A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Perfil do Cristão Consciência Limpa José Adelson de Noronha Baseado em Estudo Bíblico do Pr. Marco Antônio de Sousa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Perfil do Cristão Consciência Limpa José Adelson de Noronha Baseado em Estudo Bíblico do Pr. Marco Antônio de Sousa."— Transcrição da apresentação:

1 O Perfil do Cristão Consciência Limpa José Adelson de Noronha Baseado em Estudo Bíblico do Pr. Marco Antônio de Sousa

2 Consciência Conhecimento ou percepção do que se pas- sa em nós; faculdade de julgar os próprios atos;senso de responsabilidade na execução de um trabalho e no cumprimento do dever; honradez; probidade; retidão; escrúpulo em favor de determinada coisa. (Dicionário Brasileiro – Alpheu Tersariol)

3 A CULPA NOS ROUBA A PAZ!!! (Culpa é proveniente do pecado, erros não acertados e acusações). VIVEMOS NUM MUNDO DE CULPA! Rom. 3: 23 – Todos pecaram e carecem da glória de Deus.

4 MENNIGER, psicólogo americano, escreveu um livro: O que aconteceu com o Pecado? A sociedade procura eliminar a culpa! Satanás procura nos acusar e tirar a nossa confiança (Rm 8:1-2).

5 I – Por que Deus nos deu consciência? A – Para nos orientar O espírito do homem é a lâmpada do Senhor, a qual esquadrinha todo o mais íntimo do corpo ( Pv 20:27)

6 Estes mostram a norma da lei gravada nos seus corações, testemunhando-lhes também a consciência, e os seus pensamentos mutuamente acusando-se ou defendendo-se. (Rm 2:15)

7 B – Acusar de pecado Nossa memória grava todas as nossas ações, sejam elas boas ou más. Então disseram uns aos outros: na verdade somos culpados no tocante a nosso irmão, pois lhe vimos a angústia da alma quando nos rogava, e não lhe acudimos; por isso nos vem esta ansiedade (Gn 42: 21).

8 B – Acusar de pecado Sucedeu, porém, que, depois sentiu Davi bater-lhe o coração, por ter cortado a orla do manto de Saul (I Sm 24:5) Mt 27:3-5 – O remorso de Judas. At 2:37 - Conversão de pessoas.

9 C – Ajudar-nos a ser santos e puros diante dele Por isso também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens (At 24:16) Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência (Rm 9:1)

10 Pois, se o nosso coração nos acusar, certamente Deus é maior do que o nosso coração, e conhece todas as coisas. Amados, se o coração nos acusar, temos confiança diante de Deus (I Jo 3:20-21) E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro (I Jo 3:3)

11 Deus nos criou para a pureza e santidade. Para sermos como Ele. A consciência ajuda-nos nesse processo.

12 II – O que é consciência limpa? Alegria interior e a paz de espírito que resultam de se ter acertado todas as dívidas pessoais ou pecados com aqueles contra quem se pecou ou se causou algum prejuízo moral, emocional ou financeiro.

13 Quem dentre vós me convence de pecado? Se vos digo a verdade, porque razão não me credes? (Jo 8:46) Mas ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava. (Jo 8:9)

14 Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que com santidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria humana, mas na graça divina temos vivido no mundo, e mais especialmente para convosco (II Co 1:12)

15 III – A importância de se ter uma consciência limpa A – Ter paz interior verdadeira Cl 3:15: Seja a paz de Cristo o árbitro em vossos corações... Rm 14:22:....Bem aventurado é aquele que não se condena naquilo que aprova.

16 Uma consciência pesada é um tormento constante e rouba a paz. Gn 3:10: Ele respondeu: Ouvi a tua voz no jardim, e, porque esta nu, tive medo e me escondi. Sl 44:15: A minha ignomínia está sempre diante de mim; cobre-se de vergonha o meu rosto.

17 B – TESTIFICAR COM AUTORIDADE At 23:1: Fitando Paulo os olhos no Sinédrio, disse: Varões, irmãos, tenho andado diante de Deus com toda a boa consciência até o dia de hoje.

18 Jesus ensinava com autoridade. Não era como os fariseus: Qual a diferença? Jesus: – Quem dentre vós me convence de pecado? (Jo 8:46) Fariseus: Mas ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram se re- tirando um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava. (Jo 8:9)

19 Autoridade vem, principalmente, de viver o que falamos ou ensinamos. Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vossos corações, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo. (IPe 3:15-16)

20 C – Tomar decisões, mesmo debaixo de pressão I Sm 15:24 – Então disse Saul a Samuel: Pequei, pois transgredi o mandamento do Senhor e as tuas palavras; porque temi o povo, e dei ouvidos à sua voz.

