A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Taxonomia Animal Introdução: Taxonomia Grego= taxis= ordem, arranjo Nomos= lei Trata da classificação dos seres vivos, procurando tornar mais fácil a sua.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Taxonomia Animal Introdução: Taxonomia Grego= taxis= ordem, arranjo Nomos= lei Trata da classificação dos seres vivos, procurando tornar mais fácil a sua."— Transcrição da apresentação:

1 Taxonomia Animal Introdução: Taxonomia Grego= taxis= ordem, arranjo Nomos= lei Trata da classificação dos seres vivos, procurando tornar mais fácil a sua compreensão e manipulação.

2 Carl Von Linné, ( ) Dedicado à botânica e à física, tem como grande contribuição a criação da taxonomia, ciência que trata da classificação dos seres vivos. Systema Naturae; Fixista ( número de espécies existentes são os mesmos desde a sua criação )

3 No séc. XVIII em 1735, o médico e botânico sueco Lineu publicou um livro chamado Systema Naturae, no qual propôs um sistema de classificação baseado em alguns princípios: 1- uso de palavras latinas ou latinizadas para denominar os seres vivos. 2- nomenclatura binominal; 3-uso de categorias de classificação (reino, classe, ordem, gênero, espécie), constituindo uma hierarquia.

4 Classificações Naturais Embora Lineu não acreditasse na evolução dos seres vivos (fixismo), elaborou um sistema de classificação natural, isto é, tentou agrupar os seres vivos de acordo com o grau de parentesco. Assim, começaram as classificações naturais e que atualmente contam com o auxílio da Anatomia e da Fisiologia Comparada, da Embriologia, da Paleontologia, da Genética de da Bioquímica.

5 A Classificação Atual A classificação atual é uma adaptação dos sistema de Lineu. O sistema proposto por Lineu continua sendo usado, acrescido de mais duas categorias: filo e família. São 7,as unidades básicas de classificação. ESPÉCIE GÊNERO FAMÍLIA ORDEM CLASSE FILO/DIVISÃO REINO

6 O Sistema de Classificação

7 ReinoAnimalia FiloChordata ClasseMammalia OrdemPrimata FamíliaHominidae GêneroHomo EspécieHomo sapiens sapiens CategoriaClassificação taxonômicaHomem Exemplo da classificação científica do homem

8 1ª- Todo nome científico deve ser latino ou latinizado. Exemplos: Canis familiaris Canis familiaris ( cão doméstico) Canis lupus Canis lupus (lobo) Bufo marinus (sapo) Pongo pygmaeus (orangotango) Bos taurus (boi) Bubalus bubalis (búfalo) Felis tigris (tigre) Felis leo (leão) Regras Internacionais de Nomenclatura

9 Canis familiaris Canis familiaris ( cão doméstico) Canis lupus Canis lupus (lobo) Canis latrans Canis latrans (coiote) Canis familiaris gênero epíteto específico Bothrops alternatus Bothrops alternatus (jararaca) Grafia itálica grifados (quando se usa a escrita manual) Canis spp. 2ª -Todo indivíduo deve possuir no mínimo 2 nomes (nomenclatura binominal). A abreviatura de espécie é sp. e a de espécies (plural) é spp. Plasmodium sp. (referente a uma espécie) Plasmodium spp (referente ás várias espécies existentes) Canis spp

10 Nome da espécie (primeiro o nome do gênero e depois o da espécie) Oriza sativa (arroz) Gênero espécie Canabis sativa (maconha) Gênero espécie

11 3ª- Entre o gênero e a espécie, o animal pode ter um terceiro nome, que é o subgênero, escrito com inicial maiúscula e entre parênteses. Exemplos: Anopheles (Nyssorhynchus) darlingi gênero subgênero espécie Aedes (Stegomya) aegypti Anopheles (Kertesia) bellator

12 Depois da espécie, o animal pode ter um terceiro nome (nomenclatura trinominal), é a subespécie. Este nome deve ser escrito com inicial minúscula e sem pontuação intermediária. Exemplos: Homo sapiens sapiens - Homo sapiens neanderthalensis gênero sp subespécie g sp sbsp Rhea americana alba (ema branca) Rhea americana grisea (ema cinza) Micrurus frontalis frontalis (MT) Micrurus frontalis multicinctus (SC) Micrurus frontalis altirostris (RS) Gorilla gorilla (tautonomia) 4ª Regra

13 Adota-se para cada gênero e cada espécie, o nome mais antigo pelo qual foi designado. Desejando citar o nome do autor, colocá-lo logo após o nome científico sem qualquer pontuação intermediária. Em seguida coloca-se a data, separada do nome do autor por uma vírgula. O nome e a data não são grifados. Exemplos: Passer domesticus Linnaeus Entamoeba histolytica Shaudinn, 1903 Lei da prioridade

14 Espécies gênero famílias ordens classes.filos classes filos Reinos. Espécies muito parecidas podem ser reunidas no grupo de gênero; gêneros afins formam famílias e estas compõem ordens, que se reúnem em classes. Os filos são compostos por classes semelhantes.Os diversos filos são reunidos em Reinos. ESPÉCIES - GÊNERO – FAMÍLIA – ORDENS – CLASSES – FILOS – REINOS EGFOCFR

15 Híbridos Cruzamento do jumento (Equus asinus) X égua (Equus caballus) = mula ou o burro(híbridos). O burro não consegue produzir espermatozóides por isso é estéril. A mula também é estéril porque não pode produzir óvulos. Outra explicação é que tanto o macho quanto a fêmea não têm os órgãos genitais bem desenvolvidos, o que dificulta o acasalamento.

16 LIGRE= LEÃO X TIGRE Ligre ou Liger é o maior felino do mundo= leão e tigre (ele é 30% maior que o pai e a mãe, chegando a 3,5m de comprimento e meia toneladade peso).

17 Tigon filho de tigre com leoa.

18 Reino: Animalia Filo: Chordata Classe: Mammalia Infra-classe: Placentalia Ordem: Primata Família: Hominidae Subfamília: Homininae Gênero: Homo Espécie: Homo sapiens sapiens


Carregar ppt "Taxonomia Animal Introdução: Taxonomia Grego= taxis= ordem, arranjo Nomos= lei Trata da classificação dos seres vivos, procurando tornar mais fácil a sua."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google