A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Macro Norte Macapá/AP 26 a 29 de outubro de 2011 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais SVS, Ministério da Saúde Macrorregionais DTS/Aids/Hepatites.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Macro Norte Macapá/AP 26 a 29 de outubro de 2011 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais SVS, Ministério da Saúde Macrorregionais DTS/Aids/Hepatites."— Transcrição da apresentação:

1 Macro Norte Macapá/AP 26 a 29 de outubro de 2011 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais SVS, Ministério da Saúde Macrorregionais DTS/Aids/Hepatites Virais

2 Estrutura do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

3 Estrutura do Departamento em áreas

4 Por que reestruturar? – Para melhorar a qualidade da resposta para a sociedade em relação à aids, às doenças sexualmente transmissíveis e às hepatites virais Aprimorar os processos e fluxos internos de trabalho Atuar de forma mais integrada e transversal Promover maior aproximação entre o conteúdo programático da aids e das DST com as hepatites virais

5 Missão, visão e valores Detalhar os Macroprocessos Resultados para sociedade Definir indicadores e metas Resultados Desempenho Acompanhar Disseminar Remodelar estruturas Pactuar as contribuições Alinhar profissionais Remodelar processos Arquitetura organizacional Agenda estratégica Monitoramento e Avaliação Gestão Matricial de Resultados

6 Objetivos Redução da transmissão do HIV/DST/HV Melhoria da qualidade de vida das pessoas com DST/HIV/Aids e HV

7 MacroProcessosMacroProcessos 4. Aprimoramento e Desenvolvimento da Vigilância, Informação e Pesquisa 5. Aprimoramento da governança e da gestão Formular e fomentar políticas públicas de DST, HIV/Aids e Hepatites Virais de forma ética, eficiente e participativa, fundamentadas nos Direitos Humanos e nos princípios e diretrizes do SUS Contribuir para a excelência do SUS, respondendo de forma ousada, inovadora e com forte articulação política as necessidades da população em relação às DST, HIV/Aids e hepatites virais. MAPA ESTRATÉGICO Missão Visão 1. Fortalecimento da rede de atenção e linhas de cuidado às DST, Aids e Hepatites Viras 2. Prevenção, diagnóstico precoce da infecção pelo HIV, DST e Hepatites Virais e redução de risco e vulnerabilidade 3. Promoção de direitos humanos e articulação com redes e movimentos sociais 6. Acesso Universal aos medicamentos, preservativos e outros insumos estratégicos

8 Estrutura do Departamento em 2011 Quatro Coordenações

9 Prioridades nacionais Redução da Transmissão Vertical do HIV, sífilis e hepatites virais Ampliação da testagem do HIV, sífilis e hepatites B e C Ampliação da cobertura vacinal para a hepatite B Aumento das ações integradas para populações em situação de vulnerabilidades, priorizando: gays, travestis, profissionais do sexo, mulheres, usuários de drogas, jovens Desenvolvimento de ações de prevenção posithiva para pessoas vivendo com HIV/Aids e de promoção da qualidade de vida dos portadores de hepatites virais Fortalecimento da parceria com a sociedade civil em HIV/Aids e hepatites virais Aprimoramento da gestão e governança nos três níveis

10 AMPLIAÇÃO DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO

11 Testes rápidos para hepatite B e C Aquisição de 1,8 milhão de testes rápidos de triagem para hepatite B e 1,8 milhão para hepatite C; Validação dos TR para triagem para as hepatites B e C; Capacitação de profissionais de saúde como multiplicadores estaduais para implantação dos testes rápidos de triagem para hepatites B e C.(Julho/agosto/outubro).

12 Diretrizes da aplicação dos testes rápidos Para o uso dos testes rápidos, a rede deverá observar as diretrizes recomendadas pelo MS O MS por meio da SVS, adquire centralmente e distribui a partir de setembro, ficando sob a responsabilidade das Coordenações Estaduais a logística para a rede de serviços; Necessidade de articulação entre os serviços: CTA (triagem), Laboratório (confirmação laboratorial) e ambulatórios (assistência)

13 Novos desafios no campo da prevenção da transmissão do HIV Adoção de medidas complementares às práticas seguras para prevenção Perspectiva de antecipação do tratamento, incluindo o objetivo de redução da transmissibilidade Implantação das medidas de redução de risco de transmissão no contexto da reprodução Implementação da Profilaxia Pós-exposição Sexual Medida complementar a adoção de práticas seguras Definição e divulgação dos serviços de referência Organização da rede para atendimento da demanda A médio prazo estima-se aumento do número de pessoas em tratamento antirretroviral no sistema de saúde

14 Atualização e desenvolvimento de diretrizes clínicas Publicação das Recomendações de Tratamento para Adultos Infectados pelo HIV 2011 Desenvolvimento das Diretrizes de Prevenção da TV das Hepatites Virais Atualização das Diretrizes de Prevenção da TV do HIV Atualização do Manual de Abordagem a DST Condução do circuito de análise da incorporação de antivirais para Hepatite C

15 Região Norte

16 Financiamento

17 HIV, AIDS e Outras DST - Histórico Elaboração de nova proposta de modelo de financiamento, considerando os seguintes critérios:. Dinâmica da epidemia (interiorização).. Número de casos acumulados de Aids.. Velocidade de crescimento da incidência de Aids (Modelo de Financiamento)

18 Hepatites Virais: compromissos para o período de 2011 a 2012 Contribuir na organização da resposta nacional, compartilhando atribuições com estados e municípios Aquisição centralizada de insumos para biologia molecular VHB e VHC e testes rápidos para Hepatite B e C Estruturar a rede de atenção. Ampliar a oferta de tratamento. Implantação do Sistema Informatizado de medicamentos Desenvolver e implementar as Diretrizes para Prevenção da Transmissão Vertical Estabelecer a condução da introdução de novas intervenções diagnósticas e terapêuticas

19 DST/AIDS: compromissos para o período de 2011 a 2012 Ampliar o acesso ao diagnóstico Capilarizar a oferta de testes rápidos como diagnóstico, para:. populações em situação de vulnerabilidade. gestantes. sintomáticos, particularmente portadores de tuberculose Promover acesso a novas estratégias de prevenção Integrar ações e serviços de diagnóstico, prevenção e tratamento Possibilitar o acesso das ONG ao financiamento previsto na política de incentivo

20 Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais


Carregar ppt "Macro Norte Macapá/AP 26 a 29 de outubro de 2011 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais SVS, Ministério da Saúde Macrorregionais DTS/Aids/Hepatites."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google