21 D – Desenvolver boa amizade Se tivermos consciência limpa, podemos ter transparência nos nossos relaciona- mentos, sem medo de fantasmas do nosso passado (I Sm 18:1-4)

22 E – Gozar de boa saúde (Sl 32: 1-5) A tensão provocada por consciência pesada pode provocar enfermidades e problemas de origem psicológica e/ou psicossomática.

23 F – Não naufragar na fé Ora, o intuito da presente admoestação visa o amor que procede de coração puro e de consciência boa e de fé sem hipocrisia. Desviando-se algumas pessoas destas cousas perderam-se em loquacidade frívola. Mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns tendo rejeitado a boa consciência vieram a naufragar na fé. (I Tm 1:5-6,19)

24 A fé será sempre fingida se não houver uma consciência limpa. Por isso também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens (At. 24: 16)

25 Quando não reagimos aos apelos da nossa consciência, normalmente buscamos uma maneira para CAUTERIZÁ-LA. Pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que têm cauterizada a própria consciência (I Tm 4:2)

26 G – Maneiras de se cauterizar a consciência 1: Insistir no erro: Quando forçamos uma ação negativa sobre nós mesmos e a praticamos repetidamente, tornamo-nos insensíveis aos apelos da nossa consciência sobre a mesma. Isso é conhecido como Perda da Alma. 2: Fuga: Pode ser através do alcoolismo; drogas; diversão, etc.

27 G – Maneiras de se cauterizar a consciência 4– Perversão (principalmente a sexual) A consciência é um tipo de autoridade para com os valores morais. O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz, será quebrantado de repente sem que haja cura (Pv 29:1)

28 G – Maneiras de se cauterizar a consciência 5 – Compensação – Boas obras. – Muito trabalho.

29 IV – Como obter uma consciência limpa Achegar-se a Cristo não é escapar dos problemas não resolvidos, mas resolvê-los tornando-se responsável pelos seus próprios atos. A – Reconhecer e confessar a Deus. Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (I Jo 1:9)

30 B – Consertar com os homens Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma cou- sa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão; e. então, voltando, faze a tua oferta (Mt 5:23,24) O que encobre as suas transgressões, jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia (Pv 28:13)

31 Satanás está sempre trazendo à nossa memória pecados antigos para nos acusar. Por que repetidas vezes confessamos um mesmo pecado ao Senhor sendo que o mês- mo já foi abandonado há tempos? Isso pode ser porque o pecado não foi ape- nas contra Deus, mas contra alguém mais e o Espírito Santo quer que acertemos a questão.

32 C – Fazer restituição 1- Caso de ofensa: Precisamos voltar, reconhecer a nossa falta e pedir perdão à pessoa a quem ofendemos. (Lc 15:17-21) 2 - Caso de prejuízo: Precisamos voltar, pedir o perdão da pessoa pela nossa falta e propor RESTITUIÇÃO. (Ex 33:14-16; 22:1-15; Fm 10-12; Nm 5:5-7)

33 V – Desculpas para não restituir A – Vai me custar tudo que tenho; B – Depois... eu vou restituir; C – Foi uma coisinha tão pequena; D – Não foi minha culpa, etc.

34 VI – Passos práticos para restituição A – Pedir ao Espírito Santo que nos revele o nosso coração. B – Definir exatamente o que precisamos restituir. C - Pedir sabedoria ao Senhor para que não agravemos o problema.

35 VI – Passos práticos para restituição D – Identificar o problema básico. E – Estar disposto a ir até o fim. Deus é justo e não exigirá de nós que façamos qualquer coisa que não nos seja possível fazer.

36 VII – Caso de pessoas que já morreram Nm 5:8: Mas, se esse homem não tiver parente chegado, a quem possa fazer restituição pela culpa, então o que se restitui ao Senhor pela culpa, será do sacerdote...

37 Conclusão: Aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo os corações purificados de má consciência, e lavado o corpo com água pura (Hb 10:22)


Carregar ppt "O Perfil do Cristão Consciência Limpa José Adelson de Noronha Baseado em Estudo Bíblico do Pr. Marco Antônio de Sousa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google