A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Marco Institucional Experiência brasileira Seminário Internacional Politicas de Tempo e Tempo das Politicas CEPAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Marco Institucional Experiência brasileira Seminário Internacional Politicas de Tempo e Tempo das Politicas CEPAL."— Transcrição da apresentação:

1 Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Marco Institucional Experiência brasileira Seminário Internacional Politicas de Tempo e Tempo das Politicas CEPAL – Chile Santiago, 30 de novembro de 2011

2 Marco legal Portaria Inteministerial de setembro de 2009 criou o Comitê de Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Secretaria de Politicas das Mulheres e Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão

3 Instituições participantes Secretaria de Politica para as Mulheres Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Instituto de Pesquisa Economia Aplicada Participação permanente nas reuniões ONU Mulheres OIT do Brasil

4 Principais Resultados no Âmbito do Comitê

5 Sistema Integrado de Pesquisas Domiciliares em construção pelo IBGE vai aprofundar investigações em temas tais como: A responsabilidade pelo domicilio Cuidados e trabalho não remunerado em geral Uso do Tempo – no modelo diário Tópicos em vitimização

6 Responsabilidade pelo domicílio A responsabilidade pelo domicílio é de: 1. Apenas um morador 2. Mais de um morador Se a responsabilidade do domicílio for de mais de um morador, será necessário indicar um dos responsáveis pelo domicílio para iniciar a lista das pessoas que moram no domicílio. Núcleo básico - SIPD

7 Motivo da escolha do responsável pelo domicílio Se houver mais de uma pessoa residindo no domicílio e um único responsável, será feita a seguinte pergunta: Qual é o principal motivo para a escolha de... como responsável pelo domicílio? 01. É a pessoa proprietária do domicílio 02. É a pessoa em nome de quem está alugado o domicílio 03. É a pessoa que paga a maior parte das despesas 04. É a pessoa que cuida do domicílio e dos moradores 05. É a pessoa que tem a última palavra nas decisões importantes para os moradores 06. É a pessoa que tem mais idade 07. É a pessoa que tem o maior rendimento 08. É a pessoa que tem maior escolaridade 09. Porque é homem 10. Porque é mulher 11. Outro: especifique Núcleo básico - SIPD

8 PNAD Contínua Capta trimestralmente 1 e 2 (questionário reduzido). Capta anualmente 1, 2, 3, 4, 5 e 6 (questionário ampliado). Atividades captadas na PNAD Contínua Atividades consideradas produtivas pelo Sistema de Contas Nacionais 1. Trabalho em emprego remunerado 2. Trabalho independente em empresas mercantis (empregador, conta própria ou trabalhador familiar auxiliar) 3.Trabalho de subsistência (próprio consumo/uso) 4.Trabalho voluntário 5. Cuidados de pessoas do próprio domicílio ou da família 6. Afazeres domésticos

9 PNAD Contínua Capta trimestralmente 1 e 2 (questionário reduzido). Capta anualmente 1, 2, 3, 4, 5 e 6 (questionário ampliado). Atividades captadas na PNAD Contínua 1. Trabalho em emprego remunerado 2. Trabalho independente em empresas mercantis (empregador, conta própria ou trabalhador familiar auxiliar) 3.Trabalho de subsistência (próprio consumo/uso) 4.Trabalho voluntário 5. Cuidados de pessoas do próprio domicílio ou da família 6. Afazeres domésticos Atividades consideradas produtivas pelo Sistema de Contas Nacionais

10 Variáveis captadas Atividades destinadas exclusivamente ao próprio consumo ou uso cultivo, pesca caça ou criação de animais 1, 3 produção de carvão, corte ou coleta de lenha, palha ou outro material 1, 4 fabricação de calçados, móveis, cerâmicas ou alimentos 1, 4 construção de prédio, cômodo, poço ou outras obras de construção 1, 3 principal atividade exercida (em cada um dos 4 itens acima) horas efetivamente dedicadas na semana (em cada um dos 4 itens acima) 1 Captado apenas no questionário ampliado. 3 Captado parcialmente na PNAD. 4 Não captado na PNAD. Pessoas ocupadas e não ocupadas

11 Variáveis captadas Trabalho voluntário exercício de atividades de trabalho voluntário 1, 3 horas efetivamente dedicadas na semana 1, 4 principal atividade exercida 1, 4 forma de realização do trabalho voluntário (trabalho independente ou por meio de empresa, organização ou instituição) 1, 4 atividade da empresa, organização ou instituição 1, 4 tipo de empresa, organização ou instituição 1, 4 1 Captado apenas no questionário ampliado. 3 Captado parcialmente na PNAD. 4 Não captado na PNAD. Pessoas ocupadas e não ocupadas

12 Variáveis captadas Afazeres domésticos dedicação aos afazeres domésticos 1 horas efetivamente dedicadas na semana 1 Cuidados cuidado de moradores do domicílio 1, 3 identificação do(s) morador(es) que recebeu(receberam) cuidados 1, 4 horas efetivamente dedicadas aos cuidados de moradores do domicílio 1, 4 cuidado de familiar(es) residente(s) em outro domicílio 1, 4 idade do(s) familiar(es) recebeu(receberam) cuidados 1, 4 horas efetivamente dedicadas aos cuidados de familiares 1, 4 1 Captado apenas no questionário ampliado. 3 Captado parcialmente na PNAD. 4 Não captado na PNAD. Pessoas ocupadas e não ocupadas

13 Prova piloto Pesquisa de Uso do Tempo Resultados sob analise Realizada nas cinco Grandes Regiões brasileiras – Diferenças sócio econômicas marcantes. Uso de computador na captação de informações e codificação automática. Classificação ICATUS Compatibilizar com a CAUTAL Pesquisa nacional será incorporada ao Sistema Integrado de Pesquisas Domiciliares em construção.

14 Outras iniciativas conduzidas a partir do Comitê de Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Pesquisa junto a administrações municipais – segunda realização (similar para Estados) Pesquisa em 2009 para mapeamento da vitimização no Pais (parceria, também com o Conselho Nacional de Justiça) Estudo sobre os principais registros administrativos Exemplo: registros de ocorrências policiais.

15 Inserções internacionais relevantes Seminários Internacionais (2) CEA CEPAL Grupos Gênero, Trabalho e Estatísticas Agrícolas Seminários anuais México IATUR – Associação Internacional de Investigações sobre o Uso do Tempo Participações e vice- presidência CONVITE IATUR 2013 Rio de Janeiro Comitê

16 Conclusão Empenho de pessoas e instituições Institucionalização para assegurar o progresso das diversas iniciativas.

17 GRACIAS ! Marcia Quintslr IBGE – Diretora de Pesquisas


Carregar ppt "Estatísticas de Gênero e Uso do Tempo Marco Institucional Experiência brasileira Seminário Internacional Politicas de Tempo e Tempo das Politicas CEPAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google