A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Morfologia: Estrutura e formação das Palavras Cursinho Vitoriano Prof.ª Beatriz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Morfologia: Estrutura e formação das Palavras Cursinho Vitoriano Prof.ª Beatriz."— Transcrição da apresentação:

1 Morfologia: Estrutura e formação das Palavras Cursinho Vitoriano Prof.ª Beatriz

2 Morfologia (Morfo: forma; logia: estudo) Palavra Morfemas Menor unidade significativa da língua

3 Menin/o Menin/a Menin/inh/o Menin/ice Menin/inh/o/s /Menin-/: Radical - criança pequena /-inho/: grau diminutivo /-o/: gênero masculino /-s/: número plural

4 Tipos de Morfemas Morfemas Lexicais – Radicais: Morfemas Lexicais – Radicais: Cavalo Cavalgada Cavaleiro Cavalete Obs.: Não confundir Radical com Raiz. Palavras cognatas

5 Morfemas Derivacionais: Morfemas Derivacionais:Afixos Ex.: /in-/ + /feliz/= infeliz prefixo Adjetivo Adjetivo prefixo Adjetivo Adjetivo infeliz + /-mente/ = infelizmente infeliz + /-mente/ = infelizmente Adjetivo Sufixo Advérbio Adjetivo Sufixo Advérbio Prefixos: alteram o sentido, mas não a classe das palavras. Sufixos: alteram o sentido das palavras, podendo também alterar suas classes.

6 Morfemas Flexionais – Desinências Morfemas Flexionais – DesinênciasNomes Ex.: meninoø Professorø meninas Professora meninas Professora Alomorfia: dois morfes diferentes codificando o mesmo morfema. Ex.: /-o/ e /ø/ indicam gênero masculino. Número Gênero Par de opostos

7 Casos especiais: Lápis o lápis; os lápis Lápis o lápis; os lápis Estudante a estudante, o estudante Estudante a estudante, o estudante Morfema latente: a marcação de gênero e de número ocorre sintaticamente e não morfologicamente.

8 Verbos Morfemas cumulativos: cada morfema indica duas noções. Ex.: estud/a/va/mos Modo/tempo Número/pessoa

9 Morfema classificatório – Vogal temática Morfema classificatório – Vogal temática Verbais: Verbais: cantar vender dormir Nominais: carta embarque livro Conjugações verbais Não são morfemas de gênero porque não há um par de opostos

10 Formas atemáticas: Formas atemáticas: terminadas em consoante, vogal tônica ou nasal Ex.: lápis, nível, fé, irmão.

11 Vogais e consoantes de ligação Vogais e consoantes de ligação - vogal: gás + /-duto/ = gasoduto gás + /-duto/ = gasoduto - consoante: machado + /-ada/: machadada machado + /-ada/: machadada tesoura + /-ada/: tesourada tesoura + /-ada/: tesourada pau + /-ada/: paulada pau + /-ada/: paulada

12 Formação de Palavras Formação de Palavras Derivação: BASE + AFIXOS Morfemas derivacionais e não flexionais Composição: BASE + BASE

13 Derivação Prefixal: PREFIXO + BASE Prefixal: PREFIXO + BASEEx.: /ante-/ + pôr = antepor /ante-/ + pôr = antepor verbo verbo verbo verbo /inter-/ + nacional = internacional /inter-/ + nacional = internacional adjetivo adjetivo adjetivo adjetivo /in-/ + quieto = inquieto /des-/ + inquieto = desinquieto

14 Sufixal: BASE + SUFIXO Sufixal: BASE + SUFIXO nação + /-al/ = nacional nação + /-al/ = nacional subst. Adj. subst. Adj. sapato + /-eiro/ = sapateiro sapato + /-eiro/ = sapateiro subst. subst. subst. subst.

15 Prefixal e sufixal: Prefixal e sufixal:Infelizmente: 1º derivação prefixal: 1º derivação prefixal: /in-/ + feliz = infeliz /in-/ + feliz = infeliz 2º derivação sufixal: Infeliz + /-mente/ = infelizmente

16 Parassintética: Parassintética: PREFIXO + BASE + SUFIXO - Verbos de mudança de estado; - Adjetivos terminados em /-ada/ /en-/ + velho + /-ecer/ = envelhecer *envelho *velhecer /des-/ + dente + /-ada/ = desdentada *desdente

17 Casos Especiais: Derivação Regressiva ou deverbal Derivação Regressiva ou deverbalVerbo>Nome gritar > grito gritar > grito Atacar > ataque - Quando o substantivo indicar ação: o verbo será a forma primitiva; - Quando o substantivo indicar um objeto: o verbo será a forma nominal. Ex.: Perfume > Perfumar Alfinete > Alfinetar Alfinete > Alfinetar

18 Derivação imprópria: quando ocorre mudança na classe das palavras sem que haja algum processo de derivação. Derivação imprópria: quando ocorre mudança na classe das palavras sem que haja algum processo de derivação. Ex.: alto O homem é alto (adjetivo) A menina fala alto (advérbio) * Nomes próprios tornam-se nomes comuns: Maisena Amido de Milho Bombril lã de aço

19 Composição Justaposição: Justaposição: Ex.: girassol guarda-chuva guarda-chuva papel-alumínio papel-alumínio pé de moleque. pé de moleque.

20 Aglutinação: Aglutinação: aguardente (água + ardente) aguardente (água + ardente) vinagre (vinho + acre) vinagre (vinho + acre) alvinegro (alvo + negro) alvinegro (alvo + negro) *Algumas palavras já perderam o sentido de composição: Embora (em boa hora) Fidalgo (filho de algo) Você (Vosmecê)

21 Casos especiais de formação de palavras Hibridismo: Hibridismo: Televisão (tele: grego + visão: latim) Surfista (Surf: inglês + ista: português) Abreviação: Abreviação: Sampa: São Paulo Pneu: pneumático Quilo: quilograma Moto: motocicleta Foto: fotografia

22 Abreviatura: Abreviatura:DrªKg.TO Sigla: Sigla:IBILCEUNESPSBTHBRJ

23 Onomatopeia: Onomatopeia:Co-có-ri-cóPoft!Mugir Neologismo: Neologismo:DeletarLancePiriguete

24 Empréstimos EmpréstimosInterneteAbajur Cruzamento Vocabular Cruzamento VocabularPortunholshowmício


Carregar ppt "Morfologia: Estrutura e formação das Palavras Cursinho Vitoriano Prof.ª Beatriz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google