A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Rumos – 2.006 (De onde estamos vindo, para onde estamos indo)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Rumos – 2.006 (De onde estamos vindo, para onde estamos indo)"— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4 Projeto Rumos – (De onde estamos vindo, para onde estamos indo)

5 A Inspiração... A experiência com o Consumidor mostra a emergência de valores, atitudes e comportamentos novos que exigem respostas mercadológicas apropriadas à Realidade Brasileira

6 Alguns sinais observados... 1 – Postura ética fortemente crítica 2 – Alto nível de detalhamento nas observações realizadas 3 – Capacidade Planejamento e organização para o futuro 4 – Estrutura nova de Valores, permeando relações com pessoas, Empresas, produtos e serviços

7 De onde estamos vindo... Macro Movimentos já consolidados

8 Macro Movimentos Consolidados na Década de 90 1.Fim da transferência da mão de obra da área rural para a área urbana do país.

9 Evolução da População Rural & Urbana Fonte: IBGE /Anuário Estatístico do Sec. XX Taxa de urbanização de países desenvolvidos = 85%

10 Macro Movimentos Consolidados na Década de 90 1.Fim da transferência da mão de obra da área rural para a área urbana do país. 2.Diminuição da Taxa de Natalidade 3.Amadurecimento Etário da População Brasileira

11 Evolução da Taxa de Natalidade Fonte: IBGE /Anuário Estatístico do Sec. XX

12 A Evolução do Perfil Etário da População Brasileira

13 Macro Movimentos Consolidados na Década de 90 1.Fim da transferência da mão de obra da área rural para a área urbana do país. 2.Diminuição da Taxa de Natalidade 4.Aumento da PEA na População 5.Entrada da Mulher no mercado de trabalho 2.Amadurecimento Etário da População Brasileira

14 O Trabalho no Brasil PEA / Habitantes Fonte: IBGE /Anuário Estatístico do Sec. XX

15 Consequencias da consolidação desses Macro Movimentos O Mercado não é mais alimentado por um enorme contingente de Consumidores de reserva temos que cuidar dos que temos. O perfil juvenil da sociedade vai mudando. Ainda estamos longe de estarmos falando com uma sociedade de seniors, mas, sem dúvida, já não falamos com uma população tão jovem. Nossos Consumidores, hoje, são maduros. A Mulher deixa de depender da renda de um 3o. para decidir onde gastar. Além disso, a simples exposição mais intensa ao mundo exterior exige um vestuário e tratamento de cabelo, unhas, rosto e pele mais intenso do que ficar areando panelas ou lavando roupas.

16 De onde estamos vindo... E o que está acontecendo hoje ?

17 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo

18 A Migração dos Consumidores +13 Porto Alegre +14 São Paulo +9 Rio de Janeiro +16 Belo Horizonte % 2000/ 1980 Da Costa Tradicional Interior de: +52 São Paulo +32 Minas Gerais +62 Mato Grosso Sul P/ o Interior do Pais +33 Goiás

19 Evolução da Participação do PIB de Regiões / Estados % 2000/ ,14 Rio de Janeiro -9,53 São Paulo -25,2 Rio Grande do Sul +57,53 Centro-Oeste +49,52 Minas Gerais +19,86 Santa Catarina +10,68 Bahia

20 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo 2.A Emergência do Mercado de Bens de Futuro

21 Faz Orçamento Doméstico? Base: Fonte: Total da Amostra

22 O que pretende fazer quando se Aposentar

23 Como vai viver quando se aposentar? Fonte de Renda Futura Base: Fonte: Total da Amostra

24 Reserva Recursos para Investimento

25 Porque / para que investe A emergência do mercado de Bens de Futuro

26 A Evolução da Propensão a Compra de Imóveis para Investimento? Base: // // Fonte: Total da Classe Média

27 A Evolução da Propensão a Compra de Previdência Privada Base: // // Fonte: Total da Classe Média

28 O que significa o crescimento do Mercado de Bens de Futuro? Mercado de Bens de Consumo Crescimento dos Mercados de Bens de Futuro Crise/ Desemprego/ Falta $$$ A diminuição do Volume de Recursos Disponíveis p/ a compra de Bens de Consumo

29 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo 2.A Emergência do Mercado de Bens de Futuro 3.A Emergência dos Canais Eletrônicos de Consumo

