A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIA ECLESIÁSTICA Aula 3 A OFICIALIZAÇÃO DO CRISTIANISMO COMO FORMA DE MANTER O IMPÉRIO ROMANO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIA ECLESIÁSTICA Aula 3 A OFICIALIZAÇÃO DO CRISTIANISMO COMO FORMA DE MANTER O IMPÉRIO ROMANO."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIA ECLESIÁSTICA Aula 3 A OFICIALIZAÇÃO DO CRISTIANISMO COMO FORMA DE MANTER O IMPÉRIO ROMANO

2 HISTÓRIA DA IGREJA Início; Expansão; Perseguições; Decadência;

3 Transição Em torno do ano 305 d.C quatro aspirantes à coroa do Império Romano estavam em guerra. Os dois rivais mais poderosos eram Maxêncio e Constantino; Constantino afirma ter visto nol céu uma cruz luminosa, com a seguinte inscrição: In Hoc Signo Vinces (Por este sinal vencerás) Constantino venceu e um novo período da história da Igreja começa

4 CONSTANTINO

5 No ano 313 Constantino torna-se Imperador Romano e adota a cruz como símbolo nos escudos; A Igreja deixa de ser perseguida (Édito de Tolerância) e torna-se oficial. Isto trouxe coisas positivas e negativas.

6 CONSEQUÊNCIAS POSITIVAS Cessaram todas as perseguições; Os Templos foram restaurados e novamente abertos em toda parte, com intercessão por meio da rainha-mãe, Helena; Ao clero foram concedidos muitos privilégios; O domingo passou a ser o dia oficial de descanso e adoração; A crucificação foi abolida; As lutas de gladiadores foram gradualmente proibidas

7 CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS Idéias pagãs foram introduzidas no cristianismo: Aumento do esplendor e cerimonialismo nos cultos, perdendo na parte espiritual (liberdade de ação pelo E.Sto); Imagens de mártires, considerados santos, começam a entrar nos templos; Adoração à mãe de Jesus substitui a adoração a Vênus e a Diana; A Ceia do Senhor tornou-se sacrifício em vez de Memorial; O Presbítero evoluiu de pregador para sacerdote;

8 CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS Em 325 Constantino preside o Concílio de Nicéia: Pontifex Maximus (Sumo Pontífice); Em 395 a religião cristã torna-se a religião oficial do Império Romano, fundindo-se o Estado e a Igreja; Numa só entidade dois braços: o espiritual e o secular;

9 Disse Jesus à Igreja de Pérgamo Possuo a espada afiada de dois gumes; Sei onde você vive e que Satanás tem aí o seu trono; Mesmo com perseguição e vendo outros sofrerem por minha causa, sei que você continua crendo; Todavia, tenho algumas coisas que me desagradam pois toleras alguns que, por amor ao dinheiro como Balaão, ensinam meu povo a errar; Não concorde mais com isso, para que eu não venha até você e lute contra eles com a espada da minha boca; Ouça com atenção para vencer e poder comer do Maná do céu e receber um novo nome

10 PROMESSAS AO VENCEDOR ÉFESO Comer da árvore da vida ESMIRNACoroa da vida PÉRGAMO Maná e pedra branca

11 CONSTANTINO Constantino transfere a capital do Império para Bizâncio, dando-lhe o nome de Constantinopla. Num só Império, duas pernas Os soldados eram obrigados a se converterem e eram batizados aos milhares;

12 Constantinopla Oriente Ocidente Roma

13 OS BÁRBAROS

14 BÁRBAROS Bárbaros eram todos aqueles que não faziam parte do Império Romano. O Império Romano estava em séria crise com grandes rebeliões entre as tropas. Isto abriu as portas para os Bárbaros

15 OS BÁRBAROS

16

17

18 GRANDES HOMENS Em 387, Agostinho, depois de uma vida devassa, converteu-se e tornou-se um dos maiores defensores do Cristianismo.

19 GRANDES HOMENS Jerônimo realizou a extraordinária tarefa de traduzir toda a Bíblia para o Latim (Vulgata).


Carregar ppt "HISTÓRIA ECLESIÁSTICA Aula 3 A OFICIALIZAÇÃO DO CRISTIANISMO COMO FORMA DE MANTER O IMPÉRIO ROMANO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google