A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE VARGINHA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE VARGINHA."— Transcrição da apresentação:

1 CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE VARGINHA

2 PESSOAS

3 NA HISTÓRIA As pessoas com deficiência sempre existiram porém não eram consideradas pelas sociedades da época e viviam à margem delas.

4 MAS AFINAL... O QUE É DEFICIÊNCIA?

5 DEFICIÊNCIA O dicionário traz o seguinte significado: deficiência falta, carência, insuficiência. Fonte: Mini Aurélio

6 DEFICIENTES! DIFERENTES! TODOS SOMOS DEFICIENTES! TODOS SOMOS DIFERENTES!

7 DEFICIÊNCIAS MARIO QUINTANA é aquele que não consegue modificar a sua vida, sem ter consciência de que é dono de seu destino. Deficiente é aquele que não consegue modificar a sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono de seu destino.

8 Louco Louco é quem não procura ser feliz com o que possui. DEFICIÊNCIAS Cego Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

9 Surdo Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês. Mudo Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia. DEFICIÊNCIAS

10 Paralítico Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. Diabético Diabético é quem não consegue ser doce.

11 DEFICIÊNCIAS Anão Anão é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a maior das deficiências é ser miserável, pois miseráveis são todos que não conseguem falar com DEUS.

12 PESSOAS DIFERENTES Que formam uma família... Que aprendem...

13 PESSOAS DE POSSIBILIDADES Que trabalham... Que praticam esportes...

14 PESSOAS FELIZES Que vivem aventuras... Que tem amigos...

15 QUAL O PROBLEMA?

16

17 AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA TÊM DIREITOS

18 AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA QUEREM SEUS DIREITOS RESPEITADOS!

19 QUEREM IGUALDADE DE OPORTUNIDADE PARA TODOS!

20 ACESSIBILIDADE Garantir que todas as pessoas participem de atividades Garantir que todas as pessoas, com ou sem deficiências ou mobilidade reduzida, participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação.

21 SÃO MUITAS AS ACESSIBILIDADES ARQUITETÔNICACOMUNICACIONAL

22 ACESSIBILIDADE É COMPROMISSO DE TODOS! ATITUDINALMETODOLÓGICA

23 A ACESSIBILIDADE É UM ASSUNTO NOSSO! Podemos ser ou simplesmente nos tornarmos pessoas com deficiência. E aí?!

24 ESSE É O NOSSO DESAFIO! VOCÊ PODE COLABORAR! Segundo o Censo IBGE/ ,5% da população tem algum tipo de deficiência. Em Varginha pessoas tem algum tipo de deficiência.

25 VOCÊ PODE AJUDAR! Não faça de conta que a deficiência não existe; Aceite a deficiência, pois é preciso dar a ela sua devida consideração; Não subestime as possibilidades, nem superestime as dificuldades;

26 Ofereça ajuda sempre que notar que a pessoa parece necessitá-la. Pergunte antes de ajudar e jamais insista Se ela aceitar a ajuda, deixe que lhe diga como ser ajudada; Quando quiser alguma informação de uma pessoa com deficiência dirija-se diretamente a ela e não a seus acompanhantes ou intérpretes; VOCÊ PODE AJUDAR!

27 AS AÇÕES DO CODEVA Empréstimo de equipamentos; Transporte adaptado; Faixa elevadas; Vagas para veículos; Sala multimídia; Acessibilidade na Câmara dos Vereadores, na Prefeitura e no Theatro Capitólio.

28 Curso de LIBRAS; Colônia de Férias Acessível; Carteiras escolares adaptadas; Palestras ; Apoio para a formação de Conselhos em outros municípios; Contratação de um profissional na Prefeitura para as questões que envolvem Acessibilidade e Mobilidade Urbana. AS AÇÕES DO CODEVA

29 ESTAMOS AQUI PARA CONVIDAR VOCÊ! Juntos com certeza podemos mais. Podemos mudar a história da nossa vida e da vida das pessoas que caminham conosco e que ainda virão.

30 Não deixe o que você não pode fazer interferir no que você pode. John Wooden

31 Ter compaixão é possuir um entendimento maior das fragilidades humanas. É quando nos tornamos mais realistas, menos exigentes e mais flexíveis com as dificuldades alheias. Hammed

32


Carregar ppt "CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE VARGINHA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google