30 A Evolução da Estrutura de Gastos Familiares 20,54 Governo24, ,53 Moraria/Trabalho34, ,93 Consumo41, % Gastos com 2000 % % 100,00 As pessoas estão alocando menos recursos p/ Bens de Consumo

31 O Comprometimento da Renda com Novos Gastos Lares que tem despesa mensal com: Base: // // Fonte: Total da Amostra

32 Tendência de Compra de Eletrodomésticos Tipo de loja a ser usada

33 Tendência de Compra de Alimentos Tipo de loja a ser usada

34 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo 2.A Emergência do Mercado de Bens de Futuro 3.A Emergência dos Canais Eletrônicos de Consumo 4.A Alteração do Nível Educacional da População

35 Fonte: IBGE O Analfabetismo no Brasil % Analfabetos na População

36 O Analfabetismo no Brasil Fonte: IBGE Taxa de escolarização da população de 10 a 14 anos de idade Brasil e Grandes Regiões (%) BrasilNorte urbanaNordesteSudesteSulCentro-Oeste 96,595,395,297,497,097,1

37 Educação no Brasil Matrículas Índice de Crescimento - 107% 638% 78% 9% 16% 22% Ensino Superior * Ano Pessoas Matriculadas (NA) Mestrado Doutorado Índice Crescimento - 317% 170% Índice Crescimento - 34% 45% Total de Pessoas com curso Superior/Mestrado/Doutorado no BR:

38 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo 2.A Emergência do Mercado de Bens de Futuro 3.A Emergência dos Canais Eletrônicos de Consumo 4.A Alteração do Nível Educacional da População 5.A Emergência do Mercado dos Singles

39 Evolução dos Casamentos & Divórcios de 91 à divórcios cresceram 59% de à cresceram 25% No. casamentos/ano: cerca de No. Divórcios/Separações 2001: Algumas Informações curiosas Idade Média Homens ao separar: 38 Idade Média Mulher ao separar: 40,7 casados em 93: 10% já estão separados

40 Idade dos Descasados de ,4 Menos de 20 anos 10,4 20 a 24 anos 18,0 25 a 29 anos 20,7 30 a 34 anos % Faixas Etárias 18,1 35 a 39 anos 13,2 40 a 44 anos 8,4 45 a 49 anos 4,6 50 a 54 anos 2,5 55 a 59 anos 2,4 60 e + anos 80,4 % estão entre 20 a 44 anos

41 Ready to start again … O crescimento do mercado de Singles, impulsiona: a oferta de Empreendimentos Imobiliários a oferta de embalagens adequadas ao consumo o mercado Automobilístico os negócios de Perfumaria & Cosméticos Fitness, em geral Academias Saúde Dietas Alimentos Saudáveis Complementos Vitamínicos

42 Macro Movimentos em ocorrência 1.A Interiorização do Consumo 2.A Emergência do Mercado de Bens de Futuro 3.A Emergência dos Canais Eletrônicos de Consumo 4.A Alteração do Nível Educacional da População 5.A Emergência do Mercado dos Singles 6.As Unidades Familiares estão se segmentando

43 Estrutura do Mercado Singles ,7% Casal Jovem ,5% Casal Maduro ,8% Idosos* ,8% Novos Singles ,2% % ,3% ,0% ,5% ,4% % ,5% ,5% ,5% ,9% % ,3% ,7% ,0% ,9% ,2% ,9% ,8% ,5% ,7% ,9% ,8% ,2% 267* 0,1% ,6% ,5% ,8% ,6% 528* 0,2% ,8% R$ 2/ R$ 3/ R$ 5/ R$ 6/ R$ 7/ Mais R$ Total % ,1% ,4% ,8% ,1% ,7% ,9% Total

44 Estrutura do Mercado Segmentos de Consumo Prioritários Singles ,7% Casal Jovem ,5% Casal Maduro ,8% Idosos* ,8% Novos Singles ,2% % ,3% ,0% ,5% ,4% % ,5% ,5% ,5% ,9% % ,3% ,7% ,0% ,9% ,2% ,9% ,8% ,5% ,7% ,9% ,8% ,2% 267* 0,1% ,6% ,5% ,8% ,6% 528* 0,2% ,8% R$ 2/ R$ 3/ R$ 5/ R$ 6/ R$ 7/ Mais R$ Total % ,1% ,4% ,8% ,1% ,7% ,9% Total 9% 12,3% 5% 4,5% Iniciante 0,9% 1,8% 2,5% 4,8% Cosmo- polita 10,0%5,5% Maduro Básico 2,2%7,6% Maduro upscale 0,5% 0,7% 0,1% 0,6% 0,2% 1,8% Senior 3% 3,3% 3,7% 1,2% 1,9% 2,8% Universal

