 4) QUEM? 5) QUANTOS? 1) O QUÊ?

5 Definição  Com base nos elementos estudados, pode-se dar a seguinte definição de verbo: Verbo é uma classe de palavras que indica o tempo de uma ação, estado ou fenômeno da natureza.

6 Radical e Terminação Verbal Radical é a parte invariável, que contém a significação básica.  As outras partes do verbo são variáveis; constituem a terminação verbal. Essa terminação muda para indicar o tempo (quando?), o modo (como?), a pessoa (quem?) e o número (quantos?).

7 Radical e Terminação Verbal Terminação Verbal é a parte variável do verbo que informa o tempo, o modo, a pessoa e o número. RadicalTerminação Verbal Cantarei Cantarás Cantará Cantaremos Cantareis Cantarão

8 Radical e Terminação Verbal  A terminação verbal é composta de três partes: 1.Vogal Temática: informa a conjugação a que pertence o verbo: Vogal TemáticaConjugação Cantar1ª Conjugação Vender2ª Conjugação Partir3ª Conjugação

9 Radical e Terminação Verbal 2.Desinência Pessoal: informa a pessoa (quem?) e o número de pessoas (quantos?): Desinência PessoalPessoaNúmero CantavaØ1ª pessoasingular Cantavas2ª pessoasingular CantavaØ3ª pessoasingular Cantavamos1ª pessoaplural Cantavais2ª pessoaplural Cantavam3ª pessoaplural

10 Radical e Terminação Verbal Obs.: Não há geralmente desinência pessoal da 1ª e da 3ª pessoa do singular. Dizemos que é uma desinência zero, representada pelo sinal Ø. Desinência PessoalPessoaNúmero CantavaØ1ª pessoasingular Cantavas2ª pessoasingular CantavaØ3ª pessoasingular Cantavamos1ª pessoaplural Cantavais2ª pessoaplural Cantavam3ª pessoaplural

11 Radical e Terminação Verbal 3.Desinência Temporal: informa o tempo (quando?) e o modo (como?): Desinência TemporalModo e Tempo Cantava Pretérito Imperfeito do Indicativo Cantasse Pretérito Imperfeito do Subjuntivo Cantaria Futuro do Pretérito do Indicativo

12 Radical e Terminação Verbal  A variação dessas três partes forma a conjugação de um verbo. Conjugar um verbo é dizê-lo em todos os tempos, modos, pessoas e números.

13 LOCUÇÃO VERBAL  LOCUÇÃO VERBAL = expressão composta por dois ou mais verbos, ligados ou não por preposição.  Estrutura da locução verbal = VERBO AUXILIAR + VERBO PRINCIPAL  1. A revista está circulando nas bancas. (V.A. + V. P.)  2. O caso poderia acabar bem. (V.A. + V. P.)

14 Modos do Verbo  O modo do verbo indica as diferentes maneiras (como?) de um fato acontecer.  São três modos do verbo: 1.Indicativo – indica certeza 2.Subjuntivo – indica atitude hipotética, duvidosa possibilidade 3.Imperativo – indica ordem, pedido

15 Exemplos: 1.Indicativo – indica certeza Saí cedo. 2.Subjuntivo – indica possibilidade É possível que eu saia cedo. 3.Imperativo – indica ordem, pedido Saia cedo.

16 Tempos do Verbo  O tempo verbal indica o momento (quando?) em que acontece o fato expresso pelo verbo.  São três os tempos básicos: presente, passado, (pretérito) e futuro. O presente é indivisível, mas o pretérito e o futuro subdividem-se no modo indicativo e no modo subjuntivo.

17 Tempos do Verbo  Indicativo -Presente exemplo: estudo -Pretérito -Imperfeito exemplo: estudava = Passado Habitual -Perfeito exemplo: estudei = Passado concluído -Mais-Que-Perfeito exemplo: estudara = Passado mais antigo -Futuro -Do Presente exemplo: estude -Do Pretérito exemplo: estudaria = Ação que era esperada no passado, mas não ocorreu.

