A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Asfalto FTC Química/Laboratório Paulo Sérgio M. Mascarenhas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Asfalto FTC Química/Laboratório Paulo Sérgio M. Mascarenhas."— Transcrição da apresentação:

1 Asfalto FTC Química/Laboratório Paulo Sérgio M. Mascarenhas

2 Asfalto É um dos mais versáteis materiais de construção utilizados pelo homem. O uso da pavimentação asfáltica é a mais importante de suas utilidades. No Brasil, 95% das estradas pavimentadas têm asfalto. Entre suas vantagens, destacam-se: forte união entre os agregados, impermeabilizante, durabilidade e resistência à maioria dos ácidos, álcalis e sais, etc.

3 Asfalto O asfalto são betumes de alto peso molecular quase puros ou com alguma mistura mineral (siltes, areias, argilas). É um material aglutinante de consistência variável, cor pardo-escura ou negra encontrados em jazidas ou pela refinação do petróleo. O sólido ou semi-sólido de consistência apropriada para pavimentação chama-se cimento asfáltico.

4 Asfalto Betume é uma mistura de hidrocarbonetos pesados (grande complexidade e alta massa molecular) com poder aglutinante e impermeabilizante.

5 Asfalto O asfalto utilizado em pavimentação é um ligante betuminoso oriundo da destilação do petróleo. Possui baixa reatividade química a muitos agentes que proporciona que este material possa sofrer processo de oxidação lenta pelo contato do ar e da água.

6 Asfalto: composição química Nos petróleos predominam a parafina e o naftaleno. Existem mais de 1500 tipos de petróleo que podem ser distinguidos conforme o percentual de asfalto. Numa análise elementar pode-se encontrar: C = 82 a 88%H = 8 a 11% S = 0 a 6%O = 0 a 1,5%

7 Cimento asfáltico A obtenção de asfalto é realizada através da destilação de tipos específicos de petróleo, na qual as frações leves (gasolina, diesel e querosene) são retiradas no refino. O produto resultante deste processo passa a ser chamado de Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP).

8 Cimento asfáltico O CAP é um material termossensível utilizado principalmente para aplicação em trabalhos de pavimentação, pois, além de suas propriedades aglutinantes e impermeabilizantes, possui características de flexibilidade e alta resistência à ação da maioria dos ácidos inorgânicos, sais e álcalis. Em suas aplicações, o CAP deve ser homogêneo e estar livre de água, e para que sua utilização seja adequada, recomenda-se o conhecimento prévio da curva de viscosidade/temperatura.

9 Cimento asfáltico O CAP é aplicado em misturas a quente, tais como pré-misturados, areia-asfalto e concreto asfáltico; recomenda-se o uso dos tipos 20 e 40, bem como os do tipo 30/45, 50/60 e 85/100, com teor de asfalto de acordo com o projeto respectivo. O cimento asfáltico pode ser encontrado em diversos graus de viscosidade e penetração, de acordo com sua consistência. Os CAP's que são produzidos e comercializados no Brasil seguem a classificação por penetração e viscosidade.

10 Asfalto + borracha Consiste na miscigenação da borracha com o asfalto, fundindo esses dois materiais para dar origem a um terceiro produto, que não é nem o primeiro, nem o segundo. Não é simplesmente a miscigenação. É preciso haver a fusão dos dois materiais.

11 Asfalto + borracha Todo asfalto tem uma vida útil. Não se faz uma estrada para durar 100 anos. Estrada é feita para durar 10 anos, porque existe o processo natural de envelhecimento do ligante asfáltico, que é um produto perecível. O oxigênio, provoca a oxidação no asfalto e provoca o seu endurecimento, tornando-o quebradiço. Essa oxidação é natural em qualquer asfalto, entretanto quando se miscigena e funde a borracha com o asfalto, sua vida útil passa a ser de 25 a 30 anos.

12 Asfalto + borracha Além da durabilidade, diminui o custo de pavimentação e reduz pela metade a espessura do asfalto que está sendo aplicado. E isso reduz tudo. Reduz-se à metade a brita que vai utilizar, bem como o transporte desta brita, o gasto com usinagem, ou seja, energia elétrica, o transporte da massa, a compactação.

13 Asfalto + borracha Diminui o nível de ruído provocado pelo tráfego. O asfalto borracha reduz os ruídos da pista em até cinco decibéis. É como se você tirasse 85% do ruído provocado pelo tráfego. Dobra a capacidade de resistência à derrapagem. Você passa a ter um pavimento asfalto borracha molhado com a mesma distância de frenagem de um pavimento asfáltico convencional seco.


Carregar ppt "Asfalto FTC Química/Laboratório Paulo Sérgio M. Mascarenhas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google