A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35) 3471-9330 TP309 – Redes de Transporte Parte 3.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35) 3471-9330 TP309 – Redes de Transporte Parte 3."— Transcrição da apresentação:

1 1 INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35) TP309 – Redes de Transporte Parte 3

2 2 Situação Atual das Redes... SDH – É a tecnologia predominante nos backbones e onde foram feitos enormes investimentos em capacidade! Ethernet – É a tecnologia predominante nas LANs e a mais conhecida entre as empresas no mundo todo! Tráfego de Dados – Está crescendo moderadamente... As propostas para uma rede puramente IP foram adiadas para um futuro um pouco mais distante. O Futuro Hoje: Utilizar a rede SDH para transporte de Ethernet !

3 3 Redes Locais Redes de Transmissão Assíncrono Síncrono Banda Dinâmica Banda Fixa Não Orientado a ConexãoOrientado a Conexão Serviço Best EffortServiço de Alta Qualidade Ethernet vs. SDH EthernetSDH

4 4 Redes Ópticas Ethernet

5 5 Preâmbulo 8 bytes Endereço Destino 6 bytes Endereço Origem 6 bytes Compr/ Tipo 2 bytes Dados (Payload) bytes4 bytes FCS Preâmbulo/SFD:Campo que permite o receptor sincronizar-se com o fluxo de transmissão entrante e localização do início do pacote Ethernet Endereço Origem:(MAC-) Address do elemento de rede que está originando o pacote Compr/Tipo:Comprimento do pacote. Para pacotes tipo DIX, o tipo de protocolo de camada 3 presente no campo de Dados (Payload) Dados (Payload):Campo que contém informação de cliente/útil (todos outros campos são considerados parte do cabeçalho) FCS:Frame Check Sequence. O valor é calculado no elemento de rede de origem e inserido no pacote. O elemento de rede receptor realiza o mesmo cálculo e compara seu FCS com o FCS recebido no pacote. Switches Ethernet irão descartar o pacote que tiver erro de FCS. Quadro de linha Ethernet IEEE Endereço Destino:(MAC-) Address do elemento de rede ao qual o pacote está sendo encaminhado

6 6 Redes Ópticas Ethernet Topologia: Etherner over Fiber (EoF) IEEE É simplesmente a transmissão de pacotes Ethernet em fibras ópticas. Pode-se ter conexões ponto-a-ponto ou em malha: LOCAL A LOCAL B Conexão Ponto-a-ponto Ethernet

7 7 Topologia: Ethernet over SDH (EoS) É o mapeamento de Ethernet sobre um Container Virtual (VC-n) SDH Redes Ópticas Ethernet Anel SDH STM-n LOCAL A LOCAL B 100Mbps VC-4 VC-n Ethernet

8 8 Opções de Mapeamento 3) Ethernet over GFP (ITU-T G.7041) Ethernet Frame GFP Frame SDH Ethernet sobre GFP - Cabeçalho de transporte determinístico - Não interfere na gerência de QoS/Largura de Banda - Delineação simples e eficiente quando em altas velocidades - Pode ser usado com SDH e Vcat, OTN, etc.

9 9 Cliente B Ethernet Optical Core Network Remote Servers Storage Servers SDH/DWDM SDH Cliente A Ethernet New Generation SDH

10 10 New Generation SDH SDH MUX/DEMUX Interfaces Nativas ? VC Virtual Concatenation LCAS Link Capacity Adjustment Scheme GFP Generic Frame Procedure Ethernet SDH Elemento de Rede de Nova Geração SDH ClienteRede

11 11 Generic Frame Procedure GFP

12 12 GFP – Generic Frame Procedure Padronizado pela ITU-T G.7041 É um mecanismo genérico criado para adaptar múltiplos tipos de serviços em um canal de trasmissão bit-síncrono (WDM) ou octeto-síncrono (SDH, OTN). É possível adaptar tráfego de camadas 1 (Fibre Channel, GE) e 2 (PPP/IP/MPLS, Ethernet, RPR) Algoritmo simples e estável, com correção de cabeçalho Compatível com qualquer serviço de nível superior e com qualquer tecnologia de rede Cria novas oportunidades tecnologicas e econômicas Fácil expansão (eficiente desde 10M até 10G e já está aprovado para 40G). Não requer novos equipamentos no backbone (somente os das pontas)

13 13 Core Header Payload Type Extension Header Field Payload Area Payload Headers Payload Area Payload Area Core Header Core Header GFP – Generic Frame Procedure

