A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO J. Neves J. Crucho L. Picado-Santos F. Martinho Instituto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO J. Neves J. Crucho L. Picado-Santos F. Martinho Instituto."— Transcrição da apresentação:

1 RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO J. Neves J. Crucho L. Picado-Santos F. Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa Lisboa, Portugal

2 Estrutura / Contenido Introdução / Introducción Estudo experimental / Estudio experimental - Materiais / Materiales - Metodologia de ensaio / Metodología de ensayo Resultados e discussão / Resultados y discusión Conclusões / Conclusiones RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 2/13

3 Introdução / Introducción A necessidade de construir num contexto de maior sustentabilidade ambiental e económica tem conduzido a uma maior utilização de materiais não tradicionais na pavimentação La necesidad de construir en un contexto de mayor sostenibilidad ambiental y económica ha conducido a la utilización cada vez mayor de materiales no tradicionales en pavimentación As misturas betuminosas são um exemplo, nomeadamente através da incorporação na sua composição de resíduos de diversas proveniências, como é o caso do Agregado Siderúrgico Inerte para a Construção (ASIC) que é um resíduo industrial Las mezclas bituminosas son un ejemplo, concretamente a través de la incorporación en su composición de residuos de diferentes procedencias, como es el caso del Agregado Siderúrgico Inerte para la Construcción (ASIC) que es un residuo industrial RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 3/13

4 Introdução / Introducción Objetivos / Objetivos 1. Estudo em laboratório de misturas betuminosas com Agregado Siderúrgico Inerte para a Construção (ASIC) Estudio de laboratorio de mezclas bituminosas con Agregado Siderúrgico Inerte para la Construcción (ASIC) 2. Estudo da resistência à fadiga segundo a norma europeia EN através de ensaios de flexão em quatro pontos Estudio de la resistencia a la fatiga conforme a la norma europea EN a través de ensayos de flexión en cuatro puntos RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 4/13

5 Estudo experimental / Estudio experimental Materiais / Materiales Mistura betuminosa a quente / Mezcla bituminosa en caliente AC 20 base 35/50 (AC1) 1.0% ASIC (AC1_0) 2.20% ASIC (AC1_20) 3.35% ASIC (AC1_35) Mistura betuminosa temperada / Mezcla bituminosa templada AC 20 base 35/50 (AC2) + Sasobit (4%) 1.0% ASIC (AC2_0) 2.30% ASIC (AC2_30) RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 5/13

6 Estudo experimental / Estudio experimental Materiais / Materiales ASIC - Agregado Siderúrgico Inerte para a Construção Agregado Siderúrgico Inerte para la Construcción RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 6/13 Marcação CE segundo a norma Europeia EN Agregados para materiais tratados com ligantes hidráulicos e materiais não tratados utilizados em trabalhos de engenharia civil e na construção rodoviária Marcado CE conforme à la norma Europea EN Áridos para materiales tratados con ligantes hidráulicos y materiales no tratados utilizados en obras de ingeniería civil y la construcción de carreteras 0/16

7 Estudo experimental / Estudio experimental Materiais / Materiales RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 7/13 Ex: AC 20 base 35/50 (AC1)

8 Estudo experimental / Estudio experimental Metodologia de ensaio / Metodología de ensayo EN : Deformabilidade / Deformabilidad EN : Resistência à Fadiga / Resistencia a la fatiga Ensaios de flexão em quatro pontos / Ensayos de flexión en cuatro puntos RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 8/13 20% SSA 0% SSA

9 Resultados e discussão / Resultados y discusión EN : Deformabilidade / Deformabilidad (20ºC; extensão de 50 mm/m; 100 repetições da carga) RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 9/13

10 Resultados e discussão / Resultados y discusión EN : Resistência à Fadiga / Resistencia a la fatiga Mistura betuminosa a quente / Mezcla bituminosa en caliente (10Hz; 20ºC) RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 10/13 AC 20 base 35/50 (AC1)

11 Resultados e discussão / Resultados y discusión EN : Resistência à Fadiga / Resistencia a la fatiga Mistura betuminosa temperada / Mezcla bituminosa templada (10Hz; 20ºC) RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 11/13 AC 20 base 35/50 (AC2)

12 Conclusões / Conclusiones A presença de ASIC não prejudicou o desempenho das misturas betuminosas La presencia de ASIC no afectó al comportamiento de las mezclas bituminosas O módulo de deformabilidade apenas diminuiu ligeiramente com a presença do ASIC na mistura betuminosa temperada El módulo de deformabilidad disminuyó ligeramente con la presencia del ASIC en la mezcla bituminosa templada A presença do ASIC aumentou a resistência à fadiga de forma mais evidente na mistura betuminosa a quente La presencia del ASIC aumentó la resistencia a la fatiga de forma más evidente en la mezcla bituminosa en caliente Outros ensaios de desempenho devem ser realizados nas misturas betuminosas para confirmar a influência do ASIC Otras ensayos deben llevarse a cabo en las mezclas bituminosas para confirmar la influencia del ASIC RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho, Luís de Picado Santos, Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal 12/13

13 13/13 RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO José Neves João Crucho Luís de Picado Santos Fernando Martinho Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa Lisboa, Portugal Muito obrigado Muchas gracias


Carregar ppt "RESISTÊNCIA À FADIGA DE MISTURAS BETUMINOSAS COM AGREGADO SIDERÚRGICO INERTE PARA A CONSTRUÇÃO J. Neves J. Crucho L. Picado-Santos F. Martinho Instituto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google