A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1631 1639 1761 1769 1874 1882 2004 2012 2117 Vénus em trânsito Nuno Crato Luís Tirapicos Fernando Reis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1631 1639 1761 1769 1874 1882 2004 2012 2117 Vénus em trânsito Nuno Crato Luís Tirapicos Fernando Reis."— Transcrição da apresentação:

1 Vénus em trânsito Nuno Crato Luís Tirapicos Fernando Reis

2 Planeta transparente? Séc. XII, Sevilha: Alpetragius, Abu Ishaq Al-Bitruji Al-Ishbili Tabelas Rudolfinas, 1627, Kepler ( ) Admonitio: Trânsito de Mercúrio de 7 de Novembro de 1631

3 Pierre Gassendi ( ) vê Mercúrio após dois dias de espera, num intervalo entre as nuvens «O engenhoso deus tinha tentado enganar os astrónomos passando pelo Sol um pouco mais cedo do que esperado, e tinha lançado um véu de nuvens sobre a Terra para tornar mais segura a sua escapada. Mas Apolo, acostumado desde a infância aos seus truques baixos, não o deixaria passar despercebido»

4 Trânsitos são raros ! Trânsitos de Mercúrio entre 1900 e de Novembro19576 de Maio20037 de Maio20529 de Novembro de Novembro19607 de Novembro20068 de Novembro de Maio de Maio19709 de Maio20169 de Maio de Novembro de Novembro de Novembro de Novembro de Novembro de Maio de Novembro de Novembro20857 de Novembro de Novembro19936 de Novembro20397 de Novembro20958 de Maio de Novembro de Novembro20497 de Maio de Novembro Trânsitos de Vénus entre os anos 1000 e de Maio16317 de Dezembro de Dezembro de Dezembro de Maio16394 de Dezembro21258 de Dezembro de Dezembro de Novembro17616 de Junho de Junho de Junho de Maio17693 de Junho22559 de Junho de Junho de Maio18749 de Dezembro de Dezembro de Dezembro de Novembro18826 de Dezembro de Dezembro de Dezembro de Maio20048 de Junho de Junho de Junho de Maio20126 de Junho de Junho de Junho

5 Trânsitos são raros ! Mercúrio: 7,0º Vénus: 3,4º

6 anos terrestres 5 períodos sinódicos 8 x 365,256 = 2922,048 5 x 583,924 = 2919,620 Diferença = 2,428 dias de avanço em 8 anos: 0,0066 de uma órbita 105,5 anos ou 121,5 anos entre pares separados por 8 anos Períodos orbitais: Vénus: 1/224,701 dias, Terra: 1/365,256 dias Diferença: 1/224, /365,256 = 0, (fracção que Vénus ganha à Terra por dia) Período sinódico: 1/0, = 583, dias entre conjunções

7 Nodo ascendente Nodo descendente Terra Vénus. Sol Passagem da Terra nos nodos : 7 Dezembro 5 Junho - Condições para um trânsito : - alinhamento Sol-Vénus-Terra (584 d) - na vizinhança do nodo - Combinação muito rara Animação de F. Mignard

8

9 Jeremiah Horrocks ( ), n. Toxteth, Liverpool sizar em Cambridge Igreja de Hoole refez os cálculos de Kepler e de Lansberge ( ) Prevê um trânsito de Vénus de 4 de Dezembro de 1639 Escreve ao irmão e a William Crabtree ( ), não a outros amigos porque... «a maioria deles pouco se importa com minudências deste estilo, preferindo os seus falcões e cães de caça, para não dizer pior» Venus in sole visa

10 Horrocks, British Astronomy Father, de Eyre Crowe, 1891, Walker Art Gallery, Liverpool Crabtree Watching the Transit of Venus, de Ford Madox Brown, 1881, Manchester Town Hall

11 Edmond Halley ( ), com 20 anos, em viagem pelos mares do Sul, é o primeiro a observar um trânsito do princípio ao fim. Foi o trânsito de Mercúrio que observou na Ilha de Santa Helena

12 Trânsito de Mercúrio 7 Nov 1677

13 E se visse o trânsito em Londres ?

14 Medida de distância é equivalente à de paralaxe Paralaxe solar = α 1000 kmparalaxe AristarcoSéc III a.C.3 PtolomeuSéc II ,8 CopérnicoSéc. XVI ,4 KeplerSéc. XVII <1 Horrocks UAI - Radar ,79

15 Mas teria de ser um trânsito de Vénus ! Medindo as durações obtinham-se os arcos e a partir daí o ângulo α Precisão de um segundo = erro 1/500

16 Edmond Halley escreve a sua ideia em 1678 e 1691 Faz apelo aos astrónomos «Há muitas coisas extraordinariamente paradoxais e que parecem bastante incríveis aos iletrados, as quais se podem facilmente resolver mediante princípios matemáticos» «um método pelo qual a imensa distância ao Sol pode ser verdadeiramente obtida com erro de um quinhentos avos em relação ao que de facto é» «jovens astrónomos que poderão viver para observar estas coisas» Philosophical Transactions,

17 Joseph-Nicolas Delisle ( ) modifica método de Halley e coordena esforço internacional Método de Delisle: - apenas um dos contactos - calcular os tempos universais - implica conhecimento preciso da longitude

18 Delisle envia um mapa e instruções para muitos astrónomos Corresponde-se com Manuel de Campos Soares de Barros ( ) João Baptista Carbone ( ) João Chevalier ( ) Eusébio da Veiga ( ) João Jacinto Magalhães ( ) Teodoro de Almeida ( ) Observadores portugueses: Soares de Barros, em Paris Miguel Ciera, Colégio dos Nobres, Lisboa Teodoro de Almeida, escondido...

