A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Roberto Vermulm FINEP FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS XXVII - ENPROP “A Integração Universidade-Empresa” Roberto Vermulm Diretor Diretoria de Desenvolvimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Roberto Vermulm FINEP FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS XXVII - ENPROP “A Integração Universidade-Empresa” Roberto Vermulm Diretor Diretoria de Desenvolvimento."— Transcrição da apresentação:

1 Roberto Vermulm FINEP FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS XXVII - ENPROP “A Integração Universidade-Empresa” Roberto Vermulm Diretor Diretoria de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da FINEP Belém – Dezembro de 2011

2 Caracterização da Inovação no Setor Industrial do Brasil com base nos dados do IBGE, PINTEC Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira Levantamento relativo aos períodos

3 Inovação  Produto Novo ou substancialmente aprimorado  Processo de Produção Novo ou substancialmente aprimorado “A implementação da inovação ocorre quando o produto é introduzido no mercado ou quando o processo passa a ser operado pela empresa ”. Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

4 No Brasil ainda é relativamente baixa a taxa de inovação no setor industrial Nº de empresas industriais com 10 ou mais pessoas ocupadas: Nº de empresas que implementaram pelo menos uma inovação entre 2006 e 2008: Taxa de Inovação 38,1% Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

5 Taxa de Inovação  Predominam as inovações de processo  É muito baixa a taxa de inovação para o mercado nacional Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

6 Taxa de Inovação Geral Por Tamanho de Empresa  a taxa de inovação tende a aumentar de acordo com o tamanho da empresa Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

7 O principal responsável pelo desenvolvimento Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

8 Realização de P&D na empresa Realização de P&D externa à empresa Aquisição de conhecimentos externos Aquisição de máquinas e equipamentos Aquisição de software Treinamento de mão-de-obra Introdução das inovações no mercado Preparações para a produção e distribuição A inovação decorre de um processo de busca permanente da empresa, principalmente no caso das inovações maiores, mais radicais Na PINTEC, o IBGE gera informações sobre a realização das seguintes atividades inovativas: Em 2008, 80% das empresas industriais que inovaram realizaram pelo menos um tipo de atividade inovativa Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

9 % das Empresas que Inovaram entre que consideraram ALTA IMPORTÂNCIA das atividades inovativas Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

10 Das empresas industriais que inovaram entre 2006 – 2008, apenas 11% realizaram P&D interna em 2008 (foram empresas). Atividades internas de P&D em 2008 Faixas de P.O.Nº empresas Custo em P&D % s/TOTAL de 10 a ,6 de 30 a ,7 de 50 a ,3 de 100 a de 250 a ,3 + de ,1 TOTAL % R$ milhões Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

11 Das empresas industriais que investiram em P&D interna em 2008, 71% investiram de forma contínua e as demais o fizeram ocasionalmente. Portanto, são empresas industriais no Brasil que investem continuamente em P&D interna. Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

12 A atividade de P&D é concentrada entre os setores industriais A indústria automobilística é responsável por 30% da P&D contínua realizada internamente nas empresas A indústria de refino de petróleo é responsável por 16% Esta concentração reflete tanto as diferenças setoriais de padrões de inovação quanto a estrutura do setor industrial no Brasil. Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

13 As empresas que realizaram P&D internamente em 2008, empregaram pessoas nessas atividades 60% dessas pessoas possuíam formação de nível superior 9% dessas pessoas empregadas em P&D interna possuíam pós-graduação Caracterização da Inovação na Indústria Brasileira

14 Média de RH por empresa que faz P&D interna


Carregar ppt "Roberto Vermulm FINEP FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS XXVII - ENPROP “A Integração Universidade-Empresa” Roberto Vermulm Diretor Diretoria de Desenvolvimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google