A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Atividade Vulcânica Ciências Naturais – 7º Ano Terra em Transformação Consequências da dinâmica interna da Terra Atividade vulcânica: riscos e benefícios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Atividade Vulcânica Ciências Naturais – 7º Ano Terra em Transformação Consequências da dinâmica interna da Terra Atividade vulcânica: riscos e benefícios."— Transcrição da apresentação:

1 A Atividade Vulcânica Ciências Naturais – 7º Ano Terra em Transformação Consequências da dinâmica interna da Terra Atividade vulcânica: riscos e benefícios Prof. Sara Marreco Erupção na Islândia National Geographic

2 Tipos de Vulcanismo O vulcanismo é um conjunto de processos através dos quais materiais provenientes do interior da Terra são expelidos para a superfície. Divide-se em: a) Vulcanismo primário ou principal: caracteriza-se pela ocorrência de erupções vulcânicas, nas quais são libertados do interior da Terra materiais sólidos, líquidos e gasosos. b) Vulcanismo secundário, residual ou atenuado: caracteriza-se por manifestações secundárias de atividade vulcânica, quando um vulcão, após um período ativo, entra numa fase de repouso.

3 A Vulcanologia A vulcanologia é o ramo da geologia que estuda a formação, classificação e distribuição de fenómenos vulcânicos. Os cientistas que estudam os vulcões são designados por vulcanólogos. Vítor Hugo Forjaz, vulcanólogo português Fato isolante usado por vulcanólogos

4 Vulcanismo Primário Neste tipo de vulcanismo, os materiais vulcânicos podem sair para a superfície terrestre através de uma fissura – vulcanismo fissural – ou através de um aparelho vulcânico ou vulcão – vulcanismo central. Vulcanismo fissural, Kilauea - HavaiVulcanismo central, Stromboli - Itália

5 Estrutura de um Vulcão Vulcão ou Aparelho Vulcânico: estrutura geológica por onde é expelida para o exterior uma mistura de materiais a uma temperatura muito elevada. Magma: mistura complexa de rochas fundidas e gases, formada no interior da Terra, que se acumula na câmara magmática. Lava: nome que se dá ao magma quando chega à superfície e já perdeu parte dos gases que possuía. Que dará origem à…

6 Estrutura de um Vulcão Nota: Aos reservatórios de magma de menores dimensões dá-se o nome de bolsada magmática. Adaptado de: Sistema Terra, Texto Editores

7 Estrutura de um Vulcão Vulcões adormecidos: são aqueles que não se encontram atualmente em atividade mas evidenciam sinais de perturbação e podem entrar de novo em erupção. Monte Fuji, Japão

8 Estrutura de um Vulcão Vulcões extintos: são aqueles que têm pouca probabilidade de entrar novamente em atividade. Porém, é difícil afirmar com certeza que um vulcão está extinto. Vulcão Licancabur, Chile

9 Caldeiras Vulcânicas Caldeira: depressão que se forma no topo de um vulcão por abatimento – caldeira de colapso – ou por explosão do cone vulcânico – caldeira de explosão. Caldeira de colapso Lagoa das Sete Cidades, S. Miguel (Açores)

10 Caldeira de explosão Monte Santa Helena, Washington (EUA) Caldeiras Vulcânicas

11 Adaptado de: Terra Mãe, Texto Editores

12 Materiais expelidos pelos vulcões Os materiais libertados por atividade vulcânica podem ser: - Gasosos: vapor de água, dióxido de carbono, dióxido de enxofre, entre outros. - Líquidos: rocha fundida (lava); - Sólidos: piroclastos (blocos, bombas, pedra pomes, lapilli e cinzas). Líquidos Gasosos Sólidos

13 Materiais Gasosos São compostos por uma mistura complexa, de composição variável, onde se destacam o vapor de água, o dióxido de carbono e o dióxido de enxofre, entre outros. Monte Santa Helena, Washington (EUA) Yellowstone, EUA

14 Materiais Gasosos Viscosidade: propriedade que depende da composição química do magma, condiciona as características dos materiais expelidos e da própria erupção. Magma com baixa viscosidade Os gases transportados pelo magma libertam-se com facilidade, formando uma lava fluída. Magma com elevada viscosidade Os gases transportados pelo magma libertam-se com dificuldade, formando uma lava pouco fluída (viscosa).

15 Materiais Líquidos A lava corresponde a uma mistura de rochas em fusão, após a desgaseificação do magma. Ao arrefecer, solidifica e dá origem a rochas vulcânicas. Pode ter vários aspetos: Lava encordoada: lava de aspeto semelhante a cordas.

16 Lava escoriácea: lava com superfícies ásperas e fissuradas. Lava em almofada: lava submarina com aspeto almofadado.

17 Materiais Líquidos As lavas fluídas têm uma temperatura muito elevada, são pobres em sílica e em gases e movem-se muito rapidamente. As lavas pouco fluídas apresentam baixas temperaturas, são ricas em sílica e em gases e movem-se com muita dificuldade.

