A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Turma do 9º Ano Margarida Tiago Ana Rita Ana Débora Diogo Nadia Paula Manuel Laura Raquel Maria César Ana P.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Turma do 9º Ano Margarida Tiago Ana Rita Ana Débora Diogo Nadia Paula Manuel Laura Raquel Maria César Ana P."— Transcrição da apresentação:

1

2 Turma do 9º Ano Margarida Tiago Ana Rita Ana Débora Diogo Nadia Paula Manuel Laura Raquel Maria César Ana P.

3 Colégio de Pina Manique 9º Ano Classe Média Baixa. A escola tem um papel orientador nas suas escolha. Ambicionam profissões com elevada empregabilidade. Tiago 14 anos, Futuro Chefe de cozinha Casado, com filhos,…., imagino-me num bom cargo Gostava de ter uma profissão boa que ganhasse bem,…, pois se ganhar bem vou acabar por gostar da profissão…..

4 Escola Secundária Emídio Navarro 9ºAno Classe Média Baixa. Escolha da área é feita de acordo com a vocação. Quero tirar um curso para ser independente e não depender de ninguém nem dos meus pais Ser fotografa era como se fosse um tempo livre, nunca estava a trabalhar Débora, 14 anos, Futura Fotógrafa Quero ser professor porque tenho apetências para os pequeninos e gosto de ensinar Diogo, 15 anos, Futuro Professor do 1º ciclo

5 Escola Secundária Marquês de Pombal 9ºAno Classe Média Baixa Escola tem um papel muito activo nas suas escolhas. Têm elevadas expectativas quanto ao sucesso profissional. A vocação ou o contributo social, económico, etc. são factores importantes na escolha da profissão. Gostava de estar num cargo médio e casado… César, 17 anos, Futuro Gestor de Sistemas Operativos …vejo muito as séries sobre hospitais e gosto de ajudar o próximo… Ana P., 16 anos, Futura Médica especialidade Pediatria

6 Escola Secundária de Miraflores 9º Ano Classe Média Assalariada. Escolha da área por vocação, Influência do factor monetário Influência Familiar Hoje em dia não se faz nada sem licenciatura para o que eu quero ser tem de se ter um curso porque senão não ligam nenhuma. Laura, 15 anos, Futura Relações Públicas Rica, com um marido todo bom e bem na vida Raquel, 15 anos, Futura Jornalista Sim claro! Não me sinto preparado para trabalhar, quero qualificar-me. Manuel, 15 anos, Futuro Gestor

7 Turma 12º Ano Flávia Vanda André Ricardo Marlene Cláudia Ivone Ivan Pedro Luís David Luís José Filipe Pedro António VanessaCláudia

8 Colégio de Pina Manique 12º Ano Classe Média Baixa. Escolha da profissão pelo factor monetário seguido do contributo social. Escola influência na escolha das profissões, apenas os melhores são incentivados a progredir os estudos. Quando penso que vou para um trabalho, penso não só no que vou ganhar mas também no que posso dar alguém que é importante Vanda, 19 anos, Futura Gestora Eu adorava línguas e adorava matemática mas fui para aquela que eu achava que tinha mais saídas…também fui pelos meus pais, mas línguas nunca consegui esquecer Flávia, 18 anos, Futura Gestora

9 Escola Secundária Emídio Navarro 12º Ano Classe Média Assalariada. Escolha da profissão pela vocação, mas o factor monetário apresenta algum peso. A escola não exerce qualquer influência nas suas escolhas. A vocação acima de tudo mas o factor monetário também é importante da maneira como estão as coisas, as pessoas não ligam mais ao dinheiro… Ricardo, 17 anos, Futuro designer Vejo-me a fazer aquilo que gosto não me vejo num cargo muito poderoso Marlene, 19 anos, Futura Decoradora de Interiores Porque gosto, porque tem de ser, porque senão não vou o a lado nenhum…a expectativa de vida não é assim muita, se não tivermos mais do que isto em termos de escola, convém ter 1 ou mais cursos. Ivone, 17 anos, Futura Pintora

10 Escola Secundária Marquês de Pombal 12ºano Classe Média Baixa A escola e a relação com os professores tem um papel muito importante no seus percursos. A Universidade constitui o passaporte para atingir um estatuto social mais elevado. Valorizam o contributo social, cultural e científico. Quero ir para a Universidade, pois é a única forma de subir de vida,…, não pelo o dinheiro mas pelo nível social… Claro que a vocação é importante, mas eu acho que o contributo é mais importante... Filipe, 20 anos Futuro Engenheiro Electrónico

11 Escola Secundária de Miraflores 12ºAno Classe Média Assalariada a Burguesia. A família tem um papel activo nas suas escolhas, mas não é condicionante. A escolha da área é feita de acordo com a vocação, mas tendo em atenção o factor monetário. …ter um futuro melhor, não se vai longe apenas com o 12º ano… Vanessa, 18 anos, Futura Advogada Quero ser Eng.Agrónomo, Enólogo porque é da família… António, 18 anos, Futuro Eng.Agrónomo especialidade Enologia

12 Visão geral do 9º Ano Classe Social Média Baixa. A Vocação é o factor mais importante na escolha da profissão. A escola desempenha o papel de orientador. Elevação da classe social por empregabilidade. (Independência financeira de alto grau)

13 Visão geral do 12º Ano Classe Social Nova Média Assalariada. Factor Monetário, é importante na escolha da profissão. Elevação ou manutenção da classe social.

14 Comparação do 9º Ano e 12º Ano Há um alargamento da base social de recrutamento: Classe Social Média baixa Classe Social Nova Média Assalariada A vocação é preterida pelo Factor Monetário. Ambos ambicionam Sucesso Profissional

15 Será que as expectativas dos alunos não reflectem a visão que têm da sociedade? De que modo os professores, escola e a sociedade envolvente influenciam e/ou contribuem para formalização das expectativas dos alunos?


Carregar ppt "Turma do 9º Ano Margarida Tiago Ana Rita Ana Débora Diogo Nadia Paula Manuel Laura Raquel Maria César Ana P."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google