19 no convento dos oratorianos, no Porto

20

21 Há 120 observadores, mas os resultados têm muitos erros. Foi difícil cronometrar os contactos! Que se teria passado? Astrónomos preparam-se para o trânsito de 1769

22 Captain James Cook ( ), pintura de Nathaniel Dance, 1776 National Maritime Museum, Greenwich

23 Mas de novo aparecem problemas... A infame gota negra

24 Karl Friedrich Gauss ( ) desenvolve a técnica dos mínimos quadrados para a determinação de órbitas 1000 kmparalaxe AristarcoSéc III a.C.3 PtolomeuSéc II ,8 CopérnicoSéc. XVI ,4 KeplerSéc. XVII <1 Horrocks Encke ,58 UAI - Radar ,79 Johann Encke ( ) estuda trânsitos de 1761 e 1769, incluindo muitos observadores, entre os quais os três portugueses de 1761

25 J. W. Draper ( ) faz primeiro daguerreótipo da Lua em 1840 John Adams Whipple ( ) e George Philips Bond ( ), 1852 João Capello, Observatório Infante D. Luís, Lisboa, 1870

26 U.S.N.O. Na primavera de 1874 De S. Newcomb, Popular Astronomy, 1878 O poder da organização e profissionalismo

27 Simon Newcomb ( ) Foto-heliógrafo usado por norte-americanos e franceses Revólver fotográfico de Jules Janssen ( ) usado em Nagasáqui pelo brasileiro Francisco de Almeida Jr.

28 William Harkness ( ) Simon Newcomb ( ) Uma das 11 fotografias sobreviventes das 1700 tiradas pelos norte-americanos em 1882

29 Em Coimbra usou-se um telescópio Troughton com objectiva de 11,5 cm (4,5 polegadas), resultados publicados em português na Universidade de Coimbra dos observadores Pessoa e Miranda

30 Em Lisboa foi registado no Observatório da Ajuda, segundo o Diário Popular de 7 de Dezembro e segundo relato posterior de Patrocínio da Costa (1895) Participaram Frederico Augusto Oom ( ), Alves do Rio e Campos Rodrigues ( ) F.A.O. C.R. Frederico Oom ( ) em 1912, colecção F. da Cunha, AFML. Grande equatorial usado em 1882

31 uma experiência que todos podemos fazer -> A gota negra não desapareceu com as fotografias... Sonda TRACE, trânsito de Mercúrio, 15 de Novembro de 1999

32 kmparalaxe AristarcoSéc III a.C.3 PtolomeuSéc II ,8 CopérnicoSéc. XVI ,4 KeplerSéc. XVII <1 Horrocks Encke ,58 Hall (Marte) ,84 Galle (Flora) ,87 Harkness ,80 Newcomb ,79 UAI - Radar ,79

33 Em Portugal, na imprensa: notícias várias de agências Nas publicações especializadas A. Zeferino Cândido da Piedade, Parallaxe Solar, 1877 nada sobre os portugueses J. F. Sousa Pinto, Parallaxe do Sol, 1879 nada sobre os portugueses João da Costa, A Parallaxe do Sol e as Passagens de Vénus, 1895 não identifica observadores de 1761, única fonte sobre 1882 Rómulo de Carvalho, 1967, 1985, refere Teodoro de Almeida através da correspondência de Delisle

34 Chegamos a 8 de Junho de 2004 Onde e quando se pode ver o trânsito ?

35 8 Junho 2004, 11h15 TU, Saída de Vénus Junho 2004, 5h30 TU 8 Junho 2004, 5h30 TU, Entrada de Vénus 8 Junho 2004, 11h15 TU

36 Cidade Contacto 1 Contacto 2 Contacto 3 Contacto 4 Bragança 05:20:15 4º05:40:10 7º11:05:22 65º11:24:48 67º Porto 05:20:15 2º05:40:11 5º11:05:31 64º11:24:58 67º Viseu 05:20:17 2º05:40:12 6º11:05:33 65º11:24:59 68º Coimbra 05:20:17 2º 05:40:13 5º11:05:38 65º11:25:03 68º Lisboa 05:20:24 1º 05:40:19 4º 11:05:53 65º 11:25:18 68º Évora 05:20:21 1º 05:40:15 5º11:05:48 66º11:25:12 69º Faro 05:20:23 1º 05:40:17 4º11:05:59 67º11:25:22 70º Ponta Delgada :06:27 54º11:25:59 57º Funchal :06:51 62º11:26:16 66º Em Tempo Universal: idêntico para os Açores, somar-lhe uma hora para o Continente e a Madeira

37 Como ver ?

38

39

40 e 2012 ?

41

42 2117 é um pouco tarde... Não percam 2004

43

44


Carregar ppt "1631 1639 1761 1769 1874 1882 2004 2012 2117 Vénus em trânsito Nuno Crato Luís Tirapicos Fernando Reis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google