A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Observatório do CDCC - USP/SC Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Observatório do CDCC - USP/SC Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural."— Transcrição da apresentação:

1

2 Observatório do CDCC - USP/SC Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural - CDCC Universidade de São Paulo - USP Endereço: Av. Trabalhador Sãocarlense, n.400 São Carlos-SP Tel: 0-xx (Observatório) Tel: 0-xx (CDCC) Localização: Latitude: 22° 00' 39,5"S Longitude: 47° 53' 47,5"W

3

4 Sessão Astronomia As Sessões Astronomia são palestras proferidas pela equipe do Setor de Astronomia todos os sábados às 21h00. Iniciadas em 1992, foram criadas com o objetivo de falar sobre Astronomia ao nosso público em uma linguagem simples e acessível a todas as faixas etárias. Estas palestras se tornaram uma opção de diversão e informação para a comunidade local e também para visitantes de nossa cidade. Os temas abordados são os mais variados possíveis. O material multimídia contido aqui consiste numa opção audiovisual complementar que o professor do Sistema de Ensino pode utilizar como auxílio às suas aulas. O conteúdo das Sessões Astronomia pode ser acessado no seguinte endereço: Crédito do logo: Sessão Astronomia, CDCC-USP/SC, criado por André Fonseca da Silva

5 Anões do Sistema Solar Flávio Rosseto

6 Planetas Anões? Quais são os Planetas Anões do Sistema Solar? Ceres Plutão Éris

7 Classificação A União Astronômica Internacional em sua Assembléia Geral de 24 de agosto de 2006 aprovou resolução segundo a qual um planeta é um corpo celeste que: (a) está em órbita ao redor do Sol; (b) tem forma determinada pelo equilíbrio hidrostático (arredondada) resultante do fato de que sua força de gravidade supera as forças de coesão dos materiais que o constituem; (c) é um objeto de dimensão predominante entre os objetos que se encontram em órbitas vizinhas.

8 Ceres, Plutão e Éris Não satisfazem as 3 condições para ser em considerados planetas. Por que???

9 Ceres Descoberto acidentalmente por Giuseppe Piazzi em 1801; Piazzi, embora não certo, anunciou que este era um cometa devido a algumas características observadas ("dado o seu movimento muito lento e algo uniforme); Pouco tempo depois da descoberta, as observações não foram mais possíveis devido a uma conjunção solar (passagem do planeta por detrás do Sol); Tal fenômeno acabou impedindo a localização de Ceres, mesmo depois da conjunção;

10 Ceres Mais tarde com a ajuda do matemático Carl Friedrich Gauss, os cálculos levaram a localização do objeto Ceres até então perdido; Ceres foi considerado demasiadamente pequeno para ser um verdadeiro planeta, sendo que suas primeiras medidas apresentavam um diâmetro de 480 km; Ceres permaneceu listado como um planeta em livros e tabelas de astronomia por mais de meio século; Mas...

11 Outros corpos celestes foram descobertos na mesma região do sistema solar; Todos os corpos desta região (entre o planeta Marte e Júpiter) são conhecidos como Cinturão de Asteróides. Órbitas aproximadamente na escala Júpiter Marte Sol Minuto-luzUnidades Astronômicas

12 Ceres Alguns dos objetos encontrados que fazem parte do cinturão de asteróides são: Palla em 1802, Juno em 1804 e Vesta em 1807; Até o final do Século XIX, centenas de objetos foram localizados nessa região e então resolveu-se classificá-lo como asteróide; Ceres Vesta

13 Ceres Com a definição de planeta proposta pela UAI em 2006, Ceres então é classificado como Planeta Anão, já que este não se enquadra no último requisito: (c)é um objeto de dimensão predominante entre os objetos que se encontram em órbitas vizinhas.

14 Dados de Ceres Diâmetro = 952 km Massa = 8, kg Rotação = 9,975 horas Translação = 4,60 anos Distância até do Sol = 2,767 UA* * 1 UA = aproximadamente 150 milhões de quilômetros (distância média entre a Terra e o Sol).