45 Estrutura do Mercado Segmentos de Consumo Prioritários Tamanho dos Segmentos

46 Consequencias dos Movimentos em ocorrência Temos que nos preparar para lidar com um mercado no qual: Os Novos Consumidores estarão em Regiões diferentes de onde se concentram hoje Os Consumidores estarão gastando menos em Bens de Consumo e procurando organizar-se e proteger-se para o Futuro. O Consumidor estará mais informado, mais crítico, mais criterioso nos seus processos de compra, em geral: nós os estamos treinando

47 Consequencias dos Movimentos em ocorrência Mas que: Estará utilizando mais os Canais Eletrônicos para compra Exatamente por ter mais informações não aceita mais a oferta genérica e quer e demanda o feito para você. O que abre um conjunto grande de oportunidades para ofertas segmentadas.

48 Para onde estamos indo ? E que passa por uma grande transformação de valores

49 Palavra que melhor define o Nordestino Base: 1045/15119 Fonte: Total da Amostra em cada segmento

50 Palavra que melhor define o Carioca Base: 5636/15222 Fonte: Total da Amostra em cada segmento

51 Palavra que melhor define o Paulistano Base: 5231/15627 Fonte: Total da Amostra em cada segmento

52 Os Traços mais fortes da Auto Identidade Auto Identidade Nordestino Mineiro Gaúcho Curitibano Paulistano Caipira Calmo Batalhador Reservado Batalhador Calmo Batalhador Macho Batalhador Metido Batalhador Carioca CalmoBatalhador AlegreBatalhador Somos Batalhadores e.....

53 Key Points 2. A Identidade & os Valores do Brasileiro O Trabalho

54 Os Valores Emergentes nos Brasileiros Valores aos quais aderem Família Qualidade de Vida Carreira Relações Pessoais Relações c/ Empresas No Dia a Dia

55 Adesão à Valores nas Relações Pessoais Base: Fonte: Total da Amostra

56 Base: Fonte: Total da Amostra (*) informação levantada apenas em 2004 Adesão à Valores nas Relações com as Empresas

57 Key Points 2. A Identidade & os Valores do Brasileiro O Trabalho Honestidade Verdade Confiança Respeito ao outro Solidariedade Diálogo

58 Para admirar uma pessoa ela tem que ser… Base: Fonte: Total da Amostra Alegre Fiel Honesta Amiga Divertida Justa Batalhadora Calma Humilde Verdadeira Romântica Companheiro Busca sentido vida Carinhosa Inteligente Amorosa Corajosa Original Delicada Equilibrada Criativo Total 18 a 24 Média 58%

59 Para ser um Ídolo uma pessoa tem que ser… Base: Fonte: Total da Amostra Talentosa Honesta Justa Alegre Inteligente Divertida Humilde Original Carismática Verdadeira Fiel Amiga Corajosa Equilibrada Batalhadora Busca sentido vida Objetiva Criativa Dinâmica Segura Atenciosa Total 18 a 24 Média 33%

60 Para ser Amigo uma pessoa tem que ser… Base: Fonte: Total da Amostra Fiel Amiga Honesta Alegre Divertida Companheira Verdadeira Justa Humilde Busca sentido vida Calma Amorosa Carinhosa Original Equilibrada Objetiva Atencioso Inteligente Simples Batalhadora Delicada Total 18 a 24 Média 42%

61 Key Points 2. A Identidade & os Valores do Brasileiro O Trabalho Honestidade Verdade Confiança Respeito ao outro Solidariedade Diálogo Alegria Fidelidade Amizade Calma/Tranquila Humildade Romantismo Talento Inteligência

62 Key Points 3. As 8 Dimensões da Identidade Brasileira O Trabalho Honestidade Verdade Confiança Respeito ao outro Solidariedade Diálogo Fidelidade Amizade Calma/Tranquila Humildade Alegria Romantismo Talento Inteligência O Trabalho A Honestidade A Amizade Solidariedade Humildade Romantismo Alegria Competências

