A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA 1 – GOVERNO JOÃO FIGUEIREDO (1979 – 1985): Início dos Anos 80 – Década Perdida Conclusão do processo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA 1 – GOVERNO JOÃO FIGUEIREDO (1979 – 1985): Início dos Anos 80 – Década Perdida Conclusão do processo."— Transcrição da apresentação:

1

2 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA 1 – GOVERNO JOÃO FIGUEIREDO (1979 – 1985): Início dos Anos 80 – Década Perdida Conclusão do processo de abertura política. Crise econômica permanente (inflação, desemprego, recessão, greves e violência ). Empréstimos e dependência do FMI

3 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Movimento de Protesto e Greves ESTUDANTES NA RUA- UFRGS ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

4 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) AGO/1979: Lei da Anistia.- Restrita –Exceto para envolvidos com luta armada e atos terroristas. –Retorno de exilados políticos : Brizola, Prestes, Miguel Arraes... –Abrandamento da Censura Previa ( musicas – cinema ) Retorno de Brizola ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

5 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) NOV/1979: Pluripartidarismo ARENA MDB PDS (Partido Democrático Social) PP (Partido Popular) – Tancredo Neves PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) – Ulysses Guimarães 1982 PFL (Partido da Frente Liberal) 1984 PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) – Ivete Vargas PDT (Partido Democrático Trabalhista) – Leonel Brizola 1980: PT (Partido dos Trabalhadores) – sindicatos paulistas ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

6 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Reação da Linha Dura à abertura política: –Atentados terroristas em bancas de revistas, contra a OAB –Atentado do Riocentro (30/04/1981). –Desmoralização da Linha Dura ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

7 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) A Luta pela Redemocratização – Aspectos sociais e culturais - Surge da CUT ( Central Única dos Trabalhadores) ligada ao PT. - Teologia da Libertação – A igreja católica engajada - Movimento dos Sem Terras – 1981 – primeiras invasões de terras - Movimentos culturais de Massa – A Era da Televisão - Domínio da Rede Globo com reprodutoras em todo o país - Novelas ditando os padrões culturais, comportamentais e dominando a opinião pública. Nasce o poder da mídia. ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

8 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Novo Rock de Protesto - Difusão das Rádios FM As rádios alternativa FMs - Fluminense RJ – Ipanema PoA. Grupos de Rock aparecem em todo o Brasil, RJ,SP,RS,MG,BA ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

9 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

10 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) 1982: Eleições diretas para governador (vitória de candidatos oposicionistas em 10 estados, incluindo SP, RJ e MG). MAR/84: Emenda Dante de Oliveira (PMDB – MT): –Eleições diretas para Presidente da República. –Mobilização nacional – campanha das Diretas Já –Vetada pelo congresso por 22 votos de diferença. ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

11 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) JAN/85: Eleições indiretas para presidente: PDS Paulo Maluf – presidente Mário Andreazza - vice X ALIANÇA DEMOCRÁTICA* (PMDB + PFL) Tancredo Neves – presidente José Sarney - vice Tancredo Neves Paulo Maluf –15/02/1985: Tancredo e Eleito ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

12 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) –21/04/1985: Tancredo Neves morre. – José Sarney (vice), assume definitivamente a presidência. ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

13 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) 1 – GOVERNO JOSÉ SARNEY (1985 – 1990): PMDB – Transição Democrática Desconfiança inicial - ex-PDS (Arena) –passado ligado a ditadura militar. Emendão (85) – aumentar credibilidade. –Eleições presidenciais seriam restabelecidas. –Voto para analfabetos. –Liberdade partidária (incluindo o PCB e o PC do B). –Liberdade sindical. –Convocação de Assembléia Nacional Constituinte (formada por deputados eleitos para o Congresso Nacional em 1986). ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

14 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Sucessão de planos econômicos. PLANO CRUZADO (fev/86) – Dilson Funaro: –1000 Cruzeiros = 1 Cruzado. –Congelamento de preços. –Congelamento de salários (reajuste automático após inflação de 20% - gatilho salarial). –Sucesso inicial – ampla adesão popular. –Explosão do consumo – procura maior que oferta. –Crise de abastecimento – ágio (inflação disfarçada). –Redução de exportações – Previsão de privatizações, que não ocorreram – Moratória da dívida externa (suspensão de pagamento de juros). ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

15 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Nov/86: eleições para deputados e governadores. –PMDB foi o grande vitorioso – Plano Cruzado –Eleição de Pedro Simon no RS, e Collor em AL. –22 governadores e 54% dos deputados. –PLANO CRUZADO II (nov/86) – Dilson Funaro: –Liberação parcial do congelamento de preços. –Aumento de 80% no valor dos automóveis. –Aumento de tarifas públicas e impostos –Fev/87: Instalação da Assem. Nacional Constituinte: –Ulysses Guimarães (PMDB) –Presidente da Assembléia. –Surgimento de novos Partidos Políticos – PSDB – –PV - PSB - ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

16 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) PLANO BRESSER (jun/87) – Bresser Pereira: –Novo congelamento de preços de salários (3 meses). –Alta de impostos. –Fim de reajustes salariais automáticos. –Retomada de relações com FMI – fim da moratória. –Fracasso – volta da inflação. –Queda vertiginosa da popularidade do governo. Out/88 – Nova Constituição (Constituição Cidadã): –Eleições diretas e secretas (em todos os níveis). –Presidente: 5 anos (para Sarney) e 4 para os demais. –Voto facultativo para analfabetos e menores entre 16 e 18 anos. –Eleições para cargos executivos em dois turnos ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

17 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) –Habeas Corpus. –Habeas Data –Liberdade Partidária –Criação do estado do Tocantins –Fim da censura. –Direito de greve. –Férias com adicional de 1/3 do salário. –Multa de 40% do valor do FGTS em casos de demissão sem justa causa. –Licença maternidade (120 dias) e paternidade (4 dias). –Seguro desemprego. –Racismo = crime inafiançável. ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

18 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) PLANO VERÃO (Jan/89) – Maílson da Nóbrega: Tentativa de Sarney de influenciar as Eleições Presidenciais –1000 Cruzados = 1 Cruzado Novo. –Novo congelamento. –Abertura ao capital estrangeiro. –Sem efeitos – volta da inflação (1782% ao ano em 89). –Insatisfação popular. A sucessão de Sarney: Pesquisas indicam a preferência pelo Candidato BRIZULA (Brizola ou Lula ) 22 Candidatos participaram do Primeiro Turno ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

19 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) –Enéas -PRONA –Silvio Santos –Ulysses e Aureliano não perceberam que o país era outro – e naufragaram! ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA

20 BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) Luís Inácio Lula da Silva atropelou Leonel Brizola no final da campanha do 1º turno, vencendo-o por apenas 254 mil votos. Ficou em 2º lugar. No 2º turno perdeu para Fernando Collor. Collor obteve 42,7% e Lula 37,9% dos votos. ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA


Carregar ppt "BRASIL REPÚBLICA (1889 – ) ANOS 80 - DÉCADA PERDIDA 1 – GOVERNO JOÃO FIGUEIREDO (1979 – 1985): Início dos Anos 80 – Década Perdida Conclusão do processo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google