14 14 8 bit Payload Area Core Header GFP Payload Area transporta info de camadas superiores Comprimento = 4 a bytes Payload Headers informa tipo de cliente e suporta procedimentos específicos de gerência Inclui detecção e correção por CRC Comprimento= 4 a 64 byte Payload Headers Core Header contém o comprimento da área de payload, e início do quadro de info e deteção & correção de erro com CRC-16 Comprimento = 4 bytes Optional Payload FCS protege o campo de client payload information CRC-32 Comprim = 4 byte Optional Payload FCS Client Payload Field contêm client frames (GFP-F) ou client characters (GFP-T) Client Payload Information GFP – Generic Frame Procedure

15 15 8 bits CID Spare eHEC PTIPFIEXI UPI tHEC PLI cHEC Client Payload Information Optional Payload FCS Core Header Payload Type Extension Header Field Payload Area 4 4 Payload Headers Payload Area Payload Area Core Header Core Header 4 GFP – Generic Frame Procedure

16 16 Payload Area Core Header cHEC - Core Header Error Control Contém um código de controle de erro CRC-16 para proteger a integridade do Core Header. Possibilita: Correção de 1 bit errado Deteção de múltiplos bits errados PLI - PDU Length Indicator Campo de 16 bits contendo um número binário que representa o comprimento da área da payload area: mín.: 4 bytes (PLI = 00 04hex) max.: byte (PLI = FF FFhex) PLI = 0hex a 3hex reservado para frames de controle PLI cHEC GFP – Generic Frame Procedure – Core Header

17 17 GFP IDLE Frames O menor frame GFP possível, com somente 4 bytes de comprimento PLI = 00 00hex IDLE frames são necessários para processo de adaptação de taxa garantir processo de sincronização de frames IDLE Frame PLI =00 cHEC = 00 GFP Control Frames são usados na gerência da conexão GFP. Existem quatro tipos de Control Frames: PLI= 00 00hex to PLI = 00 03hex Mas somente um Control frame está atualmente especificado: GFP – Generic Frame Procedure – Control Frames

18 18 Payload Type Field É obrigatório para GFP client frames (PLI 4) Fornece informação sobre: conteúdo e formato da informação do Client Payload indica diferentes tipos de GFP frame distingue diferentes serviços em um ambiente multi-serviço Payload Area Core Header Client Payload Information Payload Headers Optional Payload FCS Payload Type Extension Header Field GFP – Generic Frame Procedure – Payload Header

19 19 PTI - Payload Type Identifier Campo de 3 bits que indica o tipo de GFP client frame Atualmente definidos: PTI = 000 Client Data PTI = 100 Client Management PTI = Outros Reserved PFI - Payload FCS Indicator Campo de 1 bit que indica PFI = 1 Presença PFI = 0 Ausência do campo opcional de Frame Check Sequence (pFCS) do payload EXI - Extension Header Identifier Campo de 4 bits que indica o formato do campo Extension Header Atualmente definidos: EXI = 0000 Null Extension Header (só 1 usuário plugado) EXI = 0001 Linear Frame (vários usuários plugados) EXI = 0010 Ring Frame EXI = Others Reserved Payload Type Extension Header Field PTI PFI EXI UPI tHEC GFP – Generic Frame Procedure – Payload Header

20 20 GFP – Generic Frame Procedure – Payload Header UPI - User Payload Identifier Campo de 8 bits que identifica o tipo de cliente/serviço encapsulado no Client Payload Field do GFP A interpretação dos valores do UPI é diferente para: Client data frames (PTI=000) ou Client management frames (PTI=100) Mais detalhes nos próximos slides tHEC - Type Header Error Control código de 16 bits para controle de erros para correção de 1 bit errado ou para detetar múltiplos erros de bit no campo de Payload Type Payload Type Extension Header Field PTI PFI EXI UPI tHEC

21 21 Client Data Frames atualmente definidos - User Payload Identifier (UPI) UPI = 00 & FF Reserved and not available UPI = 01hex Ethernet (frame-mapped) UPI = 02hex PPP (frame-mapped) UPI = 03hex Fibre Channel (transparent-mapped) UPI = 04hex FICON (transparent-mapped) UPI = 05hex ESCON (transparent-mapped) UPI = 06hex Gigabit Ethernet (transparent-mapped) UPI = 07hex Reserved for future use UPI = 08hex Multiple-Access Protocol over SDH (frame-mapped) UPI = 09 to EF Reserved for future use UPI = F0 to FE Reserved for proprietary use PTI PFI EXI UPI tHEC Indicação no campo Type PTI = 000 Info de clientes/serviços são transportadas sobre Client Data Frames GFP GFP – Generic Frame Procedure – Client Data Frames