15

16 DAWN Maiores informações sobre o Planeta Anão deverão ser coletadas pela Sonda Dawn; Esta sonda será a pioneira a estudar Ceres; A sonda foi lançada em Setembro de 2007 com previsão e objetivo de visitar Ceres e Vesta; É previsão a chegada da Sonda Dawn no asteróide Vesta em 2011, onde ficará por aproximadamente 6 meses, e em 2015 deve chegar à Ceres.

17 Curiosidade: Ceres Nome: Piazzi descobriu um corpo celeste o qual batizou de Ceres Ferdinandea, Ceres em homenagem à deusa da Sicília e Ferdinandea, em homenagem ao seu patrono o Rei Ferdinand IV de Nápoles e da Sicília. Como a comunidade internacional não aceitou o nome Ferdinandea o corpo passou a chamar-se simplesmente de Ceres. Na mitologia romana, Ceres é equivalente à deusa grega, Deméter, filha de Saturno e a deusa frígia Cibele. Ceres era a deusa das colheitas e do amor maternal.

18 Ceres Devido a suas dimensões Ceres provavelmente representa um corpo primitivo do Sistema Solar que não conseguiu agregar mais material e converter-se num planeta. A massa de Ceres corresponde a 25% da massa total dos asteróides do Cinturão. Mas assim mesmo não é tão maciço pois Plutão, um outro planeta anão do Sistema Solar possui uma massa que é 14 vezes maior.

19 Possível Estrutura de Ceres Corte de Ceres mostrando sua composição interna: um núcleo rochoso circundado por uma camada de gelo de água e uma crosta sólida e poeirenta. (NASA, ESA, e A. Feild (STScI))

20 Ceres em comparação com a Lua

21 Plutão Foi inserido por cálculos matemáticos, a partir de pequenas perturbações existentes nas órbitas de Urano e Netuno. O primeiro registro dele foi obtido através da comparação de fotografias em 18 de fevereiro de 1930 por Clyde Tombaugh.

22 Plutão A partir dos anos 70 é que se obteve dados sobre a superfície desse planeta anão. Foi detectada a presença de metano congelado a uma temperatura de -210°C e uma fina camada atmosférica supostamente de metano gasoso. Imagens do Telescópio Espacial Hubble

23 Luas de Plutão São conhecidas três luas de Plutão, são elas: Caronte: A maior lua de Plutão, descoberta em 1978 por James W. Christy. Nix e Hydra: Descobertas pelo telescópio espacial Hubble em Maio de 2005, os satélites são pequenos, possuindo tamanho entre 40 e 160 Km e têm brilho cerca de 5000 vezes menor que Plutão e Caronte.

24 Planeta x Planeta Anão Desde sua descoberta (1930) até 2006, Plutão foi considerado como um Planeta, sendo este o mais frio e mais distante do Sol. Assim como Ceres, em 2006 com a nova classificação da União Astronômica Internacional (UAI), Plutão deixa de ser Planeta e passa a ser considerado um Planeta Anão. Por que???

25 Planeta Anão Plutão...

26 Voltando a pergunta anterior... Plutão também encontra-se em um cinturão de asteróides, denominado Cinturão de Kuiper.

27 Dados Diâmetro: 2274 Km Temperatura: -200 °C Gravidade: 0,4 m/s²

28 Comparando com a Terra e com a Lua Plutão

29 Rotação Rotação: 6,4 dias terrestres

30 Orbita Translação: 248 anos terrestres

31 Curiosidade Obliquidade* dos Planetas e Plutão: * Obliquidade é o ângulo formado do eixo de rotação do planeta com o plano da sua orbita.

32 New Horizons A sonda New Horizons é uma missão não tripulada da NASA lançada em 19 de Janeiro de A finalidade desta missão é a exploração do Planeta Anão Plutão, incluindo sua lua Caronte. Sua chegada é prevista para Julho de Depois de fazer estudos de Plutão e Caronte, a sonda deve prosseguir para outros objetos localizados no Cinturão de Kuiper. Esta sonda é a mais rápida do Sistema Solar, com velocidade de 4 km/s.

