A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Tecnologia Departamento de Engenharia Estágio Supervisionado em Engenharia Sementes Bom Jesus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Tecnologia Departamento de Engenharia Estágio Supervisionado em Engenharia Sementes Bom Jesus."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Tecnologia Departamento de Engenharia Estágio Supervisionado em Engenharia Sementes Bom Jesus Paulo Roberto Vicente –

2 Objetivo do Estágio Aplicação dos conhecimentos adquiridos durante o curso, bem como incorporação de novos conhecimentos; Avaliação das suas habilidades numa situação concreta de trabalho, bem como definição de área de preferência; Clareza e confiança na atuação profissional; Realimentação entre a formação acadêmica e a formação profissional; Oportunidade de ingresso no mercado de trabalho.

3 Localização e Infra-estrutura Serra da Petrovina; Pedra Preta; ha de soja; Feijão safra e safrinha, milho, algodão e milheto; Nova Mutun, Várzea Grande, Rondonópolis e Cuiabá; cooperados;

4 Safra 78/79, cultivo em 12 há; Safra 87/88 Iniciou a comercialização de sementes de soja, com 9000 sacas. Safra 92/93 Primeira Usina de Beneficiamento de Sementes UBS; 2006, comercializando sacas de sementes de soja sacas de soja industria (em armazéns); 2007, sacas de semente sacas de soja industria (armazenado); 1993, passando o comando para os filhos; Safra 97/ ha de cotonicultura; 2005/2006, ton. de pluma beneficiada; Em 2003, Bom Jesus Transportes, hoje com 110 bi-trens;

5 ha de soja - 55 sacas/ha; ha de algodão arrobas/ha; ha de milho safrinha - 65 sacas/ha; ha de feijão - 40 sacas/ha; 39 colheitadeiras de algodão - implementos; 22 colheitadeiras de cereais; 220 tratores; Dois armazéns de soja industria sacas e três (UBSs) + 5 armazéns de estocagem de sementes; Três algodoeiras; Fábrica de adubos e fertilizantes; Sete aviões agricolas.

6 Máquinas e Implementos:

7

8

9 Atividades Desenvolvidas Unidade de Beneficiamento de Sementes ; Monitoramento da cultura do feijão safrinha ; Acompanhamento na manutenção e regulagem em colhedoras de algodão; Colheita e Beneficiamento de algodão.

10 Unidade de Beneficiamento de Sementes; Classificação, teor de umidade do produto e percentual de impurezas; Pré-limpeza, retirando impurezas grosseiras; Silos secadores, secagem do produto, baixando a umidade para 12%; Silos de Recebimento, controle de entrada de produtos evitando a contaminação dos mesmos; Silos aeradores e armazenadores, resfriamento; Pós-Limpeza, limpeza mais vigorosa; Mesa Dessimétrica, outro método de limpeza;

11 Aspirais, limpeza mais precisa e selecionada; Padronizadores, padronização das sementes por peneiras;

12 Silos ensacadores, ensaque das sementes; Armazenamento de Sementes.

13 Unidade de Beneficiamento de Sementes

14

15

16 Monitoramento da cultura do feijão safrinha Fungo branco; Uréia aos 21 dias; Boro aos 35 dias.

17 Manutenção e Regulagem de Colhedoras de Algodão Colheitadeiras John Deere 9970, Procedimentos da revisão: –Unidades, constituindo cinco unidades em cada colheitadeira; –Árvore, constituindo duas por unidade; –Barra de fusos; –Barra de engrenagens dos fusos; –Fusos; –Escovas, constituindo duas por unidade; –Desfibrador, constituindo dois por unidade; –Correias; –Rolamentos; –Outros.

18 Unidades Constituindo cinco unidades em cada colheitadeira, suportam todo o conjunto para a realização de coletas de plumas; Constituída de: duas árvores, duas bases de escovas e duas bases de desfribadores.

19 Árvores Coleta das plumas de algodão. Em cada unidade existem duas árvores, nas quais constituem de 12 barras de fusos em cada árvore; Orientação das barras de fusos; Barra de engrenagens no interior das barras de fusos.

20 Fusos Captação das plumas de algodão; recebe movimento rotacional da barra de engrenagem fazendo com que as plumas de algodão se fixam aos mesmos; Cada fuso é constituído de um pino serrilhado, uma porca de fixação nas barras e um anel de vedação.

21 Desfibradores Suportes cilíndricos emborrachados Coletam as plumas de algodão dos fusos

22 Escovas Lavagem dos Fusos.

23 Colheita e Beneficiamento de algodão Colhedora Bass Boy

24 Prensa Trans-modulo

25 Piranhas Descaroçamento

26 Prensagem formação de plumas Fotos.

27 Obrigado Tel: (66)


Carregar ppt "Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Tecnologia Departamento de Engenharia Estágio Supervisionado em Engenharia Sementes Bom Jesus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google