A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mortalidade Materna- HCM 2006 - 2010 Macamo.E, Sululu.C e Machungo.F 1ª JORNADAS CIENTÍFICAS do HCM Centro de Conferências Joaquim Chissano Maputo, 27-28.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mortalidade Materna- HCM 2006 - 2010 Macamo.E, Sululu.C e Machungo.F 1ª JORNADAS CIENTÍFICAS do HCM Centro de Conferências Joaquim Chissano Maputo, 27-28."— Transcrição da apresentação:

1 Mortalidade Materna- HCM Macamo.E, Sululu.C e Machungo.F 1ª JORNADAS CIENTÍFICAS do HCM Centro de Conferências Joaquim Chissano Maputo, de Maio de 2011

2 Mortalidade Materna- HCM Introdução A mortalidade materna representa um grave problema de saúde pública. Estima-se que anualmente morrem no mundo durante a gravidez ou o puerpério (uma morte materna por minuto), sendo que 99% dessas mortes ocorrem nos países em desenvolvimento. Esses países são responsáveis por 86% dos nascimentos em todo o mundo.

3 Mortalidade Materna- HCM Definição Morte materna. morte de uma mulher durante a gravidez, parto ou até 42 dias após o término da gestação, independentemente do local da gestação ou duração provocada por qualquer causa relacionada ou agravada pela gestação ou por medidas tomadas em relação a ela, porém não devidas a causas acidentais. Razão de mortalidade materna - total de mortes maternas por nados vivos ( OMS).

4 Mortalidade Materna- HCM Indíces de mortes maternas segundo a OMS Aceitável 20 mortes / NV Moderado mortes/ NV Alto entre 50 – 149 mortes/ NV

5 Mortalidade Materna- HCM Risco de morte materna Reflete a probabilidade de engravidar e a possibilidade de morrer devido a problemas relacionados com a maternidade durante a fase reprodutiva da mulher. O risco de morte materna está diretamente relacionado ao nível socio-econômico das mulheres.

6 Mortalidade Materna- HCM Risco de morte materna 1/31 África 1/110 Ásia 1/480 América Latina e Caraíbe 1/ 4,300 Europa ( OMS/UNICEF/FNUAP – 2008)

7 Mortalidade Materna- HCM Moçambique ( ) mortes maternas ( centros de saúde e hospitais) RMM 473 / NV Tete 984 / NV Maputo 1019 / NV 2 % menores de 15 anos Faixa etária de 20 a 24 anos com mais mortes ( 28,3%) das mortes maternas

8 Mortalidade Materna- HCM Objectivo Analizar as causas e grau de evitabilidade de mortes maternas no HCM de Material e metodologia Processos clinícos de mulheres grávidas e puérperas que faleceram no HCM. Audit diário de processos recolhidos nas enfermarias da maternidade, UCI e outras enfermarias; arquivo clínico e serviço de anatomia patológica. De igual modo foram recolhidas as autópsias. Os dados eram lançados os em Acess.

9 Mortalidade Materna- HCM Número de mortes maternas

10 Mortalidade Materna- HCM Causas directas Doença hipertensiva da gravidez % 18.53% Hemorragia % 17.41% Aborto 47 15% 7.50% Sépsis % 5.27% Rotura uterina % 1.78% Total % 50.57% Causas indirectas SIDA % 29% Malária % 4.50% Outras causas % 12.20% Total % 45.5% Sem informação % Indeterminadas % Total %

11 Mortalidade Materna- HCM Principais causas de mortalidade materna

12 Mortalidade Materna- HCM Proveniência

13 Mortalidade Materna- HCM Principais locais de proveniência

14 Mortalidade Materna- HCM Faixa etária

15 Mortalidade Materna- HCM Nível académico

16 Mortalidade Materna- HCM Ficha pré-natal

17 Mortalidade Materna- HCM Número de consultas

18 Mortalidade Materna- HCM Paridade

19 Mortalidade Materna- HCM Principais causa relacionadas com a hemorragia

20 Mortalidade Materna- HCM Principais patologias associasdas à SIDA

21 Mortalidade Materna- HCM Tempo médio de internamento

22 Mortalidade Materna- HCM Locais de morte materna

23 Mortalidade Materna- HCM Autópsias

24 Mortalidade Materna- HCM Evitabilidade

25 Mortalidade Materna- HCM Evitabilidade em anos

26 Mortalidade Materna- HCM Locais de evitabilidade

27 Mortalidade Materna- HCM Causas de evitabilidade

28 Mortalidade Materna- HCM Conclusões A taxa de mortalidade materna é alta, levando a perda de mães de fam í lias com consequente aumento de orfãos. As mulhers grávidas do baixo risco obstétrico constituem o grupo que tem maior número de óbitos, sendo assim, é imperioso melhorar atenção ante –parto, intra-parto e pós parto. Os erros de conduta e os atrasos no diagnóstico são as principais causas de evitabilidade.

29 Mortalidade Materna- HCM Recomendações A mortalidade materna deve ser considerada como uma prioridade em todos os departamento e serviços do HCM. Monitorar o cumprimento das normas de conduta para a redução da taxa de mortalidade, através das audit diário. Organizar discussões semanais /mensais com o serviço de anatomia patológica para melhorar os diagnósticos.

30 Mortalidade Materna- HCM Recomendações ( cont) Deve continuar o TIP da malária A testagem para HIV e posterior PTV na consulta pré-natal devem continiar a merecer atenção

31 31 Cuidem de nós para que possamos cuidar dos nossos filhos!.. Muita saúde para a minha mãe!


Carregar ppt "Mortalidade Materna- HCM 2006 - 2010 Macamo.E, Sululu.C e Machungo.F 1ª JORNADAS CIENTÍFICAS do HCM Centro de Conferências Joaquim Chissano Maputo, 27-28."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google