A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Fabiano Leitão – Dinst Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Inspeção e Perícia em Bombas Medidoras de Combustíveis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Fabiano Leitão – Dinst Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Inspeção e Perícia em Bombas Medidoras de Combustíveis."— Transcrição da apresentação:

1 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Fabiano Leitão – Dinst Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Inspeção e Perícia em Bombas Medidoras de Combustíveis

2 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Tópicos da apresentação  Fraudes eletrônicas em bombas medidoras: breve histórico e cronologia dos fatos mais relevantes  Combate à fraude em bombas medidoras: ações da Dimel/Dinst no período (junho/11 até maio/13)  Treinamento e capacitação da RBLMQ-I: Inspeção e Perícia em Bombas Medidoras

3 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Fraudes em bombas: cronologia dos fatos mais relevantes Junho/2011: reestruturação da Dimel e formação da Dgtec/Sinst (Dinst) Junho/2011.Formação da Sinst Outubro/2011: visita ao Ipem-SP e reunião com fabricantes de bombas em SP e no RJ. Outubro/2011.Visita Ipem-SP.Reunião c/ fabricantes Janeiro/2012: reportagem sobre fraudes em rede nacional de TV. Janeiro/2012.Reportagem em rede nacional de TV Fevereiro/2012: recebimento no Inmetro do 1º. lote de placas eletrônicas. Fevereiro/2012.Recebimento de placas eletrônicas Julho/2012: elaboração dos primeiros Laudos de Perícia Técnica. Julho/2012:.Primeiros laudos de perícia técnica Agosto e Outubro/2012: acompanhamento de operações de fiscalização em campo (Ipem - SP). Agosto e Outubro/2012.Acompanhamento de fiscalização em campo Janeiro/2013: testes de desempenho das ferramentas desenvolvidas para simulação e análise das fraudes eletrônicas. Janeiro/2013.Testes das ferramentas de simulação e análise Abril/2013: conclusão da Norma para Execução de Perícia em Placas Eletrônicas de Bombas Medidoras de Combustíveis. Abril/2013.Norma para execução de perícias

4 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Medidas de combate à fraude em bombas medidoras: ações da Dinst no período de fevereiro/11 até abril/13  Elaboração do novo RTM de Bombas Medidoras  Atualização dos requisitos metrológicos de acordo com as novas tecnologias utilizadas em bombas medidoras.  Incorporação de requisitos de Hardware e de Software no RTM, de acordo com as vulnerabilidades identificadas. ▬ ► Estágio atual do novo RTM: minuta em fase final de discussão no GT de Bombas Medidoras ▬ ► Próxima fase: encaminhamento para consulta pública.

5 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Medidas de combate à fraude em bombas medidoras: ações da Dinst no período de fevereiro/11 até abril/13  Fiscalização do parque de bombas já instalado 1) Avaliação de métodos para identificação das fraudes eletrônicas em bombas medidoras. 2) Análise das características e modos de operação das fraudes identificadas. ▬ ► 100 % identificadas ▬ ► 100 % caracterizadas

6 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Exemplos de Fraude Eletrônica em Bombas Medidoras

7 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Exemplos de Fraude Eletrônica em Bombas Medidoras

8 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013

9

10

11

12 Placa Falsa - Detalhes

13 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013

14 Total de fraudes identificadas: 10Modos de Implementação:

15 Reunião Plenária – 1º. Ciclo ) Desenvolvimento de ferramentas para identificação, simulação e reprodução das fraudes eletrônicas. Exemplo de aplicação: Fraudes acionadas por radiofrequência  Fiscalização do parque de bombas já instalado (cont.)

16 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Ferramenta para identificação e reprodução de fraudes eletrônicas Funcionalidades: 1.Captura dos comandos de acionamento da fraude. 2.Acionamento remoto da fraude. 3.Reconfiguração dos comandos de acionamento. 4.Simulação eletrônica da operação do pulser (abastecimento ).

17 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013  Fiscalização do parque de bombas já instalado (cont.) 4) Execução de perícia e elaboração de laudos técnicos:

18 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013  Fiscalização do parque de bombas já instalado (cont.)

19 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013  Fiscalização do parque de bombas já instalado (cont.)

20 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Treinamento e Capacitação da Rede RBMLQ-I “Fraudes Eletrônicas em Bombas Medidoras de Combustíveis: Identificação em Campo, Execução de Perícias Técnicas e Elaboração de Laudos”  Objetivos  Obter maior eficiência na atividade de inspeção em campo de bombas medidoras.  Capacitar a RBMLQ-I a (i) realizar perícias técnicas no material apreendido em campo e (ii) elaborar Laudos de Perícia Técnica.  Público-alvo  Técnicos da RBMLQ-I diretamente envolvidos na atividade de inspeção de bombas medidoras em campo.

21 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Treinamento e Capacitação da Rede RBMLQ-I  Critérios para participação  Formação técnica de nível médio em eletrônica, elétrica, mecânica ou áreas afins (desejável).  Experiência anterior na atividade de fiscalização em campo de bombas medidoras (necessário).  Conhecimentos de informática básica (necessário). ▬ ► Seleção dos participantes: de acordo com o perfil técnico solicitado e também com o número de inscritos.

22 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Treinamento e Capacitação da Rede RBMLQ-I  Estrutura do treinamento  Treinamento presencial (sala de aula e laboratório).  Conteúdo Programático: -Discriminação das fraudes eletrônicas. -Características e modo de operação das fraudes. -Métodos de identificação das fraudes em campo. -Reprodução e acionamento das fraudes em campo e/ou em laboratório. -Procedimento para execução de perícia técnica e elaboração de laudos.

23 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Treinamento e Capacitação da Rede RBMLQ-I  Duração  15 horas/aula ▬ ► 3 dias  Data  1ª. Turma: 3, 4 e 5 de setembro de  2ª. Turma: novembro de  Material de apoio  “Norma para Execução de Perícia em Placas Eletrônicas de Bombas Medidoras de Combustíveis”  Ferramentas desenvolvidas pela Sinst para simulação e análise das fraudes eletrônicas já identificadas.

24 Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Contatos: Divisão de Instrumentação, Software e Condições Ambientais (Dinst) - Fabiano Leitão - - Paulo Cesar Brandão - Obrigado pela atenção!


Carregar ppt "Reunião Plenária – 1º. Ciclo 2013 Fabiano Leitão – Dinst Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Inspeção e Perícia em Bombas Medidoras de Combustíveis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google