A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução: Muito tem se falado sobre a juventude e o que mais se ouve em nossos dias é que: ser jovem é viver uma vida despreocupada, de incertezas, conflitos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução: Muito tem se falado sobre a juventude e o que mais se ouve em nossos dias é que: ser jovem é viver uma vida despreocupada, de incertezas, conflitos,"— Transcrição da apresentação:

1 Introdução: Muito tem se falado sobre a juventude e o que mais se ouve em nossos dias é que: ser jovem é viver uma vida despreocupada, de incertezas, conflitos, de rebeldias e consequências. O Senhor nos mostra que apesar da juventude ser considerada uma fase de indefinição e incertezas, sempre existirá uma exceção à regra. O Senhor sempre levanta em meio à juventude jovens incorruptíveis, corretos no meio de uma geração perversa :

2 Jovens Fazendo a Diferença

3 Filipenses - 2: Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; 15 - Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo; A palavra do Senhor relata a história de um jovem que tinha tudo para murmurar, se rebelar e viver uma vida longe de Deus. Mas a vida deste homem de Deus tem se tornado referencial para muitos jovens que desejam ter uma vida séria com Deus.

4 Venho falar de Daniel,  um jovem de boa aparência, inteligente, cuja: fé; e determinação em Deus, se tornaram, e foram as diferenças em sua vida.

5 Diz a palavra de Deus que após a invasão babilônica a Judá, muitas pessoas, incluindo jovens, foram levados cativos. Dentre esses jovens estavam Daniel e seus amigos: Hananias, Misael e Azarias. Embora cativos ao sistema daquele reino, estes jovens não cederam as “maravilhas” do Império da Babilônia, aos encantos de seus palácios, suas festas e etc.

6 Por muitos jovens não terem convicção de sua fé, acabam sendo influenciados pelo sistema de babilônia(mundo) que incluia festas pagãs(suas idolatrias), bebedices e prostituições. Muitos jovens cristãos acabam cedendo também a estas tentações, por não possuírem um espírito excelente como de Daniel. Mas para obter esse espírito excelente, é também preciso ter uma fé excelente. E Daniel tinha essa fé.

7 Fazer diferença é não se contaminar

8 Fazer diferença é não ceder

9 A palavra do Senhor diz em Hebreus 11:2: A Fé é o firme fundamento daquilo que se espera e a convicção de fatos que não se vêem. Mesmo sendo acusado e injustiçado, Daniel tinha certeza que o mesmo Deus que cria e que “permitiu” ser levado cativo, é o mesmo Deus que o podia livrar. Daniel tinha convicção de mesmo diante da morte, o Senhor poderia com Seu poder mudar a sua sorte (Dn 3:17).

10 Daniel 3:17 - Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. Daniel, além de uma fé excelente, possuía uma sabedoria divina que vinha direta do alto, do Pai das luzes. A sabedoria era com Daniel pois este não buscava seus próprios interesses, ele buscava em Deus a resposta para seus desafios e procedia dignamente.

11 fazer diferença e ter fé

12 Fazer diferença é buscar sabedoria divina

13 A palavra de Deus diz: Tiago 3: Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.

14 Daniel teve seu nome mudado( a Daniel pôs o de Beltessazar), mas sua personalidade, sua identidade em Deus continuou intacta. Daniel 1: E o chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel pôs o de Beltessazar, e a Hananias o de Sadraque, e a Misael o de Mesaque, e a Azarias o de Abednego. 8 - E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar. Porque aquele que a Deus se consagra, não se contamina.

15 Fazer diferença é saber dizer não

16 Fazer diferença é consagrar-se

17 Hoje, muitos banquetes são oferececidos aos jovens desta geração dia após dia, mas o diferencial de Daniel era: saber dizer NAO a tentação e fugir da aparência mal (2 Tm 2:22;Tg 1:21. I Pedro 3;4).

18 Infelizmente, por muitos jovens serem inconstantes e de ânimo dobre ( corruptível) é que acabam se nivelando (e andando) com jovens ímpios (Tg 4:8,Jd 1;4-19). Daniel não andava sozinho. Daniel escolheu amizades que compartilhavam da mesma fé (Dn 3:12). Daniel 3: Há uns homens judeus, os quais constituíste sobre os negócios da província de Babilônia: Sadraque, Mesaque e Abednego; estes homens, ó rei, não fizeram caso de ti; a teus deuses não servem, nem adoram a estátua de ouro que levantaste. Muitos jovens acabam estando na roda dos escarnecedores e sendo influenciados por eles pela falta de determinação e convicção. O inimigo se aproveita da solidão para incitar o pecado. A falta de vigilância de alguns jovens, acaba dando brechas para o inimigo atuar. Quando estiver sozinho, aproveite este tempo para buscar a Deus. A ociosidade nos leva a pecar. Aprenda em Deus a administar seu tempo com Ele.

19 Daniel buscou se aprofundar nos mistérios do sobrenatural de Deus e teve como recompensa muitas revelações da parte do Senhor. Hoje muitos jovens buscam “outros mistérios” e “descobertas” De um mundo virtual e acabam caindo nos laços de pornografia e toda sorte de imoralidade.

20 Daniel tinha espírito excelente, pois tinha: uma vida de consagração, uma vida de oração. Daniel tinha entendimento que a vitória na esfera terrena, dependia dela ser vencida no âmbito espiritual. Foi por isso que o Senhor o livrou da cova dos leões e seus amigos da fornalha de fogo.

21 Outra característica de Daniel é que: ele não era religioso e sabia APROVEITAR AS OPORTUNIDADES que lhe deram. Daniel poderia não decifrar por Deus os sonhos do rei, afinal ele era idólatra e não cria no Deus de Daniel. Mas Daniel aproveitou seu dom para glorificar a Deus. Muitas vezes deixamos de testemunhar por causa do nosso legalismo religioso. Na maioria das vezes não queremos nem se quer ouvir, o que é certo para que possamos tomar uma decisão correta e nossa vida ou pelo menos discutirmos o assunto. Simplesmente ignoramos.

22 Conclusão: Da vida de Daniel, podemos tirar muitas lições, mas a maior delas é : que um jovem que ora é um jovem forte. Jovens que oram, são jovens que vencem o maligno(I Jo 3), que não deixam ser comprados por ninguém (Dn 5:17), nem persuadidos, nem contaminados(Dn 1:8). Jovens que buscam a presença de Deus, possuem convicção e determinação, que não negam sua fé, mesmo diante de acusações e calunias(Dn 6:16).

23 O desejo de Deus é: 1.que se levante nessa nação jovens ousados em Deus, determinados em servir a Ele, mesmo diante das tribulações. 2. Jovens que temam a Deus, não a homens, jovens de fé, com visão no reino de Deus. 3.Jovens que desejam se aprofundar em Deus, viver em santidade e obediência. 4.Jovens que resplandeçam em meio a uma geraçào em trevas. 5.Jovens como Daniel e seus amigos, diferenciados, com um espírito excelente. Isso pode acontecer!!! Quem sabe, com alguém jovem como você? Basta você crer…

24 Fazer diferença é acreditar que Deus faz a diferença


Carregar ppt "Introdução: Muito tem se falado sobre a juventude e o que mais se ouve em nossos dias é que: ser jovem é viver uma vida despreocupada, de incertezas, conflitos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google