22 22 Management Frames atualmente definidos UPI = 00 & FFhex Reserved and not available UPI = 01hex Loss of Client Signal (Client Signal Fail) UPI = 02hex Loss of Character Synchronization UPI = 03 to FEhex For future use PTI PFI EXI UPI tHEC Indicação no campo Type PTI = 100 Esta funcionalidade provê um mecanismo para enviar informação de gerência desde a origem do GFP até o destino. GFP – Generic Frame Procedure Client Management Frames

23 23 Payload Area Core Header Client Payload Information Payload Headers Optional Payload FCS Payload Type Extension Header Field GFP – Generic Frame Procedure – Extension Header Extension Header Field Suporta cabeçalhos de nível 2 (data link) especificos da tecnologia, ex: virtual link identifier Endereço Origem/Destino Classe de Serviço Possui de 0 a 60 bytes de comprimento e é indicado no campo Type (EXI) Três variantes do Extension Header estão atualmente definidas, para configurações ponto- a-ponto ou anel (ring) EXI = 0000 Null Extension Header EXI = 0001 Linear Frame EXI = 0010 Ring Frame EXI = Others Reserved

24 24 Null Extension Header (EXI = 0000 (0hex)) Aplica-se configurações lógicas ponto-a-ponto, onde a via de transporte é dedicada a somente um cliente ou serviço tHEC Type O campo Extension Header não estará presente Extension Header Field GFP – Generic Frame Procedure – Null Extension Header

25 25 Extension Header Field CID - Channel ID Campo de 8 bits para identificar até 256 canais GFP independentes em um mesmo link eHEC - Extension Header Correction Código de 16 bits para controle de errors corrige um bit errado deteta multiplos erros de bit no campo Extension Header eHEC CID Spare tHEC Type Linear Frame Extension Header (EXI = 0001) Aplica-se a configurações lineares (ponto-a-ponto), onde vários clientes independentes ou serviços são agregados a uma única via de transporte Spare Campo de 8 bits para uso futuro Extension Header para Ring Frame em estudo GFP – Generic Frame Procedure – Linear Extension Header

26 26 Fluxos GFP de múltiplas portas ou clientes são multiplexados quadro a quadro Células GFP IDLE são transmitidas no caso de não haver sinal de cliente eHEC CID Spare Linear Extension Header signals GFP Mux Fluxos GFP com clientes distintos IDLE Insertion CID=0CID=2CID=1 CID=0 CID=1 CID=2 GFP – Generic Frame Procedure Linear Extension Header – Multiplexação

27 27 CPI - Client Payload Information Field Campo de comprimento variável o qual contém informação útil de cliente/serviço GFP-F (frame mapped) CPI transporta frames de cliente GFP-T (transparent mapped) CPI transporta caracteres de cliente (unframed) máx. comprimento: bytes - payload header - pFCS Payload Area Core Header Client Payload Information (CPI) Payload Headers Optional Payload FCS pFCS - Payload Frame Check Sequence Código de controle opcional de 32 bits para proteger o campo client payload information Estará presente se PFI=1 no campo Type (Payload Header) pFCS pode somente detetar bits errados GFP – Generic Frame Procedure – Client Payload Area

28 28 GFP-T 1GigE IDLELEEthEth. FrameIDLEEthernet Frame GFP-F Frame a Frame GFP Ethernet FrameGFP EthGFP Eth. FrameTransparentGFPTransparentGFPTransparentGFP GFP Header ou IDLE frames Bloco a Bloco fixo variável GFP GFP – Generic Frame Procedure – Client Payload Area

29 29 Source Address Destination Address Preamble Start of Frame Delimeter Length/Type MAC Client Pad Frame Check Sequence Bytes tHEC Type PLI cHEC GFP Extension Header GFP Payload As Client Bytes Ethernet MAC FrameGFP-F Frame Source Address Destination Address Length/Type MAC Client Pad Frame Check Sequence GFP – Generic Frame Procedure Framed Mapeamento Ethernet

30 30 5M 7.5M 10M t M Ethernet Quadros Ethernet Quadro GFP mapeados com Ethernet GFP – Generic Frame Procedure Tráfego Variável GFP Idle Frames Rajada Constante

