A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Uma obra em eterna construção Profª Reisila Mendes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Uma obra em eterna construção Profª Reisila Mendes."— Transcrição da apresentação:

1 CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Uma obra em eterna construção Profª Reisila Mendes

2 Por que classificar? Os sistemas de classificações aumentam a nossa habilidade de explicar o relacionamento entre as coisas. Como classificar? A partir de critérios, como características morfológicas, locomoção, nutrição, cor, tamanho, etc. Reisila Mendes

3 SISTEMÁTICA É o ramo da biologia que estuda os tipos e as variações existentes entre os seres vivos. TAXONOMIA É um sistema sintético que organiza os seres vivos em categorias hierárquicas, além de lhes atribuir nomes científicos. Reisila Mendes

4 HISTÓRICO Até o fim do séc. 19 dois reinos: animalia e plantae. Critérios Animalia: nutrição heterotrófica e móveis. Plantae: nutrição autotrófica e fixos. Reisila Mendes

5 Ernest Hackel ( ) propôs a criação do reino PROTISTA. Critério: seres vivos que não são nem animais nem vegetais. Reisila Mendes

6 1960 desenvolvimento da microscopia eletrônica. Célula procariota Célula eucariota Reisila Mendes

7 Copeland ( ) propôs 4 reinos. Monera: unicelulares, procariontes. Proctotista: unicelulares, eucariontes, fungos e algas. Metaphita: pluricelulares, eucariontes e autótrofos. Metazoa: pluricelulares, eucariontes e heterótrofos. Reisila Mendes

8 Wittaker ( ) propôs 5 reinos. Critérios: produção de alimentos – Plantae; ingestão de alimentos – Animalia; absorção de alimentos – fungi; os três tipos – Protista e Monera. Reisila Mendes

9 1982 biólogas Lynn Margulis e Karlene Schwartz: As algas pluricelulares reino PROCTOTISTA. Critérios: morfológicos, fisiológicos e comportamentais. Reisila Mendes

10 Carl Woese: Divisão do reino Monera em dois – Eubactéria e Archeobactéria ( termófilas, metanogênicas e halófitas). 6 reinos: Eubactéria, Archeobactéria, Protista, Fungi, Plantae e Animalia. Critério: genes que levam à produção do RNA ribossômico. Reisila Mendes

11

12 Critério MOLECULAR – sequenciamento e comparação do DNA e do RNA dos seres vivos maior volume de informações disponíveis para classificação dos seres vivos. Nova categoria – DOMÍNIO – acima do reino. DOMÍNIO BACTERIA DOMÍNIO ARCHEA DOMÍNIO EUKARYA Reisila Mendes

13

14 Vírus: são seres vivos acelulares e diferentes de todos os outros seres vivos. Viróides: são partículas muito pequenas de RNA, desprovidas de envoltório. Príons: são moléculas de proteínas, capazes de causar doenças – encefalopatia espongiforme e Creutzfeldt-Jakob. Reisila Mendes

15 São acelulares; Parasitas intracelulares obrigatórios; Altamente específicos; Material genético DNA ou RNA. Vírus – um grupo sem reino

16 Reprodução Material genético Cápsula cromossomo Reisila Mendes

17 Reprodução do HIV Reisila Mendes

18 Doenças virais Formas de transmissão: Direta: pessoa a pessoa resfriado, gripe,herpes; perdigotos caxumba, sarampo,raiva, SARS; via placentária Rubéola, AIDS; Fluídos corporais AIDS, Hepatite B; Alimentos e água Hepatite A, Poliomielite. Indireta: picada do mosquito Dengue, Febre amarela.

19 Reisila Mendes (Ufmg 2007) É CORRETO afirmar que os morcegos, únicos mamíferos voadores conhecidos, são motivo constante de atenção dos serviços sanitários das Prefeituras, porque transmitem a) febre aftosa aos bovinos. b) gripe aviária aos frangos. c) leishmaniose aos cães e gatos. d) vírus da raiva ao homem.

20 Reisila Mendes (Ufmg 2007) É CORRETO afirmar que as doenças infecciosas diferem das doenças genéticas porque podem a) atingir mais de um indivíduo de uma mesma família. b) manifestar-se após o nascimento. c) ser diagnosticadas antes de os sinais clínicos aparecerem. d) ter maior incidência em determinadas estações do ano.

21 Reisila Mendes (Ufmg 99) Observe a figura. Num ambiente fechado, as gotículas de saliva eliminadas por meio de espirro ou tosse podem contaminar as pessoas com as seguintes doenças, EXCETO a) Giardíase b) Sarampo c) Gripe d) Tuberculose

22 Reisila Mendes Reino Monera – Bactérias e Cianobactérias Microrganismos unicelulares, procariontes, individuais ou coloniais. Componentes: hialoplasma, ribossomos, cromatina, membrana plasmática, membrana esquelética(parede celular) e plasmídios. Cápsula, fímbrias e flagelo.

23 Célula bacteriana Fímbrias Cápsula Parede celular Plasmídeos DNA associado ao mesossomo Nucleóide Flagelo Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna da membrana plasmática Mesossomo Citoplasma Ribossomos Membrana plasmática

24 Parede celular: método de Gram Bactéria gram-positiva – aqueles que retêm o corante Esquema de bactéria com parte da célula removida. Membrana plasmática Parede celular formada por camada espessa de peptidoglicano Esquema de parte da parede celular e da membrana plasmática de bactéria gram-positiva.

25 Parede celular: método de Gram Esquema de bactéria com parte da célula removida. Esquema de parte da parede celular e da membrana plasmática de bactéria gram-negativa. Membrana plasmática Camada de peptidoglicano Bactéria gram-negativa – não retêm o corante Lipopolissacarídeo Fosfolipídios Proteína Lipoproteínas Camada lipoprotéica externa, espessa, semelhante à membrana plasmática, com lipopolissacarídeos Parede celular

26 Importância das bactérias Na decomposição da matéria orgânica; No ciclo do nitrogênio – fixação, nitrificação e desnitrificação; Nos processos industriais – coalhadas, vinagres e iogurtes; Na engenharia genética;

27 A diversidade metabólica das bactérias Heterótrofas: Anaeróbias obrigatórias Anaeróbias facultativas; Anaeróbicas; Aeróbias. Autótrofas: Fotossintetizantes; Quimiossintetizantes (quimiolitotróficas).

28 (UFMG – 2007) – Observe esta figura, em que estão representados alguns seres vivos presentes no solo de uma mata, com a medida de seus respectivos tamanhos. Considerando-se os seres vivos representados nessa figura e outros conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar que a)Os animais que apresentam tamanho maior favorecem a permeabilidade dos solos férteis. b) os fungos e as bactérias são responsáveis pela degradação da matéria orgânica no solo. c) os organismos menores se caracterizam por alto metabolismo e eficiência na reciclagem de materiais. d) Os protozoários representados constituem o primeiro nível da pirâmide alimentar.

29 Considerando-se as informações desses gráficos, é correto afirmar que a) os mRNAs transcritos antes da adição do antibiótico B são traduzidos b) a queda da síntese de proteínas resulta da inibição da duplicação do DNA c) os dois antibióticos – A e B – atuam sobre o mesmo alvo d) o antibiótico A impede a síntese de novas moléculas de mRNA Efeito dos antibióticos A e B sobre a síntese de proteínas em bactérias Antibióticos : A – inibidor da tradução B - inibidor da transcrição

30 Conteúdo Biologia – Volume Único – Uzunian e Birner Revisão final Reisila Mendes Realização


Carregar ppt "CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Uma obra em eterna construção Profª Reisila Mendes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google