A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Edvaldo Ferreira. ORGANIZAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS E PROPRIEDADES PERIÓDICAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Edvaldo Ferreira. ORGANIZAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS E PROPRIEDADES PERIÓDICAS."— Transcrição da apresentação:

1 Edvaldo Ferreira. ORGANIZAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS E PROPRIEDADES PERIÓDICAS

2 Edvaldo Ferreira. LEI DAS TRIADES A PERIODICIDADE DAS PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS ESTAVA RELACIONADA A MASSA ATÔMICA; ORGANIZAÇÃO EM GRUPOS DE TRÊS ELEMENTOS EM FUNÇÃO DA MÉDIA ARITIMÉTICA DE SUAS MASSAS ATÔMICAS. Edvaldo Ferreira. LEI DAS TRIADES

3 Edvaldo Ferreira. PARAFUSO TELÚRICO PRIMEIRO ESBOUÇO DE UMA TABELA PERIÓDICA; ELEMENTOS DISTRIBUIDOS EM ORDEM CRESCENTE DE MASSA ATÔMICA; ELEMENTOS COM PROPRIEDADES SEMELHANTES EM LINHAS DIAGONAIS. CHANCOURTOIS

4 Edvaldo Ferreira. LEI DAS OITAVAS ELEMENTOS ORGANIZADOS EM ORDEM CRESCENTE DE MASSA ATÔMICA; AS PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS SE REPETIAM A CADA GRUPO DE SETE ELEMENTOS (ANALOGIA AS SETE NOTAS MUSICAIS). NEWSLAND

5 Edvaldo Ferreira. TABELA DE MENDELEEV E LOTHAR MEYER ELEMENTOS DISTRIBUIDOS EM ORDEM CRESCENTE DE MASSA ATÔMICA; ELEMENTOS DISTRIBUIDOS EM LINHAS VERTICAIS E HORIZONTAIS; ELEMENTOS NUMA MESMA LINHA VERTICAL TINHA PROPRIEDADES SEMELHANTES. DMITRI MENDELEEV LOTHAR MEYER

6 Edvaldo Ferreira. MENDELEEV DETERMINOU A POSSIBILIDADE DA EXISTÊNCIA DE NOVOS ELEMENTOS; PREVEU PROPRIEDADES FISICO-QUÍMICAS PARA ELEMENTOS AINDA NÃO CONHECIDOS.

7 Edvaldo Ferreira. LEI DE MOSELEY AS PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS ESTÃO DIRETAMENTE LIGADAS AO NÚMERO ATÔMICO; AS PROPRIEDADES QUÍMICAS DOS ELEMENTOS ESTÃO LIGADAS AO NÚMEROS DE ELÉTRONS ELEMENTOS NUMA MESMA LINHA VERTICAL TINHA PROPRIEDADES SEMELHANTES.

8 Edvaldo Ferreira. ELEMENTOS, DISTRIBUIDOS EM ORDEM CRESCENTE DE NÚMERO ATÔMICO, EM LINHAS VERTICAIS (FAMÍLIAS) E HORIZONTAIS (PERIODOS); ELEMENTOS DISPOSTOS NUMA MESMA FAMÍLIA APRESENTA PROPRIEDADES QUÍMICAS SEMELHANTES E MESMO NÚMERO DE ELÉTRONS NA ÚLTIMA CAMADA (CAMADA DE VALÊNCIA); ELEMENTOS DISPOSTOS NUMA MESMA LINHA VERTICAL APRESENTA O MESMO NÚMERO DE CAMADA ELETRÔNICAS.

9 Edvaldo Ferreira. : Hidrogênio 1 elemento : Metais 84 elementos : Ametais 11 elementos : Semimetais 7 elementos : Gases nobres 6 elementos

10 Edvaldo Ferreira. ELEMENTOS REPRESENTATIVOS (GRUPO A) DIVIDIDOS EM OITO FAMÍLIAS; CONTÉM DE 1 A 8 ELÉTRONS NA ÚLTIMA CAMADA; POSSUEM SUBNÍVEIS S OU P COMO MAIS ENERGÉTICOS. Família ou grupo NomeConfiguração do último nível N° de elétrons do último nível 1 - IA Metais Alcalinos ns IIA Metais Alcalino-terrosos ns IIIA Família do Boro ns 2 np IVA Família do Carbono ns 2 np VA Família do Nitrogênio ns 2 np VIA Calcogênios ns 2 np – VIIA Halogênios ns 2 np zero Gases Nobres ns 2 np Na – 1s 2 ; 2s 2 ; 2p 6 ; 3s 1 3s 1 - CAMADA DE VALÊNCIA PERIODO – 3º PERIODO. FAMÍLIA – 1A.

11 Edvaldo Ferreira. ELEMENTOS DE TRANSIÇÃO (GRUPO B). DIVIDIDOS EM 10 GRUPOS; SUBNÍVEIS D (TRANSIÇÃO EXTERNO) E F (TRANSIÇÃO INTERNA) MAIS ENERGÉTICOS IIIBIVBVBVIBVIIBVIIIBIBIIB d1d1 d2d2 d3d3 d4d4 d5d5 d6d6 d7d7 d8d8 d9d9 d Fe – 1s 2 ; 2s 2 ; 2p 6 ; 3s 2 ; 3p 6 ; 4s 2 ; 3d 6. 4s 2 – CAMADA DE VALÊNCIA PERIODO – 4º PERIODO. 3d 6 – SUBNÍVEL MAIS ENERGÉTICO. FAMÍLIA – 8B.

12 Edvaldo Ferreira. MetaisSemi-metaisNão-metaisGases Nobres

13 Edvaldo Ferreira. Metais Bons condutores de corrente elétrica e calor; Brilho metálico; Dúcteis; Elevada temperatura de fusão; Maleáveis

14 Edvaldo Ferreira. Ametais ou Não-metais Maus condutores de corrente elétrica (Exceto o Carbono grafite) e calor; Opacos; Baixa temperatura de fusão; Quando sólidos se fragmentam;

15 Edvaldo Ferreira. Semimetais ou metalóides Têm propriedades intermediárias entre os metais e os não metais. Silício (Si) Condutividade elétrica baixa Brilho metálico Temperatura de fusão elevada Fragmenta-se

16 Edvaldo Ferreira. Gases Nobres Apresentam-se no estado gasoso; Grande estabilidade (Pouca capacidade de se ligar com outros elementos).

17 Edvaldo Ferreira. Hidrogênio É um elemento atípico, pois possui a propriedade de se combinar com metais, ametais e semimetais. Nas condições ambientes, é um gás extremamente inflamável.

18 Edvaldo Ferreira. É a distância que vai do núcleo do átomo até o seu elétron mais externo. Está relacionado com: - Carga nuclear (Número atômico); - Número de camadas eletrônicas.

19 Edvaldo Ferreira. He H LiNaKRbCsFr RAIO ATÔMICO

20 Edvaldo Ferreira.

21 RAIO IÔNICO AUMENTO DA CARGA NUCLEAR EFETIVA; REDUÇÃO DO RAIO. AUMENTO DA CARGA NUCLEAR EFETIVA; AUMENTO DO RAIO. CÁTIONÂNIONS R CÁTION < R ÁTOMO R ÂNION > R ÁTOMO ISOELETRÔNICOS O 2– > F – > Na + > Mg 2+

22 Edvaldo Ferreira.

23 É a energia necessária para remover um ou mais elétrons de um átomo isolado no estado gasoso. X (g) + Energia X + (g) + e -

24 Edvaldo Ferreira. QUANTO MAIOR A INTERAÇÃO NÚCLEO-ELÉTRON MAIOR A ENERGIA DE IONIZAÇÃO; QUANTO MENOR O RAIO ATÔMICO MAIOR O POTENCIAL DE IONIZAÇÃO; A ENERGIA DE IONIZAÇÃO DE CÁTION É MAIOR QUE A ENERGIA DE IONIZAÇÃO DO ÁTOMO CORRESPONDENTE. 1ª E.I < 2ª E.I < 3ª E.I < 4ª E.I

25 Edvaldo Ferreira. ENERGIA (OU POTENCIAL) DE IONIZAÇÃO He He Ne Ne Ar Ar Kr Kr Xe Xe Rn Rn H Fr

26 Edvaldo Ferreira.

27 É a energia liberada quando um átomo isolado, no estado gasoso,captura um elétron. X (g) + e - X - (g) + Energia

28 Edvaldo Ferreira. H Fr AFINIDADE ELETRÔNICA F

29 Edvaldo Ferreira. A força de atração exercida sobre os elétrons de uma ligação; Tendência que o átomo tem em ganhar elétrons.

30 Edvaldo Ferreira. B C N O F Cl Cl Br Br I H Fr ELETRONEGATIVIDADE

31 Edvaldo Ferreira. Carater metálico dos elementos; Tendência que o átomo tem em perder elétrons.


Carregar ppt "Edvaldo Ferreira. ORGANIZAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS E PROPRIEDADES PERIÓDICAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google