31 31 Concatenação

32 32 Concatenação Contígua Concatenação Virtual VC-n-Xc VC-n-Xv Concatenação

33 33 Concatenação Contígua de X VC-4s VC-4-Xc, sendo X = 4, 16, 64, 256 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 VC bytes 261 bytes N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 -4c VC- 4-4c 4 x 260 bytes 4 x 261 bytes Bit stuffing

34 Mbps Problema: Como transportar 100Mbps Ethernet sobre SDH? C-4 é desperdício! Concatenação Contígua Tamanhos dos VCs do SDH C Mbit/s C Mbit/s C Mbit/s > 150 Mbps C-4-4c 599 Mbit/s C-4-16c 2,396 Gbit/s C-4-64c 9,584 Gbit/s C-4-256c 38,338 Gbit/s Concatenação Contígua

35 35 Virtual Container Capacidade VC-4 VC-4-4c VC-4-16c VC-4-64c VC-4-256c 149,76 Kbps 599,04 Kbps 2.396,160 Kbps 9.584,640 Kbps ,560 Kbps X=1 X=4 X=16 X=64 X=256 Concatenação Contígua de X VC-4s

36 36 Concatenação Virtual VC ou VCat – Virtual Concatenation A Concatenação Virtual está padronizada pela ITU-T G.707 para containers SDH e pela ANSI T.105 para containers SONET; É uma forma de se montar uma estrutura de containers que seja eficiente para transportar cada tipo de sinal; Oferece a granularidade do VC-n; Pode-se concaternar VCs de Baixa Ordem (64x) e Alta Ordem (256x); VC-n-Xv

37 37 Ethernet (10M) VC3 20% VC-12-5v 92% Taxa de Tx Eficiencia sem VCat Utilizando VCat Fast Ethernet (100M) VC-4 67% VC-12-47v 100% Gigabit Ethernet (1G) VC-4-16c 42% VC-4-7v 85% Concatenação Virtual Tamanhos dos VCs do SDH C Mbit/s C Mbit/s C Mbit/s

38 38 RS-ACKRS-ACK Transmitido por um bit do Byte K4 32 frame Multi-Frame High Order VCLow Order VC Informação no Byte H4 16 frame Multi-Frame F2 H4 F3 K3 B3 C2 G1 J1 N1 VC-3 / VC-4 out of VC-3-Xv / VC-4-Xv J2 N2 K4 V5 VC-2 / VC-11/VC-12 out of VC-2-Xv / VC-11-Xv /VC-12-Xv New Generation SDH VC ou Vcat – Virtual Concatenation

39 39 Concatenação Virtual de X VCs VC-X-Nv, com X = 3, 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 4 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 VC- 3- 4v 84 bytes 85 bytes N x VCs Independentes H4

40 40 VC & LCAS Control Packet RS-ACKRS-ACK Frame Counter MFI VCG Sequence Indicator SQ Virtual Concatenation Information Reservado para LCAS New Generation SDH VC ou Vcat – Virtual Concatenation

41 41 Direção da Informação Origem Destino MFI Multi-Frame Indicator é um contador para distinguir vários VCGs* uns dos outros necessário para compensar o Delay Diferencial SQ Sequence Indicator é um contador para diferenciar cada container VC-n dentro do VCG* para re-ordenar os containers VC-n no ponto de chegada em caso de ocorrencia de delay diferencial New Generation SDH

42 42 0 MFI2 MFI N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 VC-3-1v Concatenação Virtual SQ=0 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 VC-3-2v 0 MFI2 MFI SQ=1 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 N1 K3 F3 H4 F2 G1 C2 B3 J1 C- 3 VC-3-3v 0 MFI2 MFI SQ=2

43 43 Concatenação Virtual de X VC-12 VC v N x VCs Independentes K4 N2 J2 V5 VC- 12 K4 N2 J2 V5 VC- 12 K4 N2 J2 V5 VC- 12 K4 N2 J2 V5 VC- 12 K4 N2 J2 V5 C bytes 500µs 1 VC-12 capacidade de 2,176 Mbps VC-12-5v capacidade de 10,880 Mbps K4 byte K4 2º bit

44 44 VC-12-1v K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 MFI 1 SQ 0 MFI 2 SQ 0 MFI 3 SQ 0 MFI 32 SQ 0 VC-12-2v K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 MFI 1 SQ 0 MFI 2 SQ 0 MFI 3 SQ 0 MFI 32 SQ 1 VC-12-3v K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 MFI 1 SQ 0 MFI 2 SQ 0 MFI 3 SQ 0 MFI 32 SQ 2 Concatenação Virtual de X VC-12

