A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho de Ciências Alunos: Caíque, Milena. Profª. Jane 7º C.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho de Ciências Alunos: Caíque, Milena. Profª. Jane 7º C."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho de Ciências Alunos: Caíque, Milena. Profª. Jane 7º C

2 Tartaruga

3 Exemplos de répteis Animal de pele seca e escamosa que respira por meio de pulmões. Há cerca de 6 mil espécies de répteis e eles constituem uma das classes dos vertebrados. Exemplos de répteis são os jacarés, os crocodilos, os lagartos, as cobras e as tartarugas.

4 Répteis ordem dos quelônios

5 Crocodilo

6 Jacaré

7 Lagarto

8 Cobra

9 Temperatura dos répteis Os répteis são animais de sangue frio, isto é, sua temperatura acompanha a temperatura do meio circundante. Para que possam manter-se vivos, esses animais têm de evitar temperaturas extremamente altas ou baixas. A maioria dos répteis, ativos somente durante o dia, conservam- se em movimento deslocando-se de lugares ensolarados para locais sombreados e vice-versa.

10 Lagarto, réptil que, como os demais de sua espécie, tem sangue frio e evita temperaturas extremas.

11 Os quelônios Os Quelônios são os únicos répteis que apresentam o corpo encerrado em uma couraça óssea. Compreendem as tartarugas, os cágados e o jabuti. Os quelônios encolhem a cabeça, as pernas e a cauda para dentro da couraça ou da carapaça para se proteger. Há cerca de 240 espécies de quelônios. Eles vivem em terra, na água doce e no mar.

12 O corpo do réptil A Pele do réptil compõe-se de escamas. Os lagartos e as cobras têm uma camada única de escamas imbricadas (sobrepostas em parte, como as telhas de um telhado). As escamas dos quelônios, dos crocodilianos e da tuatara desenvolvem-se sob a forma de áreas individualizadas denominadas placas. Os crocodilianos e certos lagartos têm peças ósseas, chamadas osteodermos, dentro de suas escamas.

13 O esqueleto do réptil O Esqueleto dos répteis fornece o arcabouço para a cabeça, o tronco e a cauda. Na maioria, os répteis têm ossos no quadril e no ombro, conhecidos respectivamente como cintura pélvica e cintura escapular, que sustentam as pernas. A cintura pélvica e escapular dos quelônios, como as tartarugas, ao contrário do que acontece em todos os demais animais, estão dentro da grade costal. As costelas e as vértebras constituem a camada interna da couraça da tartaruga.

14 Órgãos Internos Órgãos Internos. Os répteis respiram por meio de pulmões. A maioria das espécies é dotada de dois pulmões, se bem que algumas cobras têm apenas um. Os répteis que comem principalmente outros animais ou produtos de origem animal, como ovos, têm estômago bastante simples e intestino comprido. As espécies que comem plantas, como os iguanas e a maior parte das tartarugas, apresentam um estômago mais complexo. Os crocodilianos têm músculos gástricos muito desenvolvidos, que dilaceram e trituram em pequenos pedaços a carne e outros alimentos ingeridos.

15 Modo de vida Reprodução. Todos os répteis reproduzem-se sexuadamente. O macho forma os espermatozóides e os introduz no orifício feminino que se comunica com os órgãos reprodutores. Em um processo denominado fecundação ou fertilização, os espermatozóides unem-se aos óvulos dentro do organismo da fêmea. Os óvulos fertilizados desenvolvem-se então até constituir novos animais.

16 Modo de vida Os répteis que vivem nos trópicos entram, às vezes, em um estado de inatividade durante os períodos de seca, quando o alimento se torna escasso. Esse repouso, chamado estivação, assemelha-se à hibernação.

17 Evolução dos répteis Os fósseis mais antigos dos répteis datam do chamado período Pensilvaniano, de 320 milhões a 286 milhões de anos atrás. Os répteis desenvolveram-se lentamente a partir dos anfíbios, que vivem nas proximidades da água, porque seus ovos têm de ser postos em lugar úmido. Os ovos dos anfíbios secam rapidamente em terra. Os répteis desenvolveram ovos providos de espessas membranas e cascas, que evitam a perda da umidade. Como resultado disso, os répteis podem viver longe da água.

18 Evolução dos répteis Os répteis tornaram-se os animais dominantes na Terra durante o período Mesozóico, de 250 milhões a 144 milhões de anos passados. Esse período é também denominado Era dos Répteis.

19 Tartaruga

20 Cobra

21 Lagarto

22 Cobra

23 Crocodilo

24 Tartaruga

25 Habitat e alimentação As espécies terrestres (maior número), vivem em climas tropicais, no inverno cavam o terreno e entram em letargo. As marinhas estão distribuídas por todos os mares quentes, podem percorrer longas distâncias, pois seus membros desempenham a função de nadadeiras, e possuem bom sentido de orientação. A alimentação de ambas é variada; são vegetarianas, carnívoras ou onívoras.

26 A criação de tartarugas em cativeiro A criação de tartarugas em cativeiro no Brasil vem se expandindo nos últimos anos, destacando-se o aumento do volume de abate da espécie Podocnemis expansa para obtenção de carne. Este estudo foi realizado na UFRuralRJ, objetivando-se analisar quantitativamente a composição centesimal, valor calórico, teor de colesterol, perfil em ácidos graxos e aminoácidos, e minerais de 60 cascos de P. expansa em idade de abate mantidas em criatório legalizado e registrado pelo IBAMA. Concluiu-se que o casco de P. expansa é rico em nutrientes, apresentando proteína de alto valor biológico para adultos, lipídios, ácidos graxos essenciais, minerais e baixo teor de colesterol, possibilitando sua utilização como suplemento nutricional após estudos futuros comprobatórios da biodisponibilidade dos nutrientes presentes.

27 Alimentação e hábitos A alimentação do jabuti é feita principalmente à base de frutos mas os jabutis são animais onívoros, ou seja, se alimentam de quase qualquer substância orgânica. Costumam comer carne, frutas doces, verduras e legumes. Possuem hábitos diurnos e gregários (vivem em bandos) e passam o tempo em busca de alimento, especialmente os de cores vermelhas e amarelas. Os jabutis não possuem dentes. No lugar deles, há uma placa óssea que funciona como uma lâmina. frutos Sua maturidade sexual situa-se entre os 5 e 7 anos. O tempo para incubação de ovos varia de seis a nove meses. A quantidade de ovos em uma postura varia de 5 a 10 ovos sendo que a subespécie tem uma postura maior, de 10 a 15 ovos. Tempo de vida em torno de 80 anos. O ovo pode chegar a medir 50cm

28 Tartaruga comendo

29 Jacaré se alimentando

30 Cobra comendo

31 Crocodilo se alimentando

32 Taipan uma das cobras mais venenosa do mundo

33 Cobras corais

34 Uma das maiores cobras

35 Esta Pitão Reticulada de 7,30 metros e com o peso de 130 quilos é a detentora do titulo de Maior Cobra do Mundo em Cativeiro, no Livro do Guiness !

36 Maior crocodilo encontrado

37 Crocodilo

38 Lagarto gila


Carregar ppt "Trabalho de Ciências Alunos: Caíque, Milena. Profª. Jane 7º C."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google