A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RÉPTEIS Nomes: Karine Martins, Kauane Bahr, Laura Dotto e Pamela Dunker. Nº: 16, 17, 20 e 32. CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RÉPTEIS Nomes: Karine Martins, Kauane Bahr, Laura Dotto e Pamela Dunker. Nº: 16, 17, 20 e 32. CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA."— Transcrição da apresentação:

1 RÉPTEIS Nomes: Karine Martins, Kauane Bahr, Laura Dotto e Pamela Dunker. Nº: 16, 17, 20 e 32. CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DOS ANJOS GRAVATAÍ - RS

2 Classificação e diferenças entre classes.  Vamos conhecer as principais ordens em que se divide a classe dos répteis.  Quelônios, Crocodilianos e Escamados.

3 Quelônios  São as tartarugas, os jabutis e os cágados.  As tartarugas são aquáticas e podem viver em água doce ou salgada; suas pernas têm a forma de nadadeiras, o que facilita a locomoção na água.  Os jabutis são terrestres e seus dedos são grossos.  Os cágados vivem em água doce e seus dedos são ligados por uma membrana que auxilia na natação.  Esses animais não têm dentes. A boca apresenta um bico córneo. Tartaruga Jabuti Cágado

4 Crocodilianos  São os crocodilos e os jacarés.  O jacaré tem a cabeça mais larga e arredondada do que a dos crocodilianos, e, quando fecha a boca, seus dentes não aparecem.  O crocodilo tem a cabeça mais estreita e, mesmo com a boca fechada, alguns dentes são visíveis.  Jacarés e crocodilos habitam regiões tropicais, geralmente às margens dos rios.  No Brasil só existem jacarés. Eles são encontrados na Amazônia e no Pantanal Mato-Grossense. Jacaré Crocodilo

5 Escamados  São os lagartos e as serpentes.  Esses animais têm a pele recoberta por escamas e dividem-se em dois grupos menores: lacertílios e ofídeos.  Lacertílios - Compreendem os lagartos, os camaleões e as lagartixas, répteis de corpo alongado, com a cabeça curta e unida ao corpo por um pequeno pescoço. Possuem quatro membros, sendo os anteriores mais curtos que os posteriores  Ofídeos - Compreendem as serpentes ou cobras, répteis que não têm pernas. A grande maioria desses animais possuem glândulas que fabricam veneno. Uma serpente é peçonhenta quando seus dentes são capazes de inocular veneno nos animais que ataca. Camaleão Cobras

6 Importância econômica e ambiental.  Os répteis auxiliam no controle de pragas ambientais.  As serpentes são grandes predadoras de ratos, com a diminuição de ratos aumenta a produtividade de alimentos no campo.  As lagartixas ajudam no combate de vários insetos.  Diversos répteis servem como alimentos, e a caça predatória desses animais é um grave problema ecológico, mas a sua criação permite o abate sem riscos à espécie.  Os répteis são animais vertebrados de sangue frio, que necessitam do calor do ambiente para regular sua temperatura corpórea. Por isso, permanecem pouco ativos a maior parte do tempo.  Entre eles estão serpentes, lagartos, tartarugas, jacarés e a tuatara (natural da Nova Zelândia).

7 Espécies em extinção.  Cágado Amarelo – O cágado é uma espécie de tartaruga de água doce. Elas vivem em rios, correntes, lagos e até mesmo em alguns pantanais. O cágado amarelo é pequeno e seu nariz é menor do que o de outras espécies. Está entrando em extinção devido a falta de respeito com o meio ambiente e a poluição dos rios e lagos de água doce.  Tartaruga do Pantanal – Também categorizada como animal de água doce, a tartaruga do pantanal é uma das espécies com maior chance de extinção nas áreas de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.  Jiboia – Com um tamanho referente a dois metros de comprimento, a Jiboia é um animal considerado perigoso e silvestre. Um dos principais motivos de sua extinção, é a caça ilegal da espécie. Existem vários tipos de Jiboias que podem ser encontradas em áreas de água doce e matas.  Jararaca Urutu Cruzeiro – A Jararaca está dentre a família das cobras mais perigosas. Pode ser facilmente comparada a surucucu e a cascavel. Está em extinção devido a caça ilegal para exposição, principalmente em zoológicos ilegais.

8  Jacaré de Papo Amarelo – Com uma idade referente a 50 anos de vida, os jacarés de papo amarelo costumam se alimentar somente de carne. Está em extinção devido a degradação do habitat natural em que vive e a poluição de rios e florestas.  Calango – Os calangos não são nada mais do que lagartos de tamanho pequeno e médio. Alimentam-se de insetos e poucos vegetais. Estão extintos devido a falta de habitat natural. Por ser um animal que muitos insistem em domesticar, perdeu muito de sua essência.  Papa Vento do Sul – O papa vento sul, também é um lagarto muito encontrado na beira de rios e lagos. Seus lugares para morada, estão localizados no Rio Grande do Sul. O principal motivo da extinção da espécie está na degradação das matas e poluição dos seus respectivos habitat naturais.  Muçurana – Ganhou esse nome por uma tribo de índios tupis, sua principal característica é o fato de ser uma espécie ofiófaga, ou seja, é uma espécie canibal. Ela come qualquer espécie de outras cobras, exceto seus semelhantes. Está em extinção, devido a degradação de seu habitat.

9 Cágado Amarelo Tartaruga do pantanal Jiboia Jararaca Urutu Cruzeiro Jacaré de papo Calango Papa vento do sul Muçurana Amarelo


Carregar ppt "RÉPTEIS Nomes: Karine Martins, Kauane Bahr, Laura Dotto e Pamela Dunker. Nº: 16, 17, 20 e 32. CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google