45 45 5M 7.5M 10M t M Ethernet Quadros Ethernet Quadro GFP mapeados com Ethernet Next Generation SDH Tráfego Variável GFP Idle Frames Tráfego Constante 5M 7.5M 10M t M

46 46 Quadro GFP mapeados com Ethernet Rajada Constante 5M 7.5M 10M t M VC-12-5v K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 K4 N2 J2 V5 Next Generation SDH

47 47 VC-4-2v Concatenação Virtual VC-4 #2 VC-4 #1 VC-4 #1 Caminho 2 Caminho 1 VC-4 #2 Differential Delay VC-4 #2 VC-4 #1 VC-4 #2 VC-4 #1 Concatenação Contígua VC-4-4c C-4 NE Um Caminho C-4 Core Network New Generation SDH

48 48 Cliente Aluga uma conexão de 6M para Internet (VC-12-3v) Telefona para operadora e solicita 2M adicionais! Operadora provisionará um novo VC-12 à via..e o adicionará a conexão existente via LCAS! sem interromper o serviço! Novos Serviços: Largura de Banda sob Demanda Rede de Transporte NG ISP LAN no cliente Gerência da Rede VC-12-3v +VC-12 LCAS

49 49 LCAS Link Capacity Adjustment Scheme

50 50 New Generation SDH LCAS – Link Capacity Adjustment Scheme - Padronizado pela ITU-T G É uma forma de se ajustar a capacidade / largura de banda dinamicamente e sem interromper o serviço - Extensão para Virtual Concatenation, transmitido pelos bytes H4 e K4 (POH). Transparente no Core da rede. - Protocolo LCAS atua nos NE das pontas (edge NEs) em uma forma de handshaking ponta-a-ponta e em tempo real Comunicação Fonte a Destino MFISQCTRLGIDCRC Fonte Destino Comunicação Destino a Fonte MSTRS-Ack

51 51 VC & LCAS Control Packet RS-ACKRS-ACK Frame Counter MFI VCG Sequence Indicator SQ Virtual Concatenation Information LCAS Error Protection CRC LCAS Member Status MST LCAS Control Commands CTRL LCAS Source Identifier GID LCAS Resequence Acknow- ledgement RS-Ack LCAS Information Pacotes de Informação trocados pelos NEs das pontas para o ajuste de largura de banda LCAS – Link Capacity Adjustment Scheme New Generation SDH

52 52 RS-ACKRS-ACK Direção da Informação Origem Destino MFI Multi-Frame Indicator é um contador para distinguir vários VCGs* uns dos outros necessário para compensar o Delay Diferencial SQ Sequence Indicator é um contador para diferenciar cada container VC-n dentro do VCG* para re-ordenar os containers VC-n no ponto de chegada em caso de ocorrencia de delay diferencial CTRL LCAS Control são: palavras/comandos que mostram o status atual dos containers dentro de um VCG* e iniciam alterações de banda FIXED – container no modo NON-LCAS ADD - container que será adicionado ao um VCG REMOVE - container que será removido de um VCG NORM - container é parte de um VCG ativo EOS – último container de um VCG ativo DNU - container com falha (do not use)

53 53 RS-ACKRS-ACK GID Group Identification Bit é um mecanismo adicional de verificação para assegurar que todos membros de um VCG fazem parte do mesmo grupo CRC Cyclic Redundancy Check é um mecanismo de proteção para deteção de erros de bit nos pacotes de controle. MST Member Status Field é um mecanismo, no qual o destino reporta à origem quais membros de um VCG estão sendo recebidos corretamente RS-Ack Re-sequence acknowledgement é um mecanismo no qual o destino reporta à origem a deteção de qualquer adição/remoção a/de um VCG Direção da Informação Origem Destino LCAS – Link Capacity Adjustment Scheme

54 54 Alocação Automática de Banda: Automaticamente, VCs pré-provisionados serão ativados Cliente não paga pela capacidade não utilizada do link Link Capacity Adjustment Scheme 5M 7.5M 10M t M Ethernet 5M 7.5M 10M t M Ethernet VC-12-2v VC-12-4v VC-12-5v 5M 7.5M 10M t M VC-12-5v

55 55 Agradecimentos Prof. MSc. Bruno de Oliveira Monteiro cel.: (35) (35) INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35)

56 56 INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35) Tecnologia NG-SDH


Carregar ppt "1 INATEL Competence Center Av. João de Camargo, 510 Santa Rita do Sapucai - MG Tel: (35) 3471-9330 TP309 – Redes de Transporte Parte 3."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google