18 Tempos do Verbo  Subjuntivo -Presente exemplo: estude -Pretérito Imperfeito exemplo: estudasse -Futuro exemplo: estudar  Imperativo -Afirmativo exemplo: estuda (tu) -Negativo exemplo: não estude (tu)

19

20

21

22

23  Modo Indicativo  Na linguagem cotidiana, as formas do PRETÉRITO MAIS –QUE- PERFEITO são substituídas por locução verbal. 1.Quando a mãe percebeu, o bebê caíra do berço. (tinha caído) 1ª ação – o bebê cair = passado mais antigo. 2ª ação – a mãe perceber

24  Modo Subjuntivo  As ações no modo subjuntivo sempre serão iniciadas por conjunções condicionais – SE/ QUE/ QUANDO/ TALVEZ.  Sentido HIPOTÉTICO = hipótese, possibilidade, dúvida.  O verbo VER no subjuntivo torna-se VIR. 1.Se você a vir, dê a ela o recado. O verbo VIR no subjuntivo assume a forma VIER. 1. Quando ela vier à festa, conversaremos.

25 Formas Nominais  São três as formas nominais do verbo: infinitivo, gerúndio e particípio. Caracterizam-se por não indicarem nem o tempo nem o modo. São chamadas formas nominais porque, além do valor verbal, podem exercer próprias dos nomes (substantivo, adjetivo ou advérbio).

26 Formas Nominais 1.Infinitivo – exprime a ideia de ação. Seu valor aproxima-se do substantivo: “Navegar é preciso Viver não é preciso” (Fernando Pessoa) Observação: O infinitivo pode ser:  Pessoal: quando tem sujeito: É preciso vencermos esta etapa.  Impessoal: quando não tem sujeito: Viver é luta renhida.

27 Formas Nominais 2.Gerúndio – exprime um fato em desenvolvimento. Exerce funções próprias do advérbio ou do adjetivo: Vi um menino chorando. (função do adjetivo) Pensando, encontra-se uma solução. (função do advérbio)

28 Formas Nominais 3.Particípio – exprime o resultado de uma ação. Exerce funções próprias do adjetivo: Terminada a votação, os deputados foram vaiados.

29 Conjugação Verbal  Ao se flexionar um verbo em tempo, modo, pessoa e número, pode ocorrer a ausência (Ø) da vogal temática, da desinência pessoal ou da desinência temporal. Observe algumas flexões: Radical Vogal Temática Desinência Temporal Desinência Pessoal CantavaCantavaØ VendemosVendeØmos PartasPartØas

30 Modo Indicativo Presente  O presente do indicativo é marcado pela desinência pessoal. 1ª Conjugação2ª Conjugação3ª Conjugação Desinência Pessoal CantoVendoPartoo CantasVendesPartess CantaVendeParteØ CantamosVendemosPartimosmos CantaisVendeisPartisis CantamVendemPartemm

31 Modo Indicativo Pretérito Imperfeito  O pretérito imperfeito do indicativo é marcado pela desinência temporal va para a 1ª conjugação e ia para a 2ª e 3ª conjugações. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal 1ª2ª e 3ª CantavaVendiaPartiavaiaØ CantavasVendiasPartiasvaias CantavaVendiaPartiavaiaØ CantávamosVendíamosPartíamosvaíamos CantáveisVendíeisPartíeisvaíeis CantavamVendiamPartiamvaiam

32 Modo Indicativo Pretérito Perfeito  O pretérito perfeito do indicativo é marcado basicamente pela desinência pessoal. 1ª Conjugação2ª Conjugação3ª Conjugação Desinência Pessoal CanteiVendiPartii CantasteVendestePartisteste CantouVendeuPartiuu CantamosVendemosPartimosmos CantastesVendestesPartistesstes CantaramVenderamPartiramram

33 Modo Indicativo Pretérito Mais-Que-Perfeito  O pretérito mais-que-perfeito é marcado pela desinência temporal na. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal CantaraVenderaPartiraraØ CantarasVenderasPartirasras CantaraVenderaPartiraraØ CantáramosVendêramosPartíramosramos CantáreisVendêreisPartíreisreis CantaramVenderamPartiramram

34 Modo Indicativo Futuro do Presente  O futuro do presente é marcado pela desinência temporal re. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal CantareiVendereiPartireirei CantarásVenderásPartirásrás CantaráVenderáPartiráráØ CantaremosVenderemosPartiremosremos CantareisVendereisPartireisreis CantarãoVenderãoPartirãorão