63 A Face da Maldade Parcela de Brasileiros que admira uma pessoa … Base: Fonte: Total da Amostra Oportunista Intolerante Autoritário Possessivo Individualista Bagunceiro Materialista Ganancioso Indiferente Frio Antiecológico Arrogante

64 Fonte: Total da Amostra Uma Segmentação Moral dos Brasileiros

65 Base: 20858/5474 Fonte: Total da Amostra e total com idade de 18 a 24 anos O Brasil e as Mudanças

66 Para Onde estamos indo … Reafirmando o que somos Preservacionistas Brasileiros Família

67 Para Onde estamos indo … Mais Modernos Tecnologia Espacial Robótica & Biogenética Pesquisa Científica

68 Para Onde estamos indo … Mais Justos Socialmente Moradia p/ Todos Esperança Preocupação c/ Idosos Corruptos punidos

69 Situações que não suporta mais como Consumidor Base: Fonte: Total da Amostra Relacionamento desrespeitoso

70 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 1. Na Identidade Corporativa das Empresas Valores dos Indivíduos permeiam as suas relações com as Empresas Metodologia Brand Corp indica que entre os drivers Básicos e Imprescindíveis e Agregadores de Valor na formação da Respeitabilidade Corporativa estão: Respeito pelo Consumidor Ética Compromisso c/ País Compromisso com RH Responsabilidade Social

71 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 2. Na Fidelização dos Consumidores Se as relações com os Consumidores estiverem dissonantes com os seus Valores, a Marca torna-se Vulnerável. Metodologia Converter (segmentação por relacionamento) mostra que entre os Clientes das Marcas predominam aqueles que mantém relações Vulneráveis, ou seja estão abertos à Concorrência:

72 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 2. Na Fidelização dos Consumidores Nenhuma Alguma Muito Forte Níveis de Satisfação EncantadosSatisfeitosInsatisfeitos Propensão à continuar usando a Marca

73 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 3. Nas Atividades Promocionais Como estimular as pessoas a ter o comportamento de compra que eu desejo, estimulando-as via: Amizade Solidariedade Romantismo Alegria Competências

74 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 4. Na Comunicação das Marcas Se os Valores e a Identidade dos Brasileiros é a mostrada: Como eu me comunico com os Brasileiros ? Devo usar uma abordagem mais emocional, subjetiva ou posso focar-me em demonstrar, racionalmente, meus diferenciais competitivos. Como persuadir os Consumidores a ter o comportamento que eu desejo que tenham.

75 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 4. Na Comunicação das Marcas Metodologia Ad Eval tem mostrado que boa parte dos Consumidores chegam a se envolver com os estímulos de comunicação, mas não são persuadidos: Persuadidos Envolvidos Recall Somente

76 Para onde esses dados nos levam ou as implicações para os negócios 4. Na Comunicação das Marcas Existe uma grande oportunidade aberta no mercado para quem se posicione de forma transparente, ao lado dos Consumidores, devolvendo parte dos ganhos, através de atitudes e comportamentos éticos e honestos que sinalizem desejo concreto de construção de relacionamento com os Consumidores.

77 As implicações e oportunidades para os Negócios, em geral O quadro atual de Mercado Em muitos mercados joga-se o jogo do rouba monte Promoções, ofertas, benefícios, milhas, isenções de tarifas são os instrumentos usados para ganhar os clientes Você ganha, mas não os mantém se o Concorrente fizer uma oferta maior De qualquer modo, no contexto atual não tem como não jogar este jogo. Ele é necessário... Mas.... não é suficiente.

78 As implicações e oportunidades para os Negócios, em geral A grande oportunidade aberta As pessoas buscam pessoas, Instituições, políticos, Empresas que as reconheçam como pessoas Como indivíduos verdadeiros Travando relações verdadeiras Não basta mais parecer ser, é preciso ser. Não basta mais dizer feito para você Tem que materializar o posicionamento em ações concretas, features de Produto ou Serviços que tornem verdadeira o posicionamento publicitário.

79 (55) (11)


Carregar ppt "Projeto Rumos – 2.006 (De onde estamos vindo, para onde estamos indo)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google