18 Materiais Sólidos Piroclastos (pedaços de lava parcialmente sólida ou pedaços da chaminé) Blocos e Bombas (forma irregular, diâmetro maior que 64 mm) Pedra Pomes (piroclasto leve e poroso) Lapilli (forma irregular, diâmetro entre 2 e 64 mm) Cinza (pequenas partículas, diâmetro menor que 2 mm)

19 Que materiais saem dos Vulcões? CINZA LAPILLI PEDRA-POMES BLOCO

20 Tipos de Erupções Vulcânicas Os tipos de atividade vulcânica dependem da viscosidade do magma. Podem ser considerados 3 tipos: erupção efusiva, erupção explosiva e erupção mista. Erupção explosiva Monte Santa Helena, EUA Erupção efusiva Mauna Loa, Havai

21 Erupções Efusivas - Lava com viscosidade reduzida e muito fluída; - Gases com facilidade em libertar-se (erupções tranquilas); - Emissões raras de piroclastos; -Cones vulcânicos baixos e com vertentes suaves; - Formação de escoadas de lava e repuxos de lava. Mauna Loa, Havai Adaptado de: Terra Mãe, Texto Editores

22 Escoada de Lava, Mauna Loa (Havai) Repuxo de Lava, Mauna Loa (Havai) Erupções Efusivas

23 - Lava com viscosidade muito elevada que solidifica junto ao cone; - Gases com dificuldade em libertar-se (erupções violentas); - Formação de piroclastos; - Cones vulcânicos altos e com vertentes inclinadas; - Formação de domos ou agulhas vulcânicas, quando a lava solidifica na chaminé; - Formação de nuvens ardentes. Monte Ruapehu, Nova Zelândia Erupções Explosivas Adaptado de: Terra Mãe, Texto Editores

24 Agulha Vulcânica, Brasil Nuvem ardente, Monte Pinatubo (Indonésia) Erupções Explosivas

25 Erupções Mistas - Períodos alternados de atividade efusiva e explosiva; - Lava viscosa na fase explosiva e fluída na fase efusiva; - Na fase efusiva formam-se escoadas curtas; - Na fase explosiva as explosões são pouco violentas; - Os cones vulcânicos apresentam camadas alternadas de lava solidificada e piroclastos. Stromboli, Itália Adaptado de: Terra Mãe, Texto Editores

26 Distribuição dos Vulcões Adaptado de: Sistema Terra, Texto Editores

27 Distribuição dos Vulcões - Ocorrem no limite das placas litosféricas; - A maior concentração de vulcões encontra-se no Pacífico (Anel de Fogo do Pacífico); - Podem também surgir em dorsais médio-oceânicas e na cintura mediterrânico- asiática (limite entre as placas euroasiática e africana). Mauna Loa, HavaiPinatubo, Filipinas

28 Vulcanismo em Portugal - Vulcanismo extinto: região entre Mafra e Lisboa e no Arquipélago da Madeira; Penedo do Lexim Complexo Vulcânico de Lisboa-Mafra

29 Vulcanismo em Portugal - Vulcanismo ativo: Açores (o arquipélago situa-se no encontro de três placas litosféricas – euroasiática, africana e norte-americana). Furnas em Ponta Delgada Ilha de S. Miguel, Açores

30 O Vulcanismo Secundário Vulcanismo Secundário, Atenuado ou Residual: manifestações vulcânicas que permanecem após as erupções. Nascentes Termais Emissão de águas quentes ricas em sais minerais. Fumarolas Emissões de gases por fissuras. Géiseres Emissão intermitente de repuxos de água quente e vapor.

31 Fumarolas São emissões de nuvens de vapor de água e outros gases, a temperaturas elevadas, através de fendas do aparelho vulcânico. Quando liberta gases compostos por enxofre designam-se por sulfataras; quando liberta maioritariamente dióxido de carbono designam-se por mofetas. SulfataraMofeta

32 Geiseres São jatos de água quente e vapor projetados a grande altura, de forma intermitente. Old Faithful, Yellowstone - EUA

33 Nascentes Termais São fontes de água quente que contém substâncias minerais dissolvidas, normalmente com valor medicinal. Nascente termal, Islândia Nascente termal, São Miguel (Açores)

34 Riscos da atividade vulcânica Ocorrência de sismos; Formação de nuvens ardentes; Formação de correntes de lama. Elevado número de vítimas Danos em bens e habitações Destruição de cidades inteiras Alteração do clima e da atmosfera Pompeia, Itália Sicília, Itália É importante monitorizar os Sinais Percursores!

35 Sinais percursores da atividade vulcânica Adaptado de: Terra Mãe, Texto Editores

36 Benefícios da atividade vulcânica - Aumenta a fertilidade dos solos; - Permite explorar de depósitos de substâncias minerais com valor económico; - Desenvolvimento da ciência; - Tratamentos medicinais. Estudo do vulcão Bromo, Indonésia Nascentes termais, Islândia

37 - Permite a exploração do calor interno da Terra como forma energética (energia geotérmica); - Incentiva o turismo. Central Geotérmica da Ribeira Grande, São Miguel (Açores) Benefícios da atividade vulcânica Erupção do Mauna Loa, Havai

38 Recursos Utilizados Autora: Autora: Sara Marreco, professora de Ciências Naturais Manuais consultados: - Campos, C. & Dias, M (2012). Terra Mãe, Texto Editores, pág.168 a Campos, C. & Delgado, Z. (2006). Sistema Terra, Texto Editores. Pág. 116 a 129.Imagens: Todas as imagens utilizadas, à exceção das que foram retiradas dos manuais supracitados, foram recolhidas através do Google.


Carregar ppt "A Atividade Vulcânica Ciências Naturais – 7º Ano Terra em Transformação Consequências da dinâmica interna da Terra Atividade vulcânica: riscos e benefícios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google