35 Modo Indicativo Futuro do Pretérito  O futuro do pretérito é marcado pela desinência temporal ria. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal CantariaVenderiaPartiriariaØ CantariasVenderiasPartiriasrias CantariaVenderiaPartiriariaØ CantaríamosVenderíamosPartiríamosríamos CantaríeisVenderíeisPartiríeisríeis CantariamVenderiamPartiriamriam

36 Modo Subjuntivo Presente  O presente do subjuntivo é marcado pela desinência temporal e para a 1ª conjugação e a para a 2ª e 3ª conjugações. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal 1ª2ª e 3ª CanteVendaPartaeaØ CantesVendasPartaseas CanteVendaPartaeaØ CantemosVendamosPartamoseamos CanteisVendaisPartaiseais CantemVendamPartameam

37 Modo Subjuntivo Pretérito Imperfeito  O pretérito imperfeito do subjuntivo é marcado pela desinência temporal sse. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal CantasseVendessePartissesseØ CantassesVendessesPartissessses CantasseVendessePartissesseØ CantássemosVendêssemosPartíssemosssemos CantásseisVendêsseisPartísseissseis CantassemVendessemPartissemssem

38 Formas Nominais Gerúndio  Forma-se o gerúndio pela troca da terminação r do infinitivo impessoal pela terminação ndo. ConjugaçãoInfinitivo PessoalGerúndio 1ª ConjugaçãoCantarCantando 2ª ConjugaçãoVenderVendendo 3ª ConjugaçãoPartirPartindo

39 Modo Subjuntivo Futuro  O futuro do subjuntivo é marcado pela desinência temporal r. 1ª Conjugação 2ª Conjugação 3ª Conjugação Desinência Temporal Desinência Pessoal CantarVenderPartirrØ CantaresVenderesPartiresres CantarVenderPartirrØ CantarmosVendermosPartirmosrmos CantardesVenderdesPartirdesrdes CantaremVenderemPartiremrem

40 Formas Nominais Particípio  Forma-se o particípio pela troca da terminação r do infinitivo impessoal pela terminação do. ConjugaçãoInfinitivo PessoalParticípio 1ª ConjugaçãoCantarCantado 2ª ConjugaçãoVenderVendido 3ª ConjugaçãoPartirPartido

41 Formas Nominais Infinitivo Pessoal  Forma-se o infinitivo pessoal pelo acréscimo das terminações pessoais Ø, es, Ø, mos, des e em ao infinitivo impessoal. Infinitivo ImpessoalInfinitivo Pessoal Cantar Cantares CantarCantarmos CantardesCantarem

42 CONJUGAÇÃO DOS VERBOS TER e VIR.  Os verbos TER e VIR e seus derivados recebem acento circunflexo para indicar PLURAL e concordar com o sujeito das orações. 1.O jovem tem saudade da infância. (singular) Os jovens têm saudade da infância. (plural) 2. O senhor vem sentar no banco da praça. (singular) Os senhores vêm sentar no banco da praça. (plural)

43  Os verbos derivados de TER e VIR recebem obrigatoriamente acentos diferentes para indicar singular e plural. Distingue-se o plural pelo acento circunflexo. 1.O segurança intervém na briga. (do verbo vir - singular) Os seguranças intervêm na briga. (do verbo vir - plural) 2. O juiz mantém a ordem no tribunal. (do verbo ter – singular) Os juízes mantêm a ordem no tribunal. ( do verbo ter – plural)

44 ATENÇÃO! Os verbos CRER/ DAR/ LER E VER  Usa –se “ ê ” para indicar singular.  Usa –se “eem” para indicar plural. 1.A jovem lê histórias de terror. As jovens leem histórias de terror. 1. A senhora crê em Deus. As senhoras creem em Deus.

45 BONS ESTUDOS, PROF.ª PATTY


Carregar ppt "VERBOS. Significação  Quanto ao significado, o verbo é uma palavra que comunica: 1.Uma ação: Cláudio plantou uma árvore. 2.Um estado: Ele está feliz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google