A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vídeo crianças...2:05 na-siria/2795867/ Fantástico...3:45.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vídeo crianças...2:05 na-siria/2795867/ Fantástico...3:45."— Transcrição da apresentação:

1 Vídeo crianças...2:05 na-siria/ / Fantástico...3:45

2 É bom saber que... A Convenção de Armas Químicas (CWC) é consequência do Protocolo de Genebra de 1925, que proíbe o uso de gases tóxicos e métodos biológicos para fins bélicos. Porém, foi interrompida pela II G. Md. Em 1993, a CWC foi concluída, sendo adotada a partir de abril de No mês seguinte foi criada a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW), encarregada de supervisionar a destruição de arsenais químicos e assegurar a não proliferação de armas químicas, com exceção do gás lacrimogêneo para conter revoltas e tumultos, medida considerada pacificadora.

3 Problema... Há, produtos químicos usados para fins militares e que não estão listados na Convenção, tais como: Desfolhantes, que destroem a vegetação mas cujos efeitos tóxicos sobre os seres humanos não são imediatos, como o agente laranja, usado pelos Estados Unidos no Vietnam, que contém dioxinas, substâncias cancerígenas que causam também alterações genéticas e deformidades fetais. Incendiários ou explosivos, como napalm, também extensivamente usado pelos Estados Unidos no Vietnam. Vírus, bactérias ou outros organismos, cujo uso é classificado como guerra biológica. As toxinas produzidas por organismos vivos podem ser consideradas armas químicas, já que envolvem processos bioquímicos, porém as toxinas são objeto da Convenção de armas biológicas.

4 É Bom relembrar... Onde fica? Na região abalada pela Revolução de Jasmim Que virou Primavera árabe

5

6 Políticamente... A Síria é uma república parlamentar. Seus cidadãos votam desde 1970 em um presidente e deputados de uma lista única organizada pelo partido político Baath. O presidente Hafez al-Assad foi "eleito" desta forma para cinco mandatos consecutivos e, com a sua morte, o seu filho Bashar al-Assad foi escolhido para o suceder e confirmado por um "referendo" em Julho de 2000.

7 Os Al-Assad são alauitas/xiitas (10% da população) comandam um país onde cerca de 80% das pessoas são sunitas (o restante é cristão)

8 Apoio internacional para evitar o radicalismo islâmico, anti Israel e EUA, aos moldes do Irã (1979)...

9 Justificado para evitar o radicalismo aliado ao Hamas e Hezbollah...

10 ...inclusive intervenções externas...

11 apoio-do-congresso/ /http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/v/barack-obama-diz-que-eua-devem-atacar-siria-mas-vai-aguardar- apoio-do-congresso/ / 2:56 JN Obama 2:56 obama-e-russia-diz-que-atacar-a-siria-e-absurdo/ / JN Obama x Rússia 2:02

12 A soberania de um país, em linhas gerais, diz respeito à sua autonomia, ao poder político e de decisão dentro de seu respectivo território nacional, principalmente no tocante à defesa dos interesses nacionais. Por outro lado, o conceito de ordem mundial remete à ideia de uma organização ou hierarquia dada pelas relações de poder entre atores internacionais, isto é, os próprios países ou Estados.

13 c. (Uel) Em sua obra Leviatã, o filósofo inglês Thomas Hobbes ( ) descreveu uma sociedade marcada pela ausência de uma liderança que se mostrasse capaz de reunir os indivíduos sob um comando soberano. Hobbes constatou a falência do Estado monárquico absolutista e reconheceu que da anarquia da guerra civil deveria se erguer uma sociedade de normas, regida por leis comuns, e sob a liderança de uma autoridade soberana que não conheceria limites para o exercício de seu poder. A vantagem evidente da passagem do estado de natureza ao estado civil, segundo Thomas Hobbes, estava no fato de que a nova ordem pública, a ser instituída por meio de um contrato social (entre todos os indivíduos) e por um pacto político (entre os indivíduos e o governante), levaria à completa superação de aspectos peculiares à vida precária no estado de natureza como, por exemplo, a morte prematura e violenta.

14 Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que a nova forma de representação do poder político proposta por Hobbes: a) Critica o absolutismo de direito civil e propõe em seu lugar uma democracia forte, lançando, assim, as bases do liberalismo clássico. b) Indica que o contrato social hobbesiano é democrático, pois busca preservar o direito dos súditos em detrimento do poder absoluto do soberano. c) Sugere que o contratualismo proposto por ele levaria à constituição de um regime político autoritário, já que as leis emanam da vontade exclusiva do governante. d) Revela que seu pensamento é incompatível com a defesa de formas autoritárias do exercício do poder, porque sua proposta se firma na soberania do povo. e) Aponta que, se não fosse o risco da morte prematura e violenta, o estado de natureza dispensaria a necessidade do estado civil.

15 ania-nacional-ordem-mundial.htm Segundo Giovanni Arrighi, o caos sistêmico (entre soberanias) demanda uma ordem, e tal situação favorece o surgimento de uma hegemonia. O poder hegemônico é dado, de certo modo, pelo consentimento e coesão entre os países e, dessa forma, quem (dentre os países) atender à demanda criada pelo referido caos sistêmico será tido como hegemônico. Como buscar benefício comum (harmonia) ???

16 (Ufsj 2012) Algumas criaturas vivas, como as abelhas e as formigas, que vivem socialmente umas com as outras [...] tendem para o benefício comum. A passagem do enunciado, retirada do Leviatã, compara as formas de agregação do homem com a de algumas outras criaturas vivas, como as abelhas e as formigas. Hobbes reconhece que a sociedade dessas criaturas é diferente da sociedade humana e, então, procura as razões dessa diferença.

17 c(Ufsj 2012) Algumas criaturas vivas, como as abelhas e as formigas, que vivem socialmente umas com as outras [...] tendem para o benefício comum. Para Thomas Hobbes, essa tendência não ocorre entre os homens porque a) esses insetos, dentro da sua irracionalidade natural, dão lições de conduta aos seres humanos; seja na tarefa diária, seja na politização paradoxal do modelo comunista difundido por Joseph Stalin e Karl Marx. b) as abelhas e as formigas têm a peculiaridade de construir suas sociedades dentro de uma unidade dinâmica e circular, que poderia ser bem definida como um contrato social se elas fossem humanas. Os seres humanos não atingiram tal estágio ainda. c) estes estão constantemente envolvidos numa competição pela honra e pela dignidade e se julgam uns mais sábios que outros para exercer o poder público, reformam e inovam, o que muitas vezes leva o país à desordem e à guerra civil. d) o motivo maior que guia a vida de tais criaturas é a engrenagem da soberania da vontade de criar, da vontade de poder, retomada por Nietzsche e pelo existencialismo.

18 b(Ufsj 2012) A honra do soberano deve ser maior do que a de qualquer um, ou a de todos os seus súditos. Assinale a alternativa que apresenta a fundamentação para essa ideia preconizada por Thomas Hobbes. a) A condição de súdito é muito miserável, mas sujeita a uma superação, pois se encontra sujeita aos apetites e paixões irregulares daquele ou daqueles que detêm em suas mãos poder tão ilimitado. b) É na soberania que está a fonte da honra. c) O Homem nunca pode deixar de ter uma ou outra inconveniência e a maior que é possível cair sobre o povo em geral é de pouca monta se comparada ao poder do soberano, que deve ser revitalizado de tempos em tempos. d) Todos os homens são dotados de grandes lentes de aumento; todo pagamento parece um imenso fardo, o que gera lamentos e sofrimentos. Honra maior consiste em o soberano ter piedade e compreensão para com tais falhas humanas e doar poderes aos infelizes.

19 A soberania, segundo Hobbes, é constituída mediante o contrato, através do qual cada homem renuncia à sua liberdade natural e transfere o seu poder ao soberano. Este pode ser ou um homem ou uma assembleia, e adquire o direito exclusivo do uso da força e a função de proteger seus súditos da morte, sobretudo da morte violenta.

20 c(Ufsj 2011) Sobre a ideia de soberania concebida por Hobbes, é CORRETO afirmar que a soberania: a) se dá por meio do sufrágio universal, seja na república ou na monarquia. b) é a manifestação da virtù como condição indispensável no governo do príncipe. c) reside em um homem ou em uma assembleia de mais de um. d) é a realização plena da paz perpétua entre as nações.

21 Hobbes concebe a natureza humana como naturalmente agressiva e beligerante, assim, o homem se encontra na guerra de todos contra todos, e nas palavras de Hobbes, sendo o homem lobo do homem, é movido pelas paixões e desejos o que não o faz hesitar de matar e destruir seu semelhante. A liberdade do homem nada mais é do que a ausência de impedimento para sua ação.

22 O poder soberano existe para impedir que o estado de natureza acorde e não coexista com os homens evitando que se exterminem entre si. Para isso, os indivíduos cedem uma parte de seus direitos e os transferem a um soberano que consiste num contrato social, por meio da qual a sociedade civil organizada evita a guerra de todos contra todos que pode ser tanto exercido por uma assembleia, um parlamento ou mesmo um rei. No Brasil, um dos maiores exemplos de extermínio completou 20 anos...(29/08/93 = 21)

23 n/v/chacina-de-vigario-geral-completa-20- anos/ / Arq. N – Chacina Vigário Geral...9:13

24 a. (Uerj 2007) Desde que, em 1993, frequentei por dez meses a favela de Vigário Geral para escrever "Cidade Partida", muita coisa piorou no quadro da violência no Rio. (...) [Nesse espaço de tempo, porém,] nem tudo foi retrocesso. Ao contrário, há que se comemorar nos últimos anos o surgimento de importantes ações afirmativas em que se destacam os trabalhos de personagens como MV Bill, na Cidade de Deus; Jaílson de Souza e Silva, na Maré; Celso Athayde, à frente da CUFA [Central Única das Favelas], entre outros. Estes movimentos se caracterizam pelo empenho em sair do gueto e ganhar visibilidade não pelos tiros de AR-15, mas pelos sons, cores e gestos da arte e da cultura. (VENTURA, Zuenir. A cultura une o que a economia separa. "O Globo", 02/04/2006.) As frases de Zuenir Ventura expressam um ponto de vista sobre as ações afirmativas realizadas por diversos grupos na tentativa de redução da distância entre "asfalto" e "favela". Para o autor, essas ações afirmativas decorrem da: a) atuação social do terceiro setor b) formação de novas agremiações políticas c) entrada de investimentos produtivos nas áreas de periferia d) produção de programas sociais pelos governos municipal e estadual

25 (Uerj 2007) SUBÚRBIO Lá não tem brisa / Não tem verde-azuis / Não tem frescura nem atrevimento / Lá não figura no mapa / No avesso da montanha, é / Labirinto / É contra- senha, é a cara a tapa / Fala, Penha / Fala, Irajá / Fala, Olaria / Fala, Acari, Vigário Geral (...) / Desbanca a outra / A tal que abusa De ser tão maravilhosa. (Chico Buarque)... Música...até 1:00 de 3:26 A letra de Chico Buarque revela um Rio de Janeiro marcado pelos contrastes entre a Zona Sul e os subúrbios. Cite dois processos socio-espaciais verificados simultaneamente nessas duas áreas nos dias atuais e dois elementos característicos do espaço suburbano, existentes desde o início do século XX. er_embedded&v=uDKK-WCLNBQ#t=54

26 b. (Uel) Hobbes realiza o esforço supremo de atribuir ao contrato uma soberania absoluta e indivisível [...]. Ensina que, por um único e mesmo ato, os homens naturais constituem-se em sociedade política e submetem-se a um senhor, a um soberano. Não firmam contrato com esse senhor, mas entre si. É entre si que renunciam, em proveito desse senhor, a todo o direito e toda liberdade nocivos à paz. (CHEVALLIER, Jean-Jacques. As grandes obras políticas de Maquiavel a nossos dias. Trad. de Lydia Cristina. 7. ed. Rio de Janeiro: Agir, p. 73.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o contrato político em Hobbes, considere as afirmativas a seguir. I. A renúncia ao direito sobre todas as coisas deve ser recíproca entre os indivíduos. II. A renúncia aos direitos, que caracteriza o contrato político, significa a renúncia de todos os direitos em favor do soberano. (todo...nocivos à paz) III. Os procedimentos necessários à preservação da paz e da segurança competem aos súditos cidadãos. (soberano) IV. O contrato que funda o poder político visa pôr fim ao estado de guerra que caracteriza o estado de natureza. Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e II. b) I e IV. c) II e III. d) I, III e IV. e) II, III e IV.

27 a. (Ufu) A filosofia política de Thomas Hobbes combatia as tendências liberais de sua época. Hobbes sustentava que o poder resultante do pacto político deveria ser I. ilimitado, julgando sobre o justo e o injusto, acima do bem e do mal e em que a alienação do súdito ao soberano deveria ser total. II. dividido entre o rei e o parlamento, superando as discórdias e disputas em favor do bem comum da coletividade. III. absoluto, podendo utilizar a força das armas para manter a soberania e o silêncio dos súditos. Assinale a alternativa correta. a) I e III b) II e III c) I e II d) II

28 o homem lobo do homem, é movido pelas paixões e desejos o que não o faz hesitar de matar e destruir seu semelhante... Música...3:25


Carregar ppt "Vídeo crianças...2:05 na-siria/2795867/ Fantástico...3:45."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google