A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fornecimento de Diesel S50 FREDERICO KREMER. 1 QUALIDADE DO AR 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro O DIESEL S50 3.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fornecimento de Diesel S50 FREDERICO KREMER. 1 QUALIDADE DO AR 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro O DIESEL S50 3."— Transcrição da apresentação:

1 Fornecimento de Diesel S50 FREDERICO KREMER

2 1 QUALIDADE DO AR 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro O DIESEL S50 3

3 1 QUALIDADE DO AR 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro IDIESEL S500 3

4 Ciclo Motriz da Qualidade QUALIDADE DO AR SAÚDE CONTROLE DE EMISSÕES QUALIDADE DO COMBUSTÍVEL, TECNOLOGIA DE MOTORES MANUTENÇÃO ADEQUADA/ COND. DE USO CO SOx HC NOx PM EMISSÕES COMBUSTÃO

5 Binômio Combustível - Motor FOCO EMISSÕES 2 objetivos Qualidade do Ar Poluição Local CO, HC, NO x, PM, Ozonio, ruído + Economia de Energia Poluição Global CO 2, CH 4, N 2 O …

6 Fumaça MP 10 Partículas Totais em Suspensão Qualidade do ar em São Paulo Material ParticuladoGases SO 2 CO O3O3 NO 2 Padrões Primários e Secundários plenamente atendidos Padrões ultrapassados somente em algumas circunstâcias Padrões ultrapassados sem limite de atenção Níveis de atenção freqüentemente ultrapassados Fonte: Relatório anual da CETESB

7 Marcos da Qualidade CONAMA estabelece PROCONVE retirada do chumbo na gasolina da Petrobras lançamento do diesel metropolitano e inauguração do LEV do Cenpes CONAMA estabelece a segunda fase do PROCONVE Petrobras lança o diesel com 500 ppm Redução do teor de enxofre do diesel e da gasolina desde 1993.

8 NOVOS LIMITES DE EMISSÕES 2- Novos limites definidos em 2002 pela CONAMA Para 2006 Veículos Pesados – EURO III Veículos Leves - Tier 1 - Para Veiculos Pesados – EURO IV Veículos Leves - NLEV Nota: a legislação não definiu a qualidade dos combustíveis.

9 EVOLUÇÃO DOS LIMITES EM MOTORES DIESEL ,05 0,10 0,15 0,20 0,25 0,30 0,35 0,40 EURO I EURO I I EURO III IVV NOx (g/kWh) Material Particulado (g/kWh) Brasil 2009 Brasil 2006

10 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro O DIESEL S 50 3

11 Desafios do Abastecimento

12 Perfil da demanda 7% 41% 6% 19% 14% 12% % 33% 31% 21% 16% 19% 22% 25% 36% 37% 6% 5% 4% 34% 32% 28% 15% 17% 4% 11% 12% 3% 7% 12% 13% Década 50Década 60Década 70Década 80Década 90 GLP O. COMB. Diesel QAV Gasolina Nafta Petroq. Brasil

13 Investimentos de US$ 29,6 bilhões na área de Downstream.... Investimentos em Downstream US$ milhões

14 Roteiro O DIESEL S 50 3

15 ESPECIFICAÇÃO DO DIESEL S50 PROPRIEDADEUNIDADEMÁXMÍN Teor de enxofre mg/kg 50 Destilação T 90% 0C0C 360 Número de Cetano46 Densidade a 20/4 0 C0,8600,820 Viscosidade a 40 0 C cSt 2,05,0 Ponto de Fulgor 0C0C 38 Cinza % massa 0,01 Lubricidade 0 C) micra 460

16 -Pontos a serem estudados sobre o diesel 50 ppm - logística de distribuição / revenda. - distribuição de uréia - preço - tributação - como garantir a 2º bomba ? Nota: na Europa os trabalhos foram conduzidos no âmbito da Comunidade Européia.

17 » -

18 Posicionamento da Petrobras A Petrobras disponibilizará o diesel com 50 ppm quando os veículos pesados com tecnologia P-6 ( Euro IV ) estiverem no mercado.


Carregar ppt "Fornecimento de Diesel S50 FREDERICO KREMER. 1 QUALIDADE DO AR 2 INVESTIMENTOS NO REFINO Roteiro O DIESEL S50 3."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google