A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Gerência Geral de Cosméticos Diretoria Jaime César de Moura Oliveira Porto Alegre, 07 de novembro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Gerência Geral de Cosméticos Diretoria Jaime César de Moura Oliveira Porto Alegre, 07 de novembro."— Transcrição da apresentação:

1 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência Geral de Cosméticos Diretoria Jaime César de Moura Oliveira Porto Alegre, 07 de novembro de 2011 DADOS DE SOLICITAÇÕES DE REGISTRO E SUAS ALTERAÇÕES -1º SEMESTRE

2 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Registro Alteração de Registro Total Protocolados Deferidos Indeferidos Exigências 1396 QUANTITATIVO DE PROCESSOS – 1º SEMESTRE DE 2011 – QUANTITATIVO DE PROCESSOS – 1º SEMESTRE DE 2011 –

3 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

4 Agência Nacional de Vigilância Sanitária DETALHAMENTO DE EXIGÊNCIAS MOTIVO DE EXIGÊNCIA DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM Adequação de formulário de petição Adequação do nome, destinação, embalagem, grupo do produto, etc. 1487% Análise microbiológica Res. 481/99 Especificações incompletas1165% Especificação Físico- Química 221% Estudos de estabilidade Não concluiu os estudos garantido o prazo de validade 1014% CVL Divergência dados entre CVL e formulários ; falta de consularização; nome do produto não identificado 532%

5 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – ADEQUAÇÃO EM PETIÇÕES DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Comprovante de comercialização (não apresentado na revalidação, insatisfatório) 10,04% 11% Falta de FP e dados técnicos em Revalidação120,52% Falta de arte final/etiqueta com correções de rotulagem realizadas inicialmente 542,36% Identificação do nome do produto na nota fiscal30,13% Cópia da fórmula anteriormente aprovada em INCI 140,61% Protocolar petições adicionais em virtude de divergências detectadas entre os dados anteriores 1596,95%

6 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – DADOS TÉCNICOS DO PRODUTO DETALHES Total por item % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Adequar/ Incluir o INCI 753,28% 21% Complexos de substâncias; esclarecimento sobre a concentração de substâncias; mistura de Conservantes 1406,12% Adequação/ esclarecimento de substância da lista restritiva lista 1576,86% Divergência entre a composição declarada nos dados técnicos e fórmula original 281,22% Divergência entre a composição declarada nos dados técnicos e rotulagem 80,35% Corante digitado erroneamente 20,09%

7 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – DADOS TÉCNICOS DO PRODUTO –cont. DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Diferença entre o componente da fórmula e ficha técnica da matéria prima 30,13% 21% Falta de assinatura nos dados técnicos 40,17% Diferença entre o componente da fórmula e ficha técnica da matéria prima 30,13% Substância com função não prevista nos compêndios cosméticos 30,13% Adequar função 60,26% Enviar Literatura de ingredientes; Substância com INCI não encontrado; solicitação de referência de uso em cosméticos 592,58%

8 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – REFERÊNCIAS TÉCNICO-CIENTÍFICAS DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Advertências de rotulagem específica recomendadas nos Pareceres 451,97% 12% Adequação a pareceres ( ex. concentração,especificação, estabilidade química) 1797,82% Ausência de Testes de Seguranças recomendados nos Pareceres 130,57% Ausência de Testes de Eficácia recomendados nos Pareceres 50,22% Produto de higiene íntima (Comprovar que o produto p/ higiene íntima não possui ação antisséptica/ alterar a fórmula retirando o agente antisséptico) 241,05%

9 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – ROTULAGEM DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Arte final (ex: ilegível, faltando apresentações) 482,10% 22% Termos/Ilustrações/ Expressões não permitidas 130,57% Envio de projetos de arte distintos para o produto 200,87% Rotulagem obrigatória - RDC 211/05 853,72% Advertências: rotulagem específica- RDC211/05; RDC 215/05-47/06-162/ /02-38/01 893,89% Apelos/Benefícios 70,31%

10 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – ROTULAGEM – cont. DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL INCI 160,70% 22% Rotulagem que induz ao erro 361,57% Nome divergente em relação ao FP 20,09% Etiqueta de Adequação de rotulagem (produto importado) 110,48% Adequação da rotulagem 1737,56%

11 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – TESTE DE EFICÁCIA DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Testes incompletos 40,17% 6% Comprovação de apelos (teste/literatura enviados são incompletos ou não comprovam todos os atributos de rotulagem) 401,75% Questionamentos sobre testes de eficácia apresentados no processo (esclarecimentos/ testes incompletos) 241,05% FPS (ex: quando é enviado teste em metodologias mais antigas que a da RDC 237 ou em revalidações onde não consta o teste ou somente testes in vitro) 170,74%

12 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – TESTE DE EFICÁCIA – cont. DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Fórmula do teste diferente da fórmula declarada nos dados técnicos 70,31% 6% Envio de teste de eficácia (ex: 48h ) 40,17% Envio da fórmula no teste apresentado 10,04% produto antisséptico 140,61% UVA 210,92% Repelente de Insetos 80,35%

13 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – TESTE DE SEGURANÇA DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Comprovação de atributos (ex. sensibilização cutânea; Dermatologicamente/ Oftalmologicamente testado;Não Comedogênico) 160,70% 6% Teste incompleto 110,48% Fórmula Contendo Substância - Lista Negativa na Comunidade Europeia 20,09% Similaridade 271,18% RDC 38/01 120,52% Esclarecimentos sobre teste de segurança enviado 160,70%

14 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – TESTE DE SEGURANÇA – cont. DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Produtos infantis diferentes 20,09% 6% Fórmula do teste diferente da fórmula declarada nos dados técnicos 50,22% Margem de segurança 20,09% Produto não identificado no teste apresentado 10,04% Teste de segurança insatisfatório 291,27% Envio de metodologia 10,04% Nome do produto no teste diferente dos demais documentos do processo 40,17%

15 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – DEMAIS MOTIVOS DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Esclarecimentos sobre embalagem 261,14% 4% Declaração de peróxido de hidrogênio acima do permitido (em água oxigenada 40 volumes) 80,35% Indicação no rótulo de empresa distribuidora sem AFE para distribuir 20,09% Solicitação de AFE de Importação 40,17% Divergência de nome do produto nos formulários do processo 20,09% Justificar nome do produto 10,04% Fórmulas diferentes no mesmo processo 30,13%

16 Agência Nacional de Vigilância Sanitária EXIGÊNCIA – DEMAIS MOTIVOS – cont. DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Licença sanitária vencida 20,09% 4% Formulário não assinado 30,13% Adequação de formulação em função da forma física e embalagem primária do produto 10,04% Empresa sem AFE para produtos de higiene 110,48% Tonalidade sem corante em tintura capilar: solicitação de esclarecimentos 20,09% Estudos enviados em outra língua/sem tradução 170,74% Modo de uso diferente para duas apresentações 10,04%

17 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

18 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indeferimento - Desacordo com a RDC 204/2005 DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Exigência não cumprida19634,27% 53% Cumprimento de exigência fora do prazo 7012,24% Cumprimento de exigência insatisfatório 183,15% Prorrogação de exigência fora do prazo 162,80%

19 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indeferimento - Desacordo com as listas de substâncias DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Desacordo com a RDC 215/05335,77% 13% Desacordo com a RDC 162/01335,77% Desacordo com a RDC 47/0610,17% Desacordo com a RDC 39/1020,35% Desacordo com a RDC 48/0540,70%

20 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indeferimento - Desacordo com a RDC 211/2005 DETALHES TOTAL POR ITEM % POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Documento sem assinatura do responsável técnico e/ou representante legal183,15% 6% Dados de estabilidade insatisfatórios ou incompletos30,52% Ausência de Termo de Responsabilidade10,17% Finalidade de uso não prevista em cosméticos40,70% Ausência de arte final50,87% Ausência da fórmula quali-quantitativa (dados técnicos do produto)10,17% Composição declarada sem INCI20,35% Eficácia não comprovada10,17%

21 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indeferimento - Desacordo com demais legislações DETALHES TOTAL POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Desacordo com a RDC 481/99 - Microbiológico 204% Descumprimento da RDC 237/02 - Protetor Solar 30,52% Descumprimento da RDC 38/01 - Produtos Infantis 71,22% Descumprimento do Decreto /77 (fragrância em produtos infantis) 20,35% Revalidação fora do prazo (Decreto /77 e RDC 250/04) 10719%

22 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indeferimento – Outros motivos DETALHES TOTAL POR ITEM % POR MOTIVO GERAL Desistência de processo ou petição 111,92% Inclusão de tonalidade em categoria não prevista 10,17% Retificação de publicação não concedida 132,27%

23 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Análise de Recursos Administrativos RDC 25/08 Dispõe sobre o procedimento de recurso administrativo no âmbito da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e dá outras providências

24 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Considerações Gerais Prazo para interposição de recurso administrativo é de dez dias, contado a partir da ciência ou divulgação oficial da decisão recorrida. O recurso será dirigido à autoridade que proferiu a decisão a qual, se não a reconsiderar no prazo de cinco dias, o encaminhará à instância superior para instrução e deliberação da Diretoria Colegiada.

25 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Não Conhecimento do Recurso Fora do prazo; Após exaurida a esfera administrativa; Análise do recurso; Elaboração de Parecer de não conhecimento; Publicação de não conhecimento do recurso no D.O.U; Envio do Ofício à empresa comunicando o motivo do não conhecimento. PROCEDIMENTO

26 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Havendo Retratação O processo continua com o técnico o qual finaliza a análise do recurso. Análise segue fluxo normal com posterior publicação.

27 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Não havendo Retratação Encaminhamento do processo para Corec; Distribuição aos relatores; Elaboração de Parecer; Aprovação do Parecer na reunião da Corec; Encaminhamento ao Diretor Supervisor; Pauta na Dicol; Publicação da Decisão final da Dicol; Trâmites internos para finalização da petição.

28 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Dados dos Recursos ANO Intempestividade - Despacho4510 Pareceres - Aresto104109

29 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Obrigado! Contato: Fone: (61)


Carregar ppt "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Gerência Geral de Cosméticos Diretoria Jaime César de Moura Oliveira Porto Alegre, 07 de novembro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google