A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FÍSICA A SABEDORIA DEVE SER APRENDIDA POR NÓS MESMOS, DEPOIS DE UMA VIAGEM QUE NINGUÉM PODE FAZER POR NÓS (MARCEL PROUST) LENTES ESFÉRICAS E AMETROPIAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FÍSICA A SABEDORIA DEVE SER APRENDIDA POR NÓS MESMOS, DEPOIS DE UMA VIAGEM QUE NINGUÉM PODE FAZER POR NÓS (MARCEL PROUST) LENTES ESFÉRICAS E AMETROPIAS."— Transcrição da apresentação:

1

2 FÍSICA A SABEDORIA DEVE SER APRENDIDA POR NÓS MESMOS, DEPOIS DE UMA VIAGEM QUE NINGUÉM PODE FAZER POR NÓS (MARCEL PROUST) LENTES ESFÉRICAS E AMETROPIAS PAULO

3 LENTES ESFÉRICAS: BORDAS FINAS BORDAS GROSSAS (CONVEXAS) (CÔNCAVAS) BICONVEXA PLANO CONVEXA CÔNVAVO CONVEXA BICÔNCAVA PLANO CÔNCAVA CONVEXO CÔNCAVA

4 LENTES ESFÉRICAS – OUTRAS IMAGENS:

5 ELEMENTOS DE UMA LENTE ESFÉRICA: Foco Objeto Foco Imagem Ponto Antiprincipal Objeto Ponto Antiprincipal Imagem Centro Óptico Eixo Pricipal Lente

6 COMPORTAMENTO DAS LENTES CONVEXAS: AS LENTES CONVEXAS (DE BORDAS FINAS) SÃO CONVERGENTES NOS MEIOS ONDE O ÍNDICE DE REFRAÇÃO DA LENTE É MAIOR QUE O ÍNDICE DE REFRAÇÃO DO MEIO.

7 COMPORTAMENTO DAS LENTES CÔNCAVAS: AS LENTES CÔNCAVAS (DE BORDAS GROSSAS) SÃO DIVERGENTES NOS MEIOS ONDE O ÍNDICE DE REFRAÇÃO DA LENTE É MAIOR QUE O ÍNDICE DE REFRAÇÃO DO MEIO.

8 RAIOS NOTÁVEIS PARA EXECUÇÃO DE DESENHOS: 1º) Todo raio que incide na lente, paralelamente ao eixo principal, refrata de modo que o raio ou o seu prolongamento, passe pelo foco. Lente Convergente:Lente Divergente:

9 2º) Todo raio que incide na lente passando pelo foco, refrata paralelamente ao eixo principal. Lente Convergente:Lente Divergente:

10 3º) Todo raio que incide na lente na direção do centro óptico, refrata sem sofrer nenhum desvio. Lente Convergente:Lente Divergente:

11 4º) Todo raio que incide na direção do ponto antiprincipal objeto, refrata passando pelo ponto antiprincipal imagem. Lente Convergente:Lente Divergente:

12 O OLHO HUMANO:

13 O OLHO HUMANO EM 3D:

14 O OLHO HUMANO - ESQUEMA:

15 DEFEITOS DA VISÃO (AMETROPIAS): Astigmatismo Catarata Miopia Hipermetropia Presbiopia São inúmeros os defeitos da visão. Vamos citar apenas alguns e comentar os mais importantes: Estrabismo Daltonismo Glaucoma Terçol

16 MIOPIA: Trata-se de um alongamento no globo ocular que faz com que as imagens sejam formadas antes da retina.

17 A correção da miopia é feita com o uso de lentes divergentes (côncavas), que jogam a imagem para trás, na retina.

18 Lente Divergente Cristalino Retina A distância focal da lente do óculos que corrige a miopia é igual, em módulo, ao valor do ponto remoto (PR) do míope: f = – PR

19 HIPERMETROPIA: Trata-se de um encurtamento no globo ocular que faz com que as imagens sejam formadas após a retina.

20 A correção da hipermetropia é feita com o uso de lentes convergentes (convexas), que jogam a imagem para frente, na retina.

21 Lente Convergente Cristalino Retina No olho do hipermetrope, o ponto próximo sofre um afastamento. A correção é feita com lentes convergentes, de maneira que um objeto colocado no ponto próximo do olho humano normal se forme no ponto próximo do hipermetrope. 1/f = 1/PP N – 1/PP H

22 ASTIGMATISMO: O astigmatismo "borra" a visão. Quem sofre dessa doença enxerga os objetos de forma borrada, como se as imagens estivessem desfocadas. Isso acontece devido a uma irregularidade da córnea, que faz com que o raio de luz sofra um desvio antes de atingir a retina.

23 Presbiopia é também conhecida como vista cansada. Trata-se do enfraquecimento do poder de acomodação para a visão de perto devido à perda da elasticidade do cristalino. O problema é evidente, em geral, a partir dos 40 anos, reduz gradualmente a visão para perto e também está relacionado com as necessidades de esforços visuais de cada indivíduo. Os principais sinais da presbiopia são: dificuldade para leitura com maior nitidez e conforto, aproximação de luz para enxergar melhor e necessidade de afastar objetos para poder objetivar uma visão adequada. A presbiopia aumenta progressivamente até atingir um ponto de falência da visão, a qual obriga o leitor a ir afastando o seu objeto até que fica inviável a visualização. PRESBIOPIA:

24 Estrabismo é um tipo de alteração ocular que desalinha os olhos para direções diferentes e representa a perda do paralelismo dos olhos. ESTRABISMO:


Carregar ppt "FÍSICA A SABEDORIA DEVE SER APRENDIDA POR NÓS MESMOS, DEPOIS DE UMA VIAGEM QUE NINGUÉM PODE FAZER POR NÓS (MARCEL PROUST) LENTES ESFÉRICAS E AMETROPIAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google