A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS. ESTRUTURA INEXPLICÁVEL in + explic + ável negação significado possibilidade Morfemas unidades mínimas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS. ESTRUTURA INEXPLICÁVEL in + explic + ável negação significado possibilidade Morfemas unidades mínimas."— Transcrição da apresentação:

1 ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS

2 ESTRUTURA INEXPLICÁVEL in + explic + ável negação significado possibilidade Morfemas unidades mínimas de significação, forma as palavras.

3 RADICAL contém o significado básico da palavra. Ex. dúvida, duvidosa, indubitável, duvidinha AFIXOS São morfemas que se juntam ao radical para, a partir dele, formar novas palavras. PREFIXOS Quando aparecem antes do radical. Ex. Relembrar SUFIXOS Quando aparecem após o radical. Ex. duvidOSA

4 DESINÊNCIAS São morfemas que se juntam ao final das palavras para indicar as flexões que os nomes e os verbos podem apresentar. NOMINAIS Marcam o gênero (masculino e feminino) e o número (singular e plural) das palavras. Ex. alun A S (A: feminino- gênero/ S: número- plural ) VERBAIS Indicam, nas formas verbais, as variações de número e pessoa; tempo e modo. Ex. cant á VA MOS VA DMT MOS DNP

5 VOGAL TEMÁTICA Vogal que une o radical às desinências e indica a conjugação. cant Á VAMOS (1ª conjugação) v E r (2ª conjugação) part I r (3ª conjugação) VOGAL DE LIGAÇÃO Vogal que une morfemas. Ex. util I dade CONSOANTE DE LIGAÇÃO Consoante que une morfemas. Ex. café T eira

6 ATIVIDADES 1- Identifique os morfemas indicados : a- pesquisadora (radical) – b- percorrer ( radical) – c- evolução ( sufixo) – d- práticos ( des. de número) – e- poderão ( vogal temática) – f- amamos (DNP) – g- gasômetro ( vogal de ligação) –

7 FORMAÇÃO DE PALAVRAS PRIMITIVAS – Não se formam a partir de outra palavra. Ex. sombra sombra, árvore árvore, região DERIVADAS – Origina-se de outra palavra já existente. Ex. moradores moradores ( morar), ambiental ambiental (ambiente ) COMPOSTAS – Formam-se pela reunião de duas ou mais palavras. Ex. guardaroupa guarda-roupa, pontapé pontapé, planalto planalto, girassol

8 PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS DERIVAÇÃO processo que dá origem a uma nova palavra a partir de outra. PREFIXAL PREFIXAL – Forma-se pelo acréscimo de prefixo. Ex. contrapor, pré- natal, desligar SUFIXAL SUFIXAL – Forma-se pelo acréscimo de um sufixo. Ex. chuveiro, orgulhoso, pertinho, velozmente PREFIXAL e SUFIXAL SUFIXAL - Acrescentam-se prefixo e sufixo. Ex. infelizmente, deslealdade

9 PARASSINTÉTICA PARASSINTÉTICA – forma-se pelo acréscimo simultâneo de prefixo e sufixo. Ex. entardecer, desalmado, amadurecer REGRESSIVA REGRESSIVA – Forma-se, geralmente, pelo acréscimo das vogais a, e ou o ao radical dos verbos. Ex. crítica (criticar), empate (empatar), choro (chorar) IMPRÓPRIA IMPRÓPRIA – Mudança de classe gramatical, sem alterar sua forma. Ex. verde ( adjetivo) Onde estão os meus verdes? substantivo

10 COMPOSIÇÃO COMPOSIÇÃO Consiste em formar uma nova palavra a partir de duas ou mais já existentes. JUSTAPOSIÇÃO – União de palavras sem que haja perda do radical. Ex. pontapé, girassol, justaposição, couve-flor AGLUTINAÇÃO - União de palavras com alteração do radical, em, pelo menos, uma. Ex. lobisomem (lobo + homem), vinagre ( vinho+ acre) ONOMATOPÉIA ONOMATOPÉIA Consiste na imitação de determinados sons ou. ruídos. Ex. Quaquaracuac!, Smack!,

11 ATIVIDADES 1- Identifique os processos de formação das palavras abaixo. a- pé-de-galinha – b- contrabando – c- Transpantaneira – d- rodovia – e- encadeamento – f- Chomp! – g- anormalidade –

12 OUTROS PROCESSOS ESTRANGEIRISMO: empréstimo linguístico originário de línguas estrangeiras. Ex.: abajur, fast-food, rèveillon, champagne REDUÇÃO: resulta da eliminação de um segmento da palavra para se obter uma forma mais curta, mantendo o significado da original. Ex.: neura (neurose) ; vídeo (videocassete); Ex.: micro (microcomputador) HIBRIDISMO: união ou combinação de palavras com elementos de línguas diferentes. Ex.: sociologia (latim e grego) ; surfista (inglês e grego)

13 NEOLOGISMO: palavra cuja criação é recente ou usada com um novo significado. Ex.: deletar; Cuidado, você pode dançar. ( dar-se mal) SIGLONIMIZAÇÃO (SIGLAS); combinação de letras iniciais das palavras que formam um nome. Ex.: INSS, USP, ONU, OEA OBS.: As palavras que provêm do mesmo radical são chamadas palavras cognatas (ou famílias etimológicas) Ex.: agrário, agricultor, agrícola Ex.: acéfalo, bicéfalo,encéfalo


Carregar ppt "ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS. ESTRUTURA INEXPLICÁVEL in + explic + ável negação significado possibilidade Morfemas unidades mínimas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google