33 Nome: Plutão Plutão: equivalente a Hades na mitologia grega - deus do submundo e das riquezas dos mortos. Talvez o nome tenha sido escolhido em função de haver as mesmas iniciais (PL) de Percival Lowell, que foi um dos primeiros estudiosos na procura de Plutão embora não tenha obtido sucesso.

34 Éris Um grupo de cientistas formado por Michael Brown, Chad Trujillo e David Rabinowitz, utilizando o observatório instalado no monte Palomar na Califórnia, varriam o céu à procura de grandes corpos celestes no Sistema Solar exterior. Observações de rotina feitas em 21 de Outubro de 2003, encontraram um novo corpo celeste; Porém, devido a seu movimento extraordinariamente lento, não foi dado como candidato; Em 5 de Janeiro de 2005, uma nova análise revelou a existência de Éris, confirmando o seu lento movimento pelo espaço.

35 Éris Éris só não foi descoberto anteriormente devido à inclinação da sua órbita em relação aos demais planetas.

36 Éris Éris revelou-se maior que Plutão, lançando o debate sobre a sua classificação como décimo planeta. A UAI fez uma reunião geral em Agosto de 2006: na proposta inicial da definição do termo "planeta", Mais tarde, o até então chamado 2003 UB 313,recebeu o nome da deusa grega da discórdia, Éris; A discórdia gerada por problemas para sua definição levou a escolha do nome de Éris.

37 Éris Portanto, com a nova definição de planeta, assim como Plutão, Éris torna-se um Planeta Anão. Éris também localiza-se no Cinturão de Kuiper em uma região denominada Disco Disperso. Novas observações em Outubro de 2005 revelaram que Éris tem uma lua, Disnomia. Esta lua poderá ajudar na determinação da massa de Éris com maior precisão. Disnomia, segundo a mitologia grega é filha de Éris e deusa da desordem.

38 Éris

39 Dados de Éris Diâmetro = 3094 km Rotação = desconhecida Translação = 557 anos Temperatura média = -273°C Gravidade = desconhecida

40 Visão artística de Éris

41 Resolução 5A (UAI) A União Astronômica Internacional portanto resolve que "planetas" e outros corpos do nosso Sistema Solar, exceto os satélites, serão definidos em três categorias distintas do seguinte modo: (1) Um planeta é um corpo celestial que: (a) está em órbita ao redor do Sol, (b) tem massa suficiente para que sua auto-gravidade relacionada com as forças de corpo rígido permitam que ele assuma uma forma em equilíbrio hidrostático (forma arredondada) e, (c) tem limpa a sua vizinhança ao longo de sua órbita. (2) Um "planeta anão" é um corpo celestial que: (a) está em órbita ao redor do Sol, (b) tem massa suficiente para sua auto-gravidade relacionada com as forças de corpo rígido de modo que ele assuma uma forma em equilíbrio hidrostático (aproximadamente arredondada.), (c) não tem limpa a sua vizinhança ao longo de sua órbita. (3) Todos os outros objetos exceto os satélites orbitando ao redor do Sol deverão ser referidos pelo coletivo "Pequenos Corpos do Sistema Solar".

42 Novas Mudanças... Em 11 de Junho de 2008 a União Astronômica Internacional decidiu que objetos além da órbita de Netuno, com as características de composição por "gêlo" e que tenham a forma esférica passem a ser designados por plutóides.

43 O espectro infravermelho de Éris comparado com o de Plutão, mostra semelhanças visíveis entre os dois corpos. As setas denotam linhas de absorção de metano.

44 Atualmente Ceres Plutão Éris Planeta AnãoPlanetas Anões e Plutóides

45 Referências

46 Referências

47


Carregar ppt "Observatório do CDCC - USP/SC Setor de Astronomia (OBSERVATÓRIO) (Centro de Divulgação da Astronomia - CDA) Centro de Divulgação